Abrams fala de Klingons e Romulanos + imagens

j-j-abrams.jpgDepois de Londres e Colônia, J.J. Abrams esteve em Madri e Roma, fazendo sua apresentação do filme a imprensa local. Em entrevista a Empire online, ele falou sobre Romulanos e Klingons. Também temos uma atualização do site boldlygo.intel.com, que apresenta uma página para a USS Kelvin. E mais fotos do trailer.

Conforme relatado pela Empire Online, Abrams revelou que um dos familiares inimigos da série original teria sido incluído em um sub-enredo dentro do novo filme de Jornada, mas este não funcionou bem com o resto da história. “Houve um grande sub-enredo Klingon neste filme”, disse JJ Abrams, “e nós, de fato, acabamos por retirá-lo porque ele confunde a história de uma forma que eu pensava ser muito legal, mas desnecessário. Então, temos esses lindos desenhos que vamos ter de esperar para fazer em outro lugar, eu imagino “.

No entanto, os guerreiros de Kahless têm uma presença no filme. “Você vai ver Aves de Rapina Klingon no filme”, disse Abrams. “Talvez não da forma que você espera, mas você irá vê-los”. 

Abrams passou a falar também sobre outro adversário tradicional Federação na série original. Quando perguntaram por que ele usou os Romulanos e não os Klingons, disse, “O que foi interessante para mim é que não eram os Klingons. Isso é o que você esperava, e foi divertido usar os Romulanos na forma como o fizemos. Uma parte da verdade é que eles não tinham sido vistos há muitos anos, de forma que isso imediatamente quebra, para qualquer um que saiba, as regras de Jornada para começar o filme e ter Romulanos cruzando caminhos da Frota Estelar. Isso leva a quebrar as regras, o qual eu acho que é de certo modo divertido”, falou o diretor.

Abrams prosseguiu dizendo que já estávamos com uma overdose de histórias dos Klingons no cinema, “Isso não quer dizer que não seja explicado e não seja consistente com o cânon, mas é como se tivéssemos visto tantas iterações dos Klingons que (o uso dos Romulanos) parece como uma maneira de fazer algo no vernáculo familiar, mas não tão familiar que sentissemos fatigados”.

Associated Press, Abrams comentou a respeito do objetivo de resgatar a emoção dos personagens, embora seja um filme de ação e aventura, “O meu objetivo era fazer um filme sobre a vida emocional desses personagens”, disse Abrams aos jornalistas.”Vimos um milhão de naves voando pela câmera, mas ninguém vai importar-se com a nave se não se interessar pelas pessoas lá dentro”.

Abrams espera que o filme, que visa revitalizar os 42 anos da franquia, atraia não somente os fãs, mas as pessoas que não seguiram as aventuras de Kirk original nos anos 60.
“Quero que os fãs de Jornada venham assistí-lo, mas a verdade é que eu fiz o filme para os futuros fãs”, disse Abrams em uma apresentação no cinema de Roma.

O site da Intel, que em parceria com a Paramount promove o filme e seus produtos, está fazendo uma atualização (ainda em construção) de sua página, agora incluindo informações sobre a USS Kelvin. Para ver o que eles vão apresentar basta fazer o seu registro no site. Toda a vez que houver uma novidade, o site o avisará por meio de uma mensagem ao seu e-mail.

Aqui temos duas ilustrações da USS Kelvin mostradas pelo site.

kelvin-1.jpg

kelvin-3.jpg

Abaixo você pode ver algumas imagens do trailer, incluindo a primeira imagem do ator Bruce Greenwood como Capitão Christopher Pike e a nova USS Enterprise NCC 1701 deixando ao que parece uma estação espacial.

foto-a-red-alert.JPG

 foto-cop.JPG

foto-enterprise.JPG

foto-kirk.JPG

foto-spock.JPG

foto-pike.JPG

Fonte: TrekWeb, TrekMovie, TrekToday

16 Comments on "Abrams fala de Klingons e Romulanos + imagens"

  1. cesar antonio r martins | 17 de novembro de 2008 at 2:08 pm |

    (^ 150)
    “… já podemos ver a tecnologia de Jornada nas futuras viagens espaciais. …”

    De nada, Leandro Martins.

