Mês: junho 2008

AICN traz novidades sobre cenas do filme

Harry Knowles em seu artigo no site Ain’t It Cool News revelou detalhes a respeito de algumas cenas no novo filme de Jornada nas Estrelas, sob a direção de J. J. Abrams. Ele disse ter estado com Abrams no estúdio e observou o trabalho de pós-produção e edição. Harry descreveu o que conseguiu ver por lá. O texto abaixo contém SPOILERS. O gordinho Harry Knowles é um conhecido crítico de filmes e um dos editores do site Ain’t It Cool News (AICN). Ele contou que visitou o estúdio (na cara de pau mesmo), o que lhe valeu um convite de J. J. Abrams para conhecer um pouco da pós-produção do filme de Jornada. Knowles disse ter visto apenas sete minutos de algumas cenas, as quais descreveu desse modo: 1) “Eles mostraram uma cena de Ben Cross (Sarek) e Winona Ryder (Amanda Grayson) deitando no berço o pequeno Spock. Eles estavam na superfície de Vulcano. Não houve nenhum diálogo naquele pedaço de cena e Vulcano não estava realmente lá. O que havia era uma grande formação de rocha, que me lembrou o episódio “Arena” (série original). Abrams disse que não havia efeitos especiais adicionados, até aquele momento. Que a luz não estava certa, o céu não estava certo e não havia nenhum tipo de coisa inflamada em Vulcano ou estruturas ao fundo. Ele disse que tudo se parecerá com Vulcano...

Ler Mais

LeVar Burton diz que fãs querem A Nova Geração

O ator e diretor LeVar Burton (George LaForge) conversou com a revista “StarTrek Magazine”, onde comentou a respeito de seu tempo na franquia e opinou sobre o trabalho de J. J. Abrams. Embora série original seja a base para o novo filme, Burton ainda acredita numa nova produção de A Nova Geração no cinema. Brent Spiner também voltou a falar sobre Nêmesis. Burton sempre foi crítico quanto ao último filme, Nêmesis, e especialmente em relação ao diretor Stuart Baird. Mas parece que agora ele amenizando sua opinião. “Eu não vejo esse filme faz tempo. Eu deveria dar uma olhada nele outra vez e ver o que acho. Tendo a descartar isso, mas há pessoas que dizem terem gostado dele”, disse Burton. O ator teceu elogios ao novo diretor J. J. Abrams dizendo que “ele é um cara talentoso” e parece ter alguma esperança de que o novo filme volte a trazer o interesse do público pela A Nova Geração. “No fim das contas, estou quase certo de que muito dos fãs gostariam de ver o elenco de A Nova Geração dando mais uma volta pela galáxia, e suponho que a performance desse próximo filme terá muito a haver com isso. Veremos se haverá um apetite para Jornada outra vez. Então estou realmente empolgado com isso. Ainda não tenho nada definido sobre com me sinto em relação a esse filme....

Ler Mais

Sem novidades sobre o filme no Comic Con 2008?

De acordo com o site Variety, a Paramount não colocará painéis e nem trará qualquer um do elenco ou da produção do novo filme de Jornada nas Estrelas para a convenção da Comic Con que se realizará no dia 23 de julho em San Diego. Conforme blog do site, o representante da Paramount justificou que “ainda está distante para este ano”, uma vez que filmes como G.I. Joe, Jornada, Transformers 2 e The Last Airbender levarão um ano ou mais para estrearem. Embora J. J. Abrams tenha dito no último Comic Con que traria novidades sobre o filme, a mudança na data de estréia alterou os planos da equipe. No entanto, o site TrekMovie disse que, segundo fontes da empresa Bad Robot, o estúdio ainda estaria planejando o que fazer sobre o filme para a próxima convenção, mas isso não foi confirmado, até o...

Ler Mais

Último ano da Nova Geração chega em agosto

Conforme havia sido antecipado pelo Trek Brasilis, a Paramount agora confirma que o boxset com a sétima e última temporada de A Nova Geração chegará mesmo em agosto. Anote aí: 25 de agosto é a data exata. E a pergunta que não quer calar: haverá dublagem para os episódios? A resposta, como muitos desconfiavam, é “não”. Como essa foi a única temporada da série que não teve sua exibição dublada no Brasil, a Paramount também não se deu ao trabalho de bancar uma versão em português para o lançamento em DVD. Os episódios terão apenas legendas em português. Para este que vos escreve, não faz muita diferença. Mas é uma pena que a opção não esteja disponível, no mínimo para garantir a completude da coleção. O áudio virá em 2.0 mesmo, como nos lançamentos anteriores (salvo as duas primeiras temporadas), e com todos os extras da edição americana. A Paramount ainda não anuncia o que virá a seguir, mas, se me permitirem um palpite, deve ser o quarto ano de Deep Space Nine, lá para...

