Espécies: Kazons


Planeta natal: desconhecido
Quadrante: Delta
Tipo: humanóide
Alinhamento: hostil

 

 

História

Os Kazons são uma sociedade militarizada, dividida em facções que lutam entre si. A todo tempo, novos grupos são formados e outros desaparecem (por volta da data estelar 49005.3 havia 18 deles). Os mais conhecidos são os Kazons-Pomar, os Mostral, Hobai, Oglamar, Nistrim e Ogla.

Até o ano 2346, essa raça coexistiu com os Trabes em um mesmo mundo. Estes dominavam o comércio e detinham o poder político e acesso à informação, deixando os Kazons à margem da sociedade. Cansadas de viverem em regime de escravidão, as facções se uniram em luta sem precedentes para banir os Trabes, espalhando-os como nômades pelo quadrante e, apoderando-se da tecnologia dos antigos dominadores, tornaram-se uma grande força no quadrante Delta. Nos anos que se seguiram, no entanto, eclodiu uma permanente guerra civil.

Individualistas e intolerantes, os grupos tentam explorar ao máximo os recursos sob seu controle. Alguns negociam alimentos, outros equipamentos e outros, espólios de guerra.

Os Kazons-Ogla, que atualmente ocupam o planeta natal dos Ocampas, comercializam cormalina, mineral abundante na superfície. Para eles, a água é escassa, então empreendem campanhas militares para obtê-la. Aparentam ser a facção menos organizada da Ordem Kazon, o que se reflete no número de líderes (entitulados “Majes”) disputando o poder; há pelo menos dois deles: Jabin e Razik, além de seu sucessor, Haliz (data estelar 49005.3).

O primeiro contato que os humanos tiveram com a raça não ocorreu nas melhores circunstâncias. Na data estelar 48315.6, a nave USS Voyager, sob o comando da capitã Kathryn Janeway, foi catapultada para essa longínqua região da galáxia por uma poderosa entidade conhecida como “O Guardião”. A cerca de 70.000 anos-luz da Terra e procurando meios de voltar para casa, a tripulação da pequena nave envolveu-se em um sério conflito com espécie.

Os Kazons se destinaram a atacar a Voyager não apenas por ser uma fonte inesgotável de tecnologia, mas por ser tripulada por forasteiros, comandada por uma mulher e por pertencer a uma Federação comparada por muitos aos Trabes.

Em 2371, o Primeiro Maje Culluh, dos Kazons-Nistrim, negociou com uma tripulante da Voyager, a alferes Seska, tecnologia da Federação em troca de proteção contra ataques hostis, uma grave violação da Primeira Diretriz que rege toda nave da Frota. Quando a trama foi revelada, a moça buscou proteção nos Nistrim, tornou-se amante de seu líder e passou a se empenhar em tomar o controle da Voyager para iniciar uma conquista sistemática do quadrante.

O último encontro com a raça ocorreu no início do ano 2373, época em que a nave perdida da Federação finalmente atravessou o território hostil em sua longa viagem para o quadrante Alfa.

 Fisiologia

O conhecimento que se tem sobre o organismo dos Kazons e seu funcionamento é limitado. A espécie mostra características fisiológicas bastante similares às dos humanos. Porém, a musculatura parece ser mais desenvolvida.

Sabe-se de casos em que membros de facções extremistas injetaram produtos químicos no corpo que, em contato com substâncias do sangue Kazon, levaram a explosões causadas por reação em cadeia.

 Cultura

Os jovens Kazons não recebem um nome completo até matarem um inimigo em batalha. Só após fazê-lo é que passam a ser aceitos como machos da facção.

Desde a infância, são instruídos e treinados com rigor para se tornarem indivíduos valentes, xenófobos e extremamente machistas. Virtualmente nada se sabe sobre as mulheres da espécie, seu tratamento ou posição dentro da sociedade, ou sobre a estrutura familiar.

Os Kazons não dão valor algum ao capital acadêmico ou à intelectualidade. Para os Majes, tudo o que importa é o prestígio e superioridade perante as facções rivais, o que vai desde haréns a acúmulo de metais e riquezas materiais.

 Personalidades

Maje Culluh
É o líder dos Kazons-Nistrim. Destinou-se durante toda a vida a transformar sua facção na invejada potência que fora nos tempos do avô. Uniu-se à alferes Seska na missão de conquistar a USS Voyager e sua avançada tecnologia, mas falhou em todas as tentativas.

Kar
Jovem que tentou conquistar reputação ao atacar uma nave auxiliar da USS Voyager pilotada por Chakotay, o primeiro-oficial da capitã Janeway. No entanto, ao invés de matá-lo, acabou se tornando seu amigo, desafiando os padrões da sociedade Kazon.

Referências:

Voyager – 1ª temporada: Carataker parte I e II, State of Flux, Initiation, Maneuvers.

Voyager – 2ª temporada: Alliances, Investigations, Basics parte I.

Voyager – 3ª temporada: Basics parte II.

Voyager – 5ª temporada: Relativity*

Voyager – 7ª temporada: Shattered*

*Encontros causados por anomalias temporais.

 Marcos históricos:

2371
Primeiro contato com seres humanos, quando a nave USS Voyager da Frota Estelar é transportada cerca de 70.000 anos-luz ao quadrante Delta por uma força alienígena.

Artigo publicado originalmente no  conteúdo clássico do Trek Brasilis.

Be the first to comment on "Espécies: Kazons"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*