Mês: junho 2012

Pine diz que vilão obriga Kirk a crescer mais

o site do MTV postou um novo vídeo entrevista com o ator Chris Pine, que interpreta James Kirk. Pine falou um pouco mais sobre Star Trek XII dizendo que o vilão interpretado por Cumbertbatch força seu personagem a crescer. Veja  também mais alguns comentários de Alex Kurtzman sobre o foco principal do filme. O co-roteirista Alex Kurtzman conversou com o site Hollywood Reporter sobre Star Trek XII e, especificamente, quanto ao arco da tripulação. Se, teoricamente, Star Trek 2 examina o que significa para Kirk ser o capitão, como foi com filme Quantum of Solace num follow-up que começa logo após o primeiro filme, quanto tempo passado isso vai acontecer depois dos eventos de Star Trek? Kurtzman: “Eu não posso responder a sua pergunta diretamente, mas posso dizer que não é só porque ele está na cadeira de capitão e eles estão na ponte juntos, que é a equipe que faz você lembrar da série original. Eles não são – a tripulação da série original tinha seguido em muitas e muitas viagens, eles eram uma máquina bem calibrada, em termos de como funcionam, e esses personagens aí ainda estão tentando descobrir quem são e quem eles são um para o outro. E eu não queria ir tão longe (no tempo da história) e perder uma ligação emocional muito importante para a transição deles.” “…… Eu tendo a olhar para as coisas em primeiro lugar como a jornada de um personagem do início ao fim, e muitas vezes a viagem não será resolvida no final, será...

Read More

Noel Clark: Novo filme já tem um título

Há muitas coisas ainda desconhecidas sobre Star Trek XII. Uma delas é o título do filme. No entanto, parece que a decisão de Abrams e sua equipe já foi tomada sobre este assunto. Quem disse isso foi o ator inglês convidado, Noel Clark. Será que teremos o nome Star Trek? Falando ao Digital Spy, o ator Noel Clark (que interpreta um pai de família) disse que “teve uma agradável passagem por lá”, durante os três meses que esteve em Los Angeles para filmar Star Trek XII, “Eu fui lá e fiz o meu trabalho dando o melhor de minha capacidade. Espero que J.J. e os executivos estejam felizes, e espero fazer parte da edição final do filme!” Questionado se havia um nome para o filme, Clarke confirmou: “Sim Eu vou te dizer? Não.” Star Trek sem “Star Trek”? Recentemente, o roteirista Roberto Orci disse que ainda não tinham escolhido um título, mas que estavam perto de um e que existiam “75%” de chances do título conter as palavras “Star Trek”, o que significa, naturalmente, que há uma possibilidade de que não apareça. Se a informação de Clarke estiver correta, ele pode estar se referindo a um subtítulo, considerando que venha acompanhada do nome “Star Trek”. Isso ocorreu em todos os filmes da franquia. No entanto em Nemesis, Berman tentou discretamente desvincular o título de alguma sequência, numeração romana ou subtítulo, fazendo Star Trek Nemesis, sem os dois pontos. Então, é possível que Abrams venha a inovar ou alterar a forma com que os filmes...

Read More

Orci revela discussão sobre volta de Jornada à TV (ATUALIZADO)

