Bruce Greenwood fala sobre seu personagem

bruce-greenwood.jpgO site UGO publicou uma nova entrevista com o ator Bruce Greenwood, que interpreta o capitão Christopher Pike no próximo filme de Jornada nas Estrelas. Embora ele tenha se recusado a entrar em detalhes, comentou um pouco sobre o trabalho deste personagem, e revelando uma possível alteração no cânon.

Pode nos dizer um pouco sobre seu papel como Capitão Pike, em Jornada?

Greenwood: “Bem, eu estou literalmente sob segredo de guerra. Então, não posso lhe dar qualquer história de maneira nenhuma”.

Mas você fez algumas das cenas com Chris Pine, correto?

Greenwood: “Ah, sim. Trabalhei com todas as crianças. Eu acho, não sei, mas isso me fez sentir no set de filmagens, especialmente com a vibração que J.J. cria, que tudo iria acabar muito bem. Quero dizer Chris é fantástico, Zack (Quinto) é muito, muito bom. Eu acho que eles fizeram realmente sábias escolhas do elenco. E J.J. Abrams, claro, é a força da natureza”.

Você viu alguns desses episódios com Christopher Pike nos velhos tempos? Você olhou para aquelas fitas?

Greenwood: “Sim, eu voltei no tempo e vi todo o material de Jeffery Hunter (ator original de Pike)”.

Você usará o mesmo estilo de cabelo que ele usava?

Greenwood: Não, eu não estarei parecido com ele. Não tenho esse tipo de penteado”.

Pode me dizer se o seu segundo em comando no filme será uma mulher, como foi em The Cage?

Greenwood: (sorriso) “Me desculpe, você está forçando”.

Está certo que você está querendo me dizer que não é permitido. OK.

Greenwood: “O que posso dizer a você é que a segurança era tão forte que não só assinamos esses maciços acordos de não divulgação, mas, mesmo quando estávamos no estúdio da Paramount, colocavam uma grande cerca em torno de todos os traillers. Em seguida, após sairmos com nossas roupas de cena, tínhamos de vestir essas enormes capas com capuzes, depois irmos apressadamente num carrinho de golfe todo coberto. Desse modo, éramos escoltados rapidamente para o cenário neste carrinho de golfe. Era um pouco louco”.

Você é oficialmente uma versão de Christopher Pike, isso significa que vai ser convidado para convenções pelo resto de sua vida. Você se vê fazendo aparições em convenções de Jornada?

Greenwood: “Eu imagino que provavelmente irei. Nunca estive em uma. Acho que vai ser muito divertido experimentar algumas vezes”.

Os comentários que surgiram no fandom dizem respeito a contradição aparente do cânon quanto ao episódio Menagerie Parte I. Nele temos um diálogo entre Kirk, o comodoro Mendez e Spock, no qual comentam sobre o relacionamento de Kirk com Pike. Veja abaixo e tire suas conclusões.

Mendez: Você já conheceu Chris Pike?
Kirk: Nós nos conhecemos quando ele foi promovido a capitão da Frota.
Mendez: Quase sua idade. Grande homem – vital, ativo.
Kirk: Eu assumi a Enterprise dele. Spock serviu com ele durante vários anos.
Spock: Sete anos, quatro meses e cinco dias. 

Fonte: TrekWeb e TrekMovie

24 Comments on "Bruce Greenwood fala sobre seu personagem"

  1. Mudanças no cânon serão inevitáveis.

  2. Dependendo da mudança vai ser reboot, se for reboot é outro Star Trek.
    Se for outro Star Trek não é o que eu gosto.
    Como não é o que eu gosto…..

  3. O que importa agora é que seja uma grande estória de ficçao e um maravilhosos filme. Nao dá para ser viuva do Roddenbarry, ele mesmo nao ia querer isso.

