Selecione a Página

Mês: dezembro 2008

VOY 1×04: Time and Again

História consegue driblar enrolação e se firma como das melhores da temporada. Leia agora a revisão do Trek Brasilis para “Time and Again”, de Jornada nas Estrelas: Voyager. Sinopse: Data Estelar: desconhecida. Durante a exploração de um planeta que recentemente sofreu uma catástrofe global que eliminou toda a sua população, Janeway e Paris são separados do seu grupo avançado e de algum modo se encontram no mesmo local, mas algumas horas antes do cataclisma que consumiu toda a civilização local. Suas tentativas de retornar para seu próprio tempo os levam ao centro de um protesto da população do planeta contra uma usina de energia polárica, que pode ter sido a causa da destruição. No início, a capitã proíbe Paris de alertar o povo da catástrofe que estava por vir, alegando que a Primeira Diretriz deveria ser cumprida, mas ela descobre que sua própria presença pode ter causado o desastre. Então, ela decide deixar de lado a diretriz principal da Frota Estelar, com o objetivo de evitar a catástrofe. Ela acaba descobrindo que o desastre foi causado por uma tentativa de resgate feita pela tripulação da Voyager. Conseguindo evitar o sucesso da tentativa, ela salva o planeta e elimina da existência todos os eventos que ocorreram após a chegada da Voyager àquele mundo. Comentários: “Time and Again” consegue driblar o problema crônico de Voyager — o excesso de termos técnicos...

Ler Mais

Estúdio mostra super imagens em alta resolução

O site TrekMovie publicou imagens do filme em alta resolução, que foram liberadas pela Paramount Pictures no “Press Kit Preview”. Todas as fotos você já conhece, mas estas novas versões estão em tamanho gigante (5484 x 2332), de modo que permitem a você realmente enxergar novos detalhes, incluindo uma análise mais atenta do exterior da nova Enterprise NCC 1701. Não há nada de novo. A única mudança que vemos aqui é com relação ao parceiro de produção. Durante o ano de 2008 a Paramount mudou o parceiro da produção de Star Trek, passando do Nível 1 para Spyglass Entertainment. Isso não tem qualquer impacto real sobre o filme, propriamente dito. É comum que os estúdios tragam novos parceiros financeiros em filmes de grande orçamento para partilharem os custos (e lucros), e por algum motivo eles mudaram parceiros de 2008, como se vê no novo anúncio do estúdio para o filme. “Star Trek” Paramount Pictures e a Spyglass Entertainment apresentam Uma produção da Bad Robot “Star Trek” Produtores Executivos Bryan Burk Jeffrey Chernov Roberto Orci Alex Kurtzman Produzido por J.J. Abrams e Damon Lindelof Baseado em “Star Trek” Criado por Gene Roddenberry Escrito por Alex Kurtzman & Roberto Orci Dirigido por J.J. Abrams Elenco: John Cho, Ben Cross, Bruce Greenwood, Simon Pegg, Chris Pine, Zachary Quinto, Winona Ryder, Zoë Saldaña, Karl Urban, Anton Yelchin, com Eric Bana e Leonard Nimoy Sinopse: Do diretor J.J. Abrams ( “Missão: Impossível III”, “Lost” e “Alias”), os...

Ler Mais

Mattel apresenta os primeiros bonecos do filme

A empresa Mattel Toys apresentou esta semana sua nova linha de brinquedos relacionados a Jornada nas Estrelas. São bonecos que caracterizam os personagens principais do novo filme de J. J. Abrams. Nessas primeiras imagens vemos os protótipos de Kirk, Spock e Uhura em suas mais novas versões. Mattel Inc. é uma das maiores fabricantes de brinquedos no mundo. Seus principais produtos são os carrinhos Hot Wheels, os bonecos Max Steel e a famosa linha Barbie. E é nessa linha de produção, a Barbie Collectors, que a empresa obteve a licença do estúdio para produzir os bonecos do filme. Como se vê na imagem abaixo, os figurinos (de aproximadamente 30 centímetros) são muito detalhados e assemelham-se bastantes aos atores Chris Pine, Zachary Quinto e Zoe Saldana. Além disso, estão incluídos acessórios como um Phaser e um comunicador. Eles estarão disponíveis a partir de abril de 2009, no mercado americano. Mas essa linha Barbie não é o único produto da Mattel para a franquia. Ela estará disponibilizando, em janeiro, o game trivia 20Q Star Trek Edition, um jogo com 20 perguntas sobre o filme. Em março, a Mattel Tyco pretende lançar as versões da USS Enterprise e da ave de rapina Klingon controladas por rádio e copiadas do filme.  Vale lembrar que a Playmates também obteve licença da Paramount para a produção de bonecos e naves do filme. Com brinquedos, história em quadrinhos e provavelmente games, a campanha de marketing dessa nova produção só está começando.                               Fonte:...