Ler Mais

D. C. Fontana e as lembranças de Jornada

A veterana escritora Dorothy Fontana (D. C. Fontana), que produziu episódios cultuados pelos fãs da Série Clássica, continua, até hoje, a escrever histórias para a franquia em seus livros. Em entrevista ao site IGN, ela falou a respeito do começo da série nas mãos de Gene Roddenberry e depois com Gene Coon, o personagem Spock e o fim da série original. D. C. Fontana começou como assistente pessoal de Gene Roddenberry, quando então foi convidada a fazer parte da força criativa da série original escrevendo o seu primeiro episódio “Charlie X“. A partir daí ela produziu vários outras histórias, as quais se destacam “Tomorrow is Yesterday”, “Friday’s Child”, “Journey to Babel” e “The Enterprise Incident“. Já a Série Animada lhe valeu o prêmio Emmy Award como melhor roteiro pelo episódio “Yesterday“. Mais tarde, ela co-escreveu o episódio piloto de A Nova Geração, “Encounter at Farpoint” e também ajudou a desenvolver a personagem Jadzia Dax, no episódio “Dax” em Deep Space Nine. Fontana lembra que após ser bem sucedida nos episódios que escreveu para a primeira temporada da Série Clássica, retornou para o segundo ano como editora de roteiro, o que resultou em alguns atritos com escritores freelancers que, segundo ela, não tinham a “voz de Jornada“. Ela lembra o episódio “Ultimate Computer“, onde teve de mudar a história toda, “Eu reescrevi esse episódio. Foi a maior modificação de episódio,...

Ler Mais

Lucro record faz Paramount investir em franquias

O estúdio da Paramount Pictures anunciou que ultrapassou a marca de um bilhão de dólares com suas vendas domésticas, mantendo-se como a número um no ranking das maiores arrecadadoras, fato esse que vem ocorrendo desde o ano passado. Com isso o estúdio pretende investir pesado em franquias. “Tem sido um ano maravilhoso. Estamos olhando para o restante de 2008, assim como para 2009, onde teremos Transformers 2, Jornada nas Estrelas de J. J. Abrams, G.I. Joe, NowhereLand com Eddie Murphy e outros. O que nos deixa animados quanto ao futuro, atingindo esse marco”, disse o todo poderoso presidente do estúdio Brad Grey. A possível dissolução da parceria Paramount/Dreamworks, em razão de atritos com Steven Spielberg e os demais sócios, além da mudança na dinâmica de filmes produzidos pelo estúdio faz com que os executivos da Paramount olhem mais para as franquias daqui por diante, incluindo Jornada, que já foi confirmada uma sequência mesmo antes de ter sido lançada a produção de J. J. Abrams, como bem observou o The Hollywood Reporter em seu artigo, “A Paramount Pictures e a Marvel Studios já anunciaram uma sequência para O Homem de Ferro, a produção de Thor e do Capitão América. Também estão aguardando a vez, G.I. Joe, Transformers 2 (já em produção) e a sequência de Jornada nas Estrelas“. Ao que tudo indica ainda veremos Jornada por um bom tempo na...

Ler Mais

Roteiristas explicam razão do filme ser prequel

A revista Star Trek Magazine, em sua mais recente edição, apresentou outra entrevista com a dupla de roteiristas do filme de Jornada nas Estrelas, Roberto Orci e Alex Kurtzman. Eles comentaram, entre outras coisas, sobre a razão de escolherem a série original como base para esse prequel e o caso Shatner. Por que a Série Clássica foi tema-base para esse filme e não foi seguido o exemplo de Roddenberry de “levar coisas para uma geração futura” como fez em A Nova Geração? Orci: “Nós todos tivemos de concordar sobre a área que nos interessaria, e todos somos fãs em variados graus. Todos poderiam concordar que a série original foi algo que nós adoramos. Também pareceu ser o fato de que Roddenberry fez exatamente como você descreveu, então seria fazer isso outra vez. Também havia uma verdadeira lacuna em relação ao que sabíamos da origem desses personagens. Esse filme não foi apenas sobre refazer a história da origem, mas contá-la pela primeira vez. Nos pareceu que havia um território inexplorado”. Kurtzman: “Foi surpreendente saber que após 40 anos (da série original) ainda havia uma história a contar sobre os personagens que começaram tudo. Somente isso foi a razão para o fazermos”.  Orci: “Criativamente, foi uma razão para fazê-lo e, por outro lado, queríamos introduzir Jornada outra vez para uma nova geração e para pessoas que sentiam não serem capazes de entrarem na franquia por terem perdido muito dela. A idéia de fazer uma introdução para que alguém fique envolvido e descubra o que é que...