    A-koo-che-moya, Gene …

  2. Alberto Solimões | 17 de novembro de 2008 at 2:09 pm |

    O novo, o novo assusta, reações aqui postadas parecem muito com as de STVI, preconceito antes mesmo dos fatos acontecerem. Fãs que abandonaram a série e deixaram ela morrer na TV, fãs que abandonaram a série e deixaram ela morrer no cinema. Agora o que restou, um ST comercial, um franchise para vendas de navezinhas e brinquedinhos. Todos estes “fãs” ardorosos de St que tanto reclamam desta nova versão são os mesmos que deixaram a franquia morrer. Eu sou fã de ST a mais de 35 anos e sempre assisti todas as séries, vi todos os filmes no cinema, inclusive Nemesis, sempre comprei naves, cds, dvds etc…, assisti todas as 4 temporadas de Enterprise e lamento muito que ela tenha sido encerrada na 4ª temporada, e com certeza vou ao cinema assistir o novo filme. Sabe porque? Por que sempre encarei St como DIVERSÃO e não como modo de vida. Com certeza aquelas pessoas que fizeram de ST um modo de vida vão se decepcionar com o filme, eu não. Também não gostei de algumas coisas como o novo design da Enterprise, e de algumas alterações na linha de tempo mas é isto que vamos ter e é com isto que iremos nos divertir.

  3. Mario Auusto Gomes | 17 de novembro de 2008 at 2:11 pm |

    O grande problema a ser resolvido é o da gravidade artificial. esse sim terá direito ao prêmio nobel.

  4. >152 É isso aí, concordo em grau gênero e número.

  5. Henrique Hübner | 17 de novembro de 2008 at 3:01 pm |

    Raios… raios triplos… raos multiplos… o relógio atrasou no tempo 1D:1H:1M!!!!

  6. Henrique Hübner | 17 de novembro de 2008 at 3:03 pm |

    Spock… estamos retornando no tempo! O relógio da Enterprise está atrasando.. agora são 1H:1M:3M!!!!!

  7. Henrique Hübner | 17 de novembro de 2008 at 3:06 pm |

    Damn Jim!!!! The Trekmovie is down!!!!!

  8. Leandro Martins | 17 de novembro de 2008 at 3:07 pm |

    Bwhaha, e com o fandom que temos, é de ficar surpreso?

  9. Henrique Hübner | 17 de novembro de 2008 at 3:11 pm |

    Scooty, don´t beam me up!!!! beam me ouuuutttt!!! (gargalhadas)

    O nome do filme é Star Trek: A Vingança de J.J. Abrams”!!!

  10. Henrique Hübner | 17 de novembro de 2008 at 3:15 pm |

    Uhura! Contate a Frota Estelar!! Informe que uma distorção espaço-temporal está levando a Enterprise ao passado… agora o trailer está mais distante 1D:1H:16M!!!!!

  11. Henrique Hübner | 17 de novembro de 2008 at 3:18 pm |

    Sr. Spock…. relatório!
    Capitão: as sonda Xerobank detectou um proxy para os países além da Zone Lenta! Conseguindo imagens agora! Na Tela!!!!

  12. Henrique Hübner | 17 de novembro de 2008 at 3:19 pm |

    Imagem na tela capitão… tentando baixar novo trailer com a sonda Xerobank!

  13. Henrique Hübner | 17 de novembro de 2008 at 3:21 pm |

    Anomalia espaço-temporal superada! Trailer liberado para os países de fora da Zona lenta… ou neutra!!! tanto faz!!! rs…

  14. Post 152:
    “…com certeza vou ao cinema assistir o novo filme. Sabe porque? Por que sempre encarei ST como DIVERSÃO e não como modo de vida. Com certeza aquelas pessoas que fizeram de ST um modo de vida vão se decepcionar com o filme, EU não. Também NÃO gostei de algumas coisas como o novo design da ENTERPRISE, e de algumas alterações na linha de tempo mas é isto que vamos ter e é com isto que iremos nos divertir.”

    Aplausos!

    \\//_ : Vida longa e próspera.

  15. Rodrigo,

    Star Trek não pode ser um modo de vida, pois não vivemos no futuro. Pode sim ser uma filosofia de vida.

    Para isso basta seguir algumas das diretrizes da séria como o balanço entre a lógica e a emoção, o tratamento igual para todas as raças e credos, o idealismo de ter um mundo melhor, etc.

    Tente isso, talvez você entenda realmente o que é seguir uma filosofia como a de Star Trek.

  16. Jorge Rodrigues | 17 de novembro de 2008 at 6:13 pm |

    O CORVETTE É HIDRAMÁTICO

    A idéia geral da cena ainda é ruim mas, pelo que pude perceber das tomadas, o carro é hidramático (lembrando que o problema do Kirk com o calhambeque era “uma tal de embreagem”).

    Quanto a certos comentários acima, alguns frequentadores deveriam melhor refletir sobre o adjetivo “científica” posto em seguida a ficção.

    Vida longa e próspera

Leave a comment

Your email address will not be published.


*