  4. Ninguém é capaz de afirmar o que passa pela cabeça dos outros, sobretudo dos falecidos.
    porém Gene Roddenbarry perdeu o controle da franquia bem antes de falecer e se não me angano ele não era muito fã de cowboy do espaço, tiros etc.
    A proposta da TNG (última criação)era de exploração e bem mesnos militarizada.
    Gosto de star trek assim, sem tiros e sem entupir de Fx.

  5. Errata:
    Gene Roddenberry
    ADD:
    “Despite his reduced management of Star Trek and the hobbled power of Norway Corporation near the end of his life, Roddenberry was still respected enough that Paramount Pictures, owners of the various Star Trek series, agreed to his request that Star Trek: The Animated Series be stripped of its official recognition as canon by the studio. According to the reference work The Star Trek Chronology, Roddenberry reportedly considered elements of the fifth and sixth Trek films to be apocryphal, though there is no indication that he wanted them removed from Trek canon.”
    Muito chato isso, qdo alteram o canon.

  6. Veja, esta é minha opinião particular, tudo isso se trata de um filme, nada mais que isso. Gosto de haver um começo, meio e fim de tudo mas não dá para manter as coisas como estão, pois será o fim da franquia. Muita coisa durante a TOS e as outras séries não “bateram” com o chamado “cânon”, palavra inapropriada ao mer ver.
    Portanto, mantendo-se no padrão atual não vamos ter mais nada. Qdo o Nicholas Meyer introduziu conceitos estranhos, salvou a franquia do fim, fizeram adaptações para manter a sequência desse cânon, e foi legal. Agora, o negócio é considerar que houve uma alteração temporal e o “cânon”, continua. A opção é acabar com tudo. Se der certo, teremos filmes e estórias por mais tantos anos e isso é o que importa: ficção de qualidade no cinema.
    Concordo com o Gene, os desenhos eram horríveis, não devem fazer parte da GRANDE HISTÓRIA GALÁCTICA DA FEDERAÇÃO UNIDA DE PLANETAS, mas os elementos estranhos foram introduzidos até na TOS, portanto o negócio é aproveitar, mesmo porque não vai mudar nada na nossa vida. O preço do arroz e do feijão não vai mudar por causa disso. Está é a minha visão particular…

  7. Adendo: e eu adoro ficção, Star Trek e afins desde a mais tenra idade. Com 5 anos eu dormia com uma propaganda de jornal das Lojas Pirani em que um disco voador batia e ficava preso na loja. Já fui presidente de fan clube de ST e li mais de 90 livros do Asimov, pocket books de ST e outros escritores de ficção. Coleciono filmes antigos e novos e etc…
    Portanto, é importante para mim, mas não podemos sair da realidade.

  8. Verde: concordo com vc, precisamos de filmes com qualidade mas também é bem chato alterar as coisas desse modo, pelo dinheiro.
    Exsitem obras muito boas mesmo, como 2001 dos anos 70, enigma de andrômeda 71, alien. o 8º passageiro etc…
    Tenho muito, mas muito medo mesmo de transformar a franquia em Harry Porter, filme de ficção que tem vilão com capa, gnomos, gente vestida de power rangers, luta de espada, esse tipo de coisa.
    ST não é estilo de vida, nem de longe, é um entreterimento, como futebol…. e ássim como torcedores ( que não precisam ser fanáticos nem nada), mudar a logomarca, cores das camisas etc, descaracterizam.
    Eu vou ser claro do pq não gosto da idéia deste filme. Não preciso ve-lo, é pela idéia da história, pela essência da coisa. Por dinheiro, e só por ele, vão contar uma história sobre o passado, usando um personagem carismático para validar toda alteração que virá. Transformarão ST, não em ficção científica, mas numa aventura esterotipada, uma aventura pueril. Colocar Fx de 1ª linha não salva um bom enredo. Esse enredo( quero dizer a história da tripulação original) não faz o meu gosto, não gosto de filme pueril (A múmia , Indiana Jones, etc). Muitos dizem que eu não gosto mas eu não ví, mas tem tanta gente que protege esse filme que já está completamente comprometido em gostar, estão obrigados a adorar….. bem, eu só quero que muitos entendam que esse ST é só dinheiro.
    Poderiam ter gasto esta fábula em algo genuinamente original, e não algo que rachasse os fãs.
    Felizmente, não vivo de ST, gosto muito mesmo, assim como gosto de House (até pela minha área).
    Só não se pode deixar de fazer uma leitura do que está havendo, aceitar tudo como está sem ter uma idéia crítica sobre as coisas, tudo tem um lado bom e um ruím.
    Na minha opinião Star Trek deveria ir em frente, assim como foi com TNG e etc….
    Um abraço !