Ler Mais

Picardo compara Stargate Atlantis com Voyager

O site Newsarama publicou uma entrevista com o ator Robert Picardo (o Doutor), o qual falou sobre o seu novo trabalho na série Stargate Atlantis, na qual interpreta o personagem Richard Woolsey, presente a partir da quarta temporada. Picardo comentou ainda sobre a diferença do seu papel atual para o de Voyager. Se Picardo estava feliz com o desempenho do seu personagem em Stargate SG-1, onde fez algumas aparições, agora está muito mais, já que irá reforçar o elenco regular do spin-off Stargate Atlantis, em sua quinta temporada. Ele fala da diferença entre o seu trabalho atual com o de Voyager. “Existe um tipo de humor livre, que nós fazemos num piscar de olhos neste gênero, e que eles fazem em Stargate muito bem”, disse Picardo. “Jornada tende a se levar pouco mais a sério. Elas eram séries muito dramáticas, ou se fizéssemos um humor, especialmente na série original, havia sempre algum comentário do tipo: “Oh! Eles estão fazendo humor em Jornada“. Sempre era um pouco penoso, quando os atores faziam um comentário engraçado. Com relação ao meu personagem em Voyager, por causa do modo como ele se apresentava, eu também poderia ir por esse caminho. Eu poderia ser um palhaço, um falastrão, egoísta, e poderíamos obter muitos quilômetros de comicidade dele. Contudo, a audiência me aceitou com seriedade quando eu ficava numa situação desesperada, de modo que ela poderia me seguir nas histórias dramáticas ou cômicas. O que gosto nessa série é que eles fazem isso ao mesmo tempo”. Fonte: TrekWeb Edição: Nívea...

Ler Mais

Moore comenta sobre a continuidade de Jornada

O produtor da série Battlestar Galactica, Ronald D. Moore, concedeu uma longa entrevista ao site TrekMovie, onde falou, entre outras coisas, sobre Jornada nas Estrelas, a franquia na qual trabalhou por muitos anos. Nessa primeira parte, ele comenta sobre os desafios de criar algo novo para as séries A Nova Geração, Deep Space Nine e Voyager e estabelecer continuidade para os episódios. A terceira temporada de A Nova Geração foi considerada como ponto central para a mudança da série, quando Michael Piller assumiu o comando. Vocês tinham consciência de que deveriam mudar o rumo dela? Moore: “Sim. Creio que Michael assumiu isso como seu mandato. Não sei se foi a mando de Gene (Roddenberry), que ainda estava envolvido na produção, até aquele ponto. E Rick (Berman) que estava no lado da produção, naquela época. De modo que eram Michael, Gene e Berman que estavam levando a série, naquele período. Não sei se foi ordem de Gene para mudarem as coisas. Mas creio que Michael, como roteirista, não estava satisfeito com o rumo que a série estava tomando nas primeiras duas temporadas e queria fazer muito mais pelos personagens da Enterprise e tê-los com histórias individuais. Ele, de qualquer maneira, forçou o debate. Criou histórias que mostravam muito mais os personagens do que a do tipo planeta da semana”. Piller criou a expressão “caixa de Roddenberry” referindo-se as regras de...

Ler Mais

Placa para Gene Roddenberry lançada em Vulcano

Rod Roddenberry Jr., filho do criador da série Jornada nas Estrelas, Gene Roddenberry, esteve como convidado especial na localidade de Vulcan, Canadá, para inaugurar uma placa em homenagem ao seu pai. A cidade ganhou fama mundial por usar a franquia como atração turística e já está comemorando o 15º aniversário desse evento. Ao contrário do que parece, a pequena cidade não foi batizada com o nome do planeta natal de Spock, mas em razão do deus da mitologia grega, Vulcano. Alguém teve a boa sacada de aproveitar o nome como marketing e trazer centenas de trekkkers e curiosos como visitantes. A cidade possui hoje várias atrações como a Tourism & Trek Station (um centro de recepção para turistas ao estilo de Jornada), uma sala para jogos de realidade virtual, museus, lojas de souveniers, tudo gira em torno da franquia. Coordenado pela prefeitura local, eles também comemoram o Spock’s Day e já solicitaram ao estúdio o direito de sediar a premiere do filme em 2009. “Foi bonito”, disse Rod durante o lançamento da placa, “Foi a coisa mais gostosa e elegante que já fizeram. Eu aprecio a cidade de Vulcan por fazer isso. Gostei muito desse tributo para meu pai, que deveria ficar surpreso pela continuada popularidade de Jornada nas grandes e pequenas cidades ao redor do mundo. Eu nunca vi toda uma cidade ser convertida para o universo de...

Ler Mais

Assine o canal do TB

Tuítes do Pingo