O vilão de Star Trek 2 ainda permanece desconhecido, embora o diretor J. J. Abrams já esteja de olho em alguém para o papel. Um rumor que circulou foi o nome de Benicio del Toro. Em entrevista a MTV, Abrams confirmou o interesse pelo ator. Outra novidade fica por conta do compositor Michael Giacchino, que revelou seu retorno a Jornada para fazer a trilha sonora do próximo filme. Detalhes a seguir.

“Bem, nós estamos apenas em negociações, estamos em discussões”,  disse Abrams a MTV, durante o  lançamento em Los Angeles  de Super 8 em Blu-ray e DVD. “Não são realmente negociações. Apenas em discussão, mas eu adoraria trabalhar com ele, eu queria trabalhar com ele há anos, e isso pareceu uma boa oportunidade.”

Abrams não entrou em detalhes sobre o papel que ele tem em mente para del Toro. Especulações giraram em torno de vilões já conhecidos como o icônico Khan a um completamente novo. Mas o diretor só disse que o personagem para del Toro é perfeito. “É muito cedo para falar sobre qual será o papel, mas ele é um ator muito incrível”, disse Abrams. “Ele é muito versátil. Ele poderia fazer qualquer coisa.”

“Exceto interpretar Uhura”, brincou. “Eu não compraria isso.”

Embora as coisas estejam enigmáticas, no momento, Abrams prometeu que o papel ficará muito menos misterioso, logo que a escolha do elenco for finalizada, com del Toro ou não. “Tão logo saibamos quem vai ser – e eu adoraria que fosse ele – este papel será de conhecimento público”, disse o diretor.

Em outra entrevista ao VultureBlog, Abrams  parece estar indicando que a sequência vai ficar por conta própria sem depender do primeiro filme, “… Mesmo trabalhando em Star Trek 2 agora, não podemos de forma alguma contar com o primeiro Star Trek. Não podemos pensar, Ok, nós fomos bem sucedidos, todo mundo adora esses personagens. Temos que começar de novo de uma certa forma.”

Mesmo não sendo nenhuma surpresa para muitos,  o vencedor do Oscar, Michael Giacchino, está oficialmente retornando para a sequência de Star Trek. “Sim, eu vou estar de volta”, disse Giacchino ao ComingSoon.net no mesmo evento de lançamento de Super 8. “Eu estarei lá assim que eles terminem.”

Nesse meio tempo, Giacchino esteve trabalhando em Mission: Impossible – Ghost Protocol, com produção de Abrams (chegando em telas IMAX 16 de dezembro e na telona em 21 de dezembro) e fará a trilha de John Carter (que chega aos cinemas em 3D , 2D e IMAX  em 09 de março de 2012).

O compositor não tem idéia ainda de como será a trilha do novo filme e mesmo com a agenda apertada ele disse que dá para fazer o trabalho no tempo que for estabelecido. “Agora eu não estou olhando para nada. Eu só vou entrar em meu closet e fechar a porta por meses.”

Numa entrevista ano passado pelo TrekMovie, Giacchino fez algumas observações sobre o trabalho de compor para Star Trek e o que pensaria para a sequência:

Ele escreveu uma música para as cenas excluídas dos Klingons em Star Trek, mas “não quero que ninguém ouça”, pois não achava que as cenas funcionaram e não achava que a música tenha funcionado, e ficou “feliz por não ter seguido”… Ele não usaria esta música Klingon na seqüência, observando que “quando e se eles trouxerem Klingons, eu sei que vai ser pelos motivos certos e será uma parte da história e será mais fácil para eu escrever a música, porque eu tenho algo para reagir”.

Se eles vão usar a música original para a sequência: “Eu não tenho idéia. Depende da história”. Mais tarde disse: “Eu não tenho idéia até eu ver o filme, eu não sei o que o filme precisa – o que ele pede até eu vê-lo. Eu poderia sentar aqui e dizer que eu realmente espero que sim, que seria divertido encontrar um momento para fazer algo assim e, certamente, como os fãs todos nós merecemos esse tipo de diversão. Espero que sim, mas eu posso te dizer que não sei”.

Fonte: TrekWeb e TrekMovie.