Ler Mais

TNG 1×05: Haven

Tentativa de escrever episódio orientado a um personagem falha com Deanna Troi. Leia agora a revisão do Trek Brasilis para “Haven”, de Jornada nas Estrelas: A Nova Geração. Sinopse: Data Estelar: 41294.5. O relacionamento entre Deanna Troi e William Riker é posto em xeque quando a mãe da conselheira, Lwaxana Troi, é teleportada a bordo da Enterprise para realizar o casamento da filha com o dr. Wyatt Miller. O casamento fora prometido mutuamente pelos pais dos dois quando eles ainda eram crianças, e agora os Millers, melhores amigos do falecido pai (humano) de Deanna, querem ver a promessa cumprida. Deanna concorda em cumprir a promessa e aceita casar-se com o noivo que ela nem conhece. Logo depois, ele vem a bordo da Enterprise e os dois tentam iniciar um relacionamento. Wyatt, entretanto, parece distante, pois há anos vem tendo a visão de uma mulher em sua mente, e Deanna não é essa mulher. Tudo se esclarece quando uma nave taleriana, contaminada por uma praga, tenta entrar em órbita do planeta Santuário (Haven, em inglês), onde está a Enterprise, apesar dos protestos do povo na superfície do planeta. Um dos tripulantes da nave é a mulher cuja imagem perseguia Wyatt há tanto tempo. Comentários: “Haven” é um episódio que tenta. Tenta ser bom, tenta ter conteúdo, tenta ser engraçado. Só tenta, mas não consegue. É a história errada, na hora...

Ler Mais

Especialistas opinam sobre linha temporal do filme

O roteirista Roberto Orci, ao explicar a trama do filme envolvendo linha temporal alternativa, usou a ciência real como base. O site TrekMovie procurou a ajuda de especialistas no assunto para opinarem sobre as declarações de Orci e a teoria da viagem no tempo. Veja também uma entrevista exclusiva com o produtor André Bormanis. No início de novembro, em uma entrevista publicada pelo TB, o escritor Roberto Orci confirmou que a história do filme começa no mesmo universo que estamos familiarizados, mas que grande parte do roteiro tem lugar em um universo alternativo, que foi criado quando o vilão Nero volta no tempo a partir da época de A Nova Geração e destrói a USS Kelvin (com os pais de Kirk a bordo). Para basear sua opinião, Orci cita tanto o episódio Paralelos (7ª temporada de A Nova Geração), quanto a mecânica quântica e, especificamente, a teoria da “Interpretação de Muitos Mundos”, onde postula que qualquer decisão cria um novo universo. Esta opinião não só permite que ambos os universos co-existam, mas também resolve muitos paradoxos normalmente associados com a viagem no tempo. De acordo com o co-escritor Alex Kurtzman, no que diz respeito à ciência teórica de viajar no tempo e da mecânica quântica, eles utilizaram quatro livros que foram particularmente úteis para o script: “Black Holes and Time Warps” por Kip Thorne, “Parallel Universes” por Fred Wolf, “The Fabric of Reality” por David Deutsch e “Hyperspace” por Michio...