  9. Add: sobre *Nicholas Meyer
    Complementando, *ST II não é de longe meu favorito (opinião pessoal), gosto muito do ST I (ficção científica) e do IV ( como humor).
    Os demais, inclusive os da TNG, não gostei. Não odiei, mas não gostei….

  10. cesar antonio r martins | 26 de outubro de 2008 at 9:06 am |

    Pessoal, …

    Alguns têm afirmado que:

    (1º) estão sendo alteradas coisas do cânon apenas pelo dinheiro;
    (2º) que está havendo e haverá um “racha” entre os fãs;
    (3º) aceitar “essas coisas” sem ter uma idéia crítica delas.

    Afirmo ser tudo isto leviandade e tolice desavisada. SEM HAVER ASSISTIDO ABSOLUTAMENTE NADA DO FILME, APENAS PREENCHENDO OUVIDOS E CÉREBRO COM O MATERIAL POUCO INFORMATIVO, EVASIVO E LACÔNICO QUE TEM SIDO PUBLICADO/DIVULGADO, é, repito, TOLICE desavisada.

    Apenas sugiro que aguardemos, como bons apreciadores de ST, o filme (está certo que alguns mais ansiosos e/ou puristas estão apreensivos), discutindo relevâncias PLENAMENTE CONFIRMADAS. Deixemos JULGAMENTO e PUNIÇÃO, como parecem idealizar alguns, para um outro momento pós-filme, se é que sequer há/haverá qualquer necessidade para tal. Julgar (no bom sentido de criticar, sim) O.K., mas punir??? A quem??? Com certeza, será a nós mesmos, pelo óbvio motivo que nem preciso lembrar.

    A-KOO-CHE-MOYA, GENE …

  11. Essa história de viagem no tempo é só uma forma de alterar o que não pode ser alterado.
    Eles criam um tal de tempo alternativo, mantendo o original intacto.

    Os acontecimentos de Nero e Spock velho criarão uma linha de tempo diferente da que conhecemos e aí eles poderão continuar com uma nova história, sem as amarras do cânon.

    Provavelmente a entrada de Nero alterará os eventos entre Pike e Kirk, começando com o ataque a nave Kelvin. Mas ao que parece o destino de Kirk já está traçado, não importa o que Nero venha a fazer, apenas será de uma forma diferente.

  12. Já pararam alguns segundos para, ao menos, COGITAR que – mesmo nesse filme – SPOCK, capaz de viver uns 300 anos, já estava trabalhando na U.S.S. Enterprise sob o comando de Christopher Pike???

    Enquanto McCoy, Kirk, Uhura, Sulu e Chevok ainda estavam terminando a Academia da Frota Estelar???

    Quanto ao Montgomery Scotty eu não faço a menor idéia… Ainda mais depois de disseram qua a equipe vai se reuniar ao poucos.

  13. Tudo é pura suposição. Não há dados suficientes para tirarmos conclusões.

    Tudo se define em o que Nero irá alterar na linha temporal e se Spock ainda for ou não cadete.

    1º – Se Spock ainda não tiver concluído a Academia, não há como dizer que ele tenha servido a bordo da Enterprise de Pike por 07 anos. Se Spock recem formado entrar junto com Kirk na Enterprise, então o canon teria sido alterado totalmente.

