Ao fazer publicidade esta semana de suas séries de TV programadas e Super 8, o produtor (e possível diretor) J.J. Abrams falou sobre os progressos do script para a sequência de Star Trek, enfatizando a importância da história e que está aberto até mesmo a introdução de personagens gays no filme. Também temos os roteiristas Orci e Kurtzman ainda indecisos quanto ao início das gravações. Detalhes a seguir.

J.J. Abrams falou brevemente ao Collider, durante um evento promovido pela CBS (premiere da série  Person of Interest) . Ele deu uma atualização sobre o estado do script e porque eles estão sendo cautelosos sobre as datas de estréia, concentrando-se em construir o roteiro.

Tem surgido muitas coisas no que estamos trabalhando, um monte de elementos importantes que nós sabemos que precisamos para fechar e resolver. Uma vez que você diz, “Estamos prontos para ir, mas não temos um roteiro pronto ainda”, ou “eu estou dirigindo a coisa e aqui está a data de lançamento, mas não temos um roteiro pronto,” o que começa a acontecer – e eu já vi isso acontecer com um monte de amigos meus – é que de repente você está na produção de um filme que eles estão pensando, “Oh meu Deus, não estávamos realmente prontos. Nós pensamos em fazê-lo no tempo certo, mas não o fizemos”. Então, se nós temos um momento para dizer:”Vamos pegar as coisas importantes que descobrimos”, então todo o material de pré-produção virá. Mas, eu só quero ter certeza de que estamos situando a história e os personagens, o elenco e a equipe, e mais importante, a audiência, antes de começarmos a falar sobre exatamente quais locais que vamos estar filmando em e o que o guarda-roupa e orçamentos de efeitos visuais serão. É importante que nós peguemos a coisa importante em primeiro.

Abrams também observou que o estúdio está sendo favorável, dizendo que eles “têm sido maravilhosos” e tudo o que importa é conseguir um bom filme.

Abrams ainda mantem o mistério se vai ou não sentar na cadeira do diretor, mas não se sentiria confortável vendo outro no lugar, “A idéia de alguém dizendo “ação” aos atores  no set de Jornada me deixa com ciúmes”, comentou ao The Guardian.

O site After Elton, que encabeça uma campanha para promover a idéia de ter um personagem gay em Jornada, teve a oportunidade de falar com Abrams sobre essa idéia e o produtor pareceu aberto a isso, mas sem compromisso, “Eu diria que sim, você sabe, algo que eu adoraria fazer, mas do jeito cuidadoso fazendo uma história que envolveria qualquer um dos personagens e suas vidas pessoais. O balanço existe sempre, como é que essa história se relaciona com o tipo de cara mau, que por sinal é sempre vai ser aquela coisa crítica, o que eles estão enfrentando? A questão de como você entra, literalmente, estas vidas pessoais sexuais desses personagens? Como o que é que vai ser. Eu não sei quem estaria assumindo personagens não são gays ou gays”, finalizou prometendo levar a idéia na próxima reunião da equipe.

Já em outra entrevista ao AICN, os roteiristas Roberto Orci e Alex Kurtzman revelaram que a data de início das filmagens de Star Trek 2 ainda encontram-se indefinidas.

Então vocês estão agendando uma data de início de produção para janeiro?

Kurtzman: “Ainda estamos em conversa aberta.”

Orci: “Eu já ouvi muitas coisas mencionadas, … é uma questão de alguém colocar a data no papel e dizer: “Nós estamos começando.”

Kurtzman: “Nós já estamos no processo. A (fixação da) data neste momento não nos faria mover mais rápido. Nós já estamos nele.”

Correr com uma data sempre parece como uma má idéia.

Kurtzman: “Pode ser uma idéia muito ruim. Especialmente em Jornada …”

Orci: “Há muitos efeitos pesados​​. Você vai pensar, “Nós só precisamos de tantas semanas para a ILM concluir”. Então você chega lá, e descobre que, “talvez não tenham lhe dado tempo suficiente …”.

Kurtzman: “Você simplesmente não quer fazer isso, especialmente em um filme que todos nós amamos muito e temos grandes expectativas.”

Orci: “Correr significa mais caro, e isso é uma questão para os nossos benfeitores, que tem que decidir o quão ruim eles querem em termos de que tipo de coisa. Você pode terminar o material (rapidamente), mas isso significa mais pessoas trabalhando simultaneamente. Portanto, estas são, de certa forma, as coisas de produção que não são apenas com base no tempo.”

Como já noticiamos anteriormente, a Paramount está estudando duas opções para liberar Star Trek 2: final de 2012 ou início de 2013. Normalmente este tipo de filme teria cerca de um ano ou mais para a produção e pós-produção, mas outros filmes blockbursters, as vezes, terminam com menos tempo.