Ler Mais

DS9 1×04: A Man Alone

Primeiro destaque para Odo não escapa da tecnobaboseira e dos antigos clichês. Leia agora a revisão do Trek Brasilis para “A Man Alone”, de Jornada nas Estrelas: Deep Space Nine. Sinopse: Data Estelar: 46421.5. Quando Ibudan, um homem que Odo mandou para prisão anos antes, é assassinado a bordo da Deep Space Nine, o comissário torna-se o principal suspeito do crime e alvo de intolerância. Enquanto isso, Keiko O’Brien tenta combater seu senso de inutilidade profissional na estação promovendo a criação de uma escola para as crianças de DS9, com o apoio de Sisko. Ao final das contas, descobre-se que o assassinado não era Ibudan, mas sim um clone, produzido pelo próprio com o único objetivo de ser morto. O bajoriano planejou tudo em uma tentativa justamente de incriminar Odo, buscando vingança por seu encarceramento anos atrás. Comentários: “A Man Alone” tenta aprofundar um pouco mais o conhecimento do telespectador a respeito de Odo. Por meio deste episódio, ficamos sabendo um pouco mais sobre o modo de agir e a ética por trás do comissário de Deep Space Nine. Infelizmente, o desenvolvimento poderia ter sido muito melhor, se a história em si fosse mais criativa e menos inverossímil. O ângulo do assassinato de Ibudan é pouco inspirado, mal-executado, forçado e cheio de conveniente e arbitrária “tecnobaboseira”. Para ilustrar isso, basta apontar que um clone não é nem tão simples,...

Ler Mais

Cryptic apresenta nave do game Star Trek Online

A Cryptic Studios, responsável pelo desenvolvimento do novo game Star Trek Online, apresentou em seu site uma das naves que fará parte deste jogo multiplayer. Com a designação NX-91001, essa nave pertence a Federação. Veja suas especificações e alguns detalhes de jogabilidade. Ainda não há data definida para o seu lançamento, mas espera-se para o final de 2009. Star Trek Online é um game MMORPG ambientado no universo de Jornada. Desenvolvido para as plataformas PC, Xbox 360 e talvez Playstation 3, o jogo situa-se no ano 2409, onde a conturbada situação interna do Império Romulano causa instabilidade em todo o Quadrante Alfa. A nave concebida para representar a Federação nos setores mais críticos é a NX-91001 (ainda sem nome). É uma das primeiras naves multi-função, desenhada para ser a sucessora da classe Sovereign, construída no início dos anos 2370. Capaz de funcionar como exploradora em espaço profundo, possui  sensores e extensas instalações de laboratório para a investigação científica. A NX-91001 também é equipada como cruzador pesado, armada com algumas das mais recentes armas de tecnologia da Frota para a atuação em áreas hostis. Ela possui a melhor das novas tecnologias desenvolvidas pela Frota nos últimos 40 anos. Um circuito bioneural imita neurônios biológicos, acelerando funções de dados e melhorando o desempenho computador. Um avançado sensor que pode ser operado a partir da ponte ou manuseado diretamente para varreduras intensas, inclui observação de telemetria da tecnologia do VISOR, para permitir ao oficial de ciências interagir diretamente com os dados transmitidos por...

Ler Mais

Nimoy nos bastidores do filme

Ontem (25 de dezembro) teria sido a data original do lançamento de Jornada nas Estrelas. Mas, por decisão do estúdio, teremos de esperar até maio próximo. Para que você não fique muito frustrado, o TrekMovie mostrou uma imagem de bastidores, com Leonard Nimoy na produção de Spock. O roteirista Roberto Orci enviou, através de seu iPhone, uma imagem dos bastidores de gravação do filme, onde vemos o ator Leonard Nimoy, em sua seção de making-up, antes de entrar em cena. Veja também alguns breves comentários de Zachary Quinto e Zoe Saldana. “Fiquei satisfeito e lisonjeado que tinham optado por fazer uma história em que Spock foi tão significativo. Tivemos vários projetos anteriores, onde Spock era marginalizado e não fiquei particularmente feliz com isso. Vi neste filme que Spock volta em foco em uma forma muito maravilhosa … Eu estava muito confortável em trabalhar com J.J. (Abrams). Confiei nele completamente”, disse Nimoy a revista Star Trek magazine (via TrekWeb). Em entrevista que pode se vista no YouTube, Zachary Quinto, mais uma vez, elogia o trabalho em conjunto com Nimoy. “É algo magnífico para mim”, disse Zachary Quinto. ” Me sinto realmente afortunado por ter Leonard Nimoy envolvido e muito cooperativo e por isso você não pode realmente ficar muito mais além do que a fonte”. Zoe Saldana se disse espantada, quando viu algumas das cenas que gravou, encontrando-se muito diferente com os efeitos especiais adicionado no filme. “” Eu fiquei encantada com o trailer”, explicou,” Porque nós gravamos em tela verde na...