    2º Se Spock já for formado aí podería-se pensar nessa possibilidade. O que pode ser verdadeiro uma vez que ainda não vimos Spock com uniforme de cadete. Se ele já estiver servindo com Pike, os eventos de Nero poderiam precipitar a entrada de Kirk na Enterprise antes de se formar. Aí parte do canon estaria intacto.

    A entrada de Chekov já muda parte do canon, uma vez que ele é bem mais novo que o grupo e em TOS entrou mais tarde como oficial junior, mas os eventos de Nero poderiam precipitar isso.
    Scott e Sulu já estavam em “Where No man Has Gone Before”. Quanto a Uhura, em TOS ela pode ter estado a bordo e ter assumido as comunicações depois. Já no filme ela pode assumir as comunicações em razão de Nero.

  14. Olha, estou louco para que o filme estreie, mesmo que seja ruim. Não aguento mais essas discussões no TB sobre o que é Cânon e o que não é, se a ponte é feia ou bonita, se o Shatner vai aparecer ou não.

    Isso é pior que a espera. Já saturou esse assunto.

  15. o diretor de cinema kevin smith, que ja assistiu o filme, revelou hoje a sites americanos que é de fato um reboot

  16. Adoro MESMO os famigerados, e por que não famosos, REBOOTS.

    Batman que o diga…

    REBOOT! REBOOT! REBOOT! REBOOT! REBOOT! REBOOT!

  17. cesar antonio r martins | 26 de outubro de 2008 at 3:00 pm |

    Ainda porque faz parte da salutar ídole de alguns humanos:

    “Começar de novo”, e por que não??

    E que venha ST-XI, e que venham mais séries ST televisivas etc.

    A-KOO-CHE-MOYA, GENE…

  18. cesar antonio r martins | 26 de outubro de 2008 at 9:11 pm |

    … índole…

    A-koo-che-moya, Gene…

  19. Só esperando pra formar uma opinião sólida e concreta. Até agora, tudo especulação.
    E vai ser assim até ano que vem.

  20. Henrique Hübner | 27 de outubro de 2008 at 9:36 am |

    Neste reboot veremos alguns atores indo onde nenhum homem jamais esteve, tais como:

    Cristóvão Pinho; Zacarias Quinto; Erico Bana; Simão Pegg; Zoé Saldanha; Carlos Urbano; João Cho; Brúcio Púa-Verde; Benedito Cruz; Antonio Yelchin, dentre outros… parece até novela das oito! 😉

  21. Será que a platinada Globo não consegue a participação de algum desses no final da novela “A Favorita”???

    Fazendo FIGA para que seja um desses:

    Cristóvão Pinho, Zacarias Quinto ou Érico Bana.

  22. De certo, o Nero revelará que também é o pai biológico do spock ( como numa novela mexicana, ou em outros filmes B por aí)

    Achei interessante isso aquí.
    http://i33.tinypic.com/xc9m68.jpg

  23. Bruce Greenwood foi muito simpático nesta entrevista.

    Com ele pude sentir a responsabilidade do “não abrir a boca”.

    Mas mesmo assim foi bem amigável. Espero mais entrevistas com ele, depois do lançameto do filme.

    Quanto ao canon, até ocorrências muito antigas podem ser apresentadas com equívocos por nós mesmos a respeito de nossa própria vida.

    Por isso, relembrar certos eventos detalhadamente é algo desafiador depois de alguns anos ou sob pressão.

    Encaro Star Trek como uma cinebiografia dos heróis e do cotidiano da Frota Estelar.
    E nenhuma cinebiografia foi capaz de seguir com rigor eventos e seus detalhes, seja “os Intocáveis”, “Uma Mente Brilhante”, “Frida”, “Ray”, “Lutero”, “Pollock”, etc..

    Então, vamos dar um descontinho, ok?

  24. cesar antonio r martins | 27 de outubro de 2008 at 10:17 am |

    É exatamente isso aí, Raul!!!

    A-koo-che-moya, Gene …

Leave a comment

Your email address will not be published.


*