Ler Mais

TAS 1×02: The Infinite Vulcan

Desenho animado traz à tona conceitos de eugenia e polêmica de clonagem. Leia agora a revisão do Trek Brasilis para “The Infinite Vulcan”, de Jornada nas Estrelas: A Série Animada. Sinopse: Data Estelar: 5554.4. A Enterprise visita o recém-descoberto planeta Phylos, e um grupo de descida encontra uma cidade abandonada na superfície. Enquanto estudam as construções, Sulu pega uma planta e é envenenado. O dr. McCoy luta desesperadamente para salvá-lo, mas não obtém bons resultados. Durante o atendimento médico, uma criatura alienígena se aproxima e se oferece para salvar a vida de Sulu. Sem opções, o capitão Kirk autoriza o procedimento, que acaba sendo bem-sucedido. O Phylosiano, de nome Agmar, tem a fisiologia de uma planta inteligente. Ele conta que o veneno que afetou Sulu foi trazido acidentalmente ao planeta por um visitante, que logo depois trabalhou para encontrar a cura. Os Phylosianos chamam esse visitante de “Mestre” e “Salvador”. O grupo de descida descobre que esse visitante é na verdade o cientista terráqueo da época das Guerras Eugênicas, Starros Keniclius, que já teria morrido. Agora um clone gigante do dr. Keniclius, chamado Keniclius 5, tomou seu lugar. O gigante deseja clonar Spock para criar um exército pacifista intergaláctico, para impor a paz sobre os outros povos. Kirk tenta convencê-lo de que o Universo já se tornou um conglomerado de mundos pacíficos dentro da Federação, mas Keniclius 5 prossegue...

Ler Mais

Conheça Persis “Ilia” Khambatta

Persis Khambatta é um dos rostos mais conhecidos de Jornada nas Estrelas, devido a seu personagem em “Jornada nas Estrelas: O Filme”, a navegadora Deltana Ilia. Engana-se quem pensa que a carreira artística de Persis se resumia à personagem sexy e completamente careca. Ela era conhecida como modelo internacional, porta-voz comercial de algumas empresas, pessoa atuante na área de arrecadar fundos para entidades que cuidam de pessoas carentes, e claro, como a Miss Índia de 1965. Nascida em Bombaim, Índia, em 2 de outubro de 1950, Persis foi descoberta pelas lentes dos fotógrafos com apenas 13 anos de idade, em 1963. Aos 15 anos era coroada “Miss Índia”, para rapidamente entrar para o mundo do cinema internacional. Já era também modelo de várias companhias, incluindo a Revlon. Em 1969 fez um filme com o sugestivo título de “Kamasutra” e só voltou a trabalhar no cinema em 1975, em “The Wilby Conspiracy”, fazendo um personagem que levava seu nome, Persis, e contracenando com Michael Caine e Sidney Poitier. Após sua atuação em uma série de TV chamada “The Man with the Power”, como uma princesa de nome Siri, seu próximo trabalho foi em Jornada como Ilia. Roddenberry a contratou para fazer parte do elenco fixo da nova série de Jornada, Fase II. Persis interpretaria uma nova personagem, a navegadora Ilia, oriunda do planeta Delta. A série foi cancelada, mas o...

Ler Mais

Assine o canal do TB

Tuítes do Pingo

  • Pelo amor de São Gene, regula direito essa merda de teleporte aí, Scotty! https://t.co/BRvatrpLyO
  • Our fellow writer Luiz Castanheira from @trekbrasilis pays his homage to Voyager during our annual retreat.twitter.com/i/web/status/9…0D
  • Putz, voar com essa tralha é mais difícil do que eu imaginava. https://t.co/vgkOwCq4Ce
  • Me falaram que esse vinho do Picard é de uva do tipo cabriolet saveiro, um troço assim. https://t.co/iZi2acwR8G
  • Vai, deixem de frescura e me arrumem uma tigela. https://t.co/QJCXkFAqUE
  • Meio primitivo de viajar assim mas beleza, sem dobra ou esporo é o jeito. https://t.co/83lGyNtIw7