O co-roteirsta e produtor Roberto Orci foi convidado em um programa de rádio do sul da Califórnia, no fim de semana. Ele não deu nenhum grande spoiler sobre o filme Star Trek XII, mas descartou o aparecimento de alguns personagens clássicos da série original. E também comentou em detalhes algumas das discussões que vêm acontecendo em relação a trazer Jornada de volta à TV. Um dos editores e colaboradores do  AICN, Hercules noticiou sobre um bate papo de Orci no programa Mr. Ask Kern. No programa de rádio ele disse que no próximo filme  existe uma “chance de 75%” do título conter as palavras “Star Trek”, o que abre a possibilidade de termos pela primeira vez um filme sem um subtítulo ou numeração ou mesmo a marca do nome “Jornada”. Orci também descartou a aparição de alguns personagens e raças clássicos na sequência …Janice Rand, Gary Mitchell (“Where No Man Has Gone Before”), Charlie X (“Charlie X”), Ruk o andróide (“What Are Little Girls Made Of”) e os temidos Borgs. Ele também disse que considera o uso do nome para o planeta como “Delta Vega” no filme Star Trek (um planeta que não era suposto estar em lugar perto de Vulcano) como a coisa mais chata que ele já nomeou. Ele disse que sabiam onde era suposto estar esse planeta, mas “nós fizemo-lo porque podíamos, me desculpe!” Em outra parte do comentário, o roteirista disse que uma série de Jornada poderia acontecer novamente, mas ele também expôs os problemas sobre sua produção, dizendo:...

Read More

Pine comenta sobre novo Kirk e reação dos fãs

Você pode ou não saber que o protagonista de “People Like Us”, Chris Pine, chegou a fazer um teste para o filme Avatar. Em novas entrevistas, Pine falou dessa experiência, de seu novo projeto, e também do trabalho em Star Trek e a reação dos fãs com a nova versão de Kirk. “Às vezes você pode deixar seu carro em Burbank, Los Angeles, e entrar em uma sala de conferências e estar suando, você está pensando sobre a lavagem de roupa que tem que fazer e de alguma forma perfeitamente, você pode fingir ser um homem de tanga em pé na frente de pessoas azuis dizendo frases como: “Vem me seguir, eu vou te salvar! ‘”, diz ele, rindo. “E às vezes você simplesmente não pode aceitar isso”, comentou Pine ao RedeYe sobre as filmagens de Avatar. “Eu entrei naquela sala absolutamente não acreditava em mim. Como ousava me colocar para esse pobre diretor de elenco através da experiência de me assistir”, disse brincando sobre sua atuação no teste. Quando o assunto foi Star Trek, Pine comentou sobre a reação dos fãs quanto sua atuação como Kirk. “Bem, vou dizer o meu comentário favorito que recebo dos fãs mais radicais, e eles fazem isso como um elogio que é, mas é muito engraçado quando isso sai dos seus lábios, [falando baixinho, a sério,] “você sabe, quando descobrimos que você ia fazer o capitão Kirk, ficamos muito irritados. Ficamos muito tristes. Nós estávamos muito nervosos. Mas você acabou sendo...

Read More

Entrevista com Ethan Phillips

Tão controverso quanto a série foi o personagem interpretado por Ethan Phillips. O engraçado e exótico Neelix fez parte do elenco principal de Voyager. Depois de 11 anos do último episódio, Phillips foi entrevistado pelo site Star Trek.com e falou a respeito de seu trabalho na série e os projetos atuais. A entrevista foi dividida em duas partes. Veja a seguir a parte um desse bate papo. Vamos falar sobre Neelix. Quando você começou, o que você estava esperando, em termos de evolução do personagem? Phillips: Ele parecia ser uma espécie de salafrário no piloto, um negociante de sucata e alguém que era um oportunista e conseguiu uma maneira de ir a bordo para que pudesse encontrar um lar. Eu acho que ele tinha ficado cansado de passar sua vida viajando pelo Quadrante Delta. Além disso, ele queria proteger Kes, sua amiga. Isso foi algo estabelecido no piloto, mas eu não tinha idéia para onde ele estava indo. Eu era aquele que passava de série em série. Eu não tinha expectativas. Para dizer a verdade, nas primeiras temporadas eu fiz algumas sugestões e dei algumas idéias, mas eles sabiam o que queriam fazer, e tinham suas agendas, e estava tudo bem para mim. Meu trabalho era mostrar-me e trazer à vida as palavras que escreveram, e foi isso que eu fiz. Mas fiquei muito satisfeito, no entanto, com a situação onde Neelix acabou. Que era um lugar maravilhoso para colocá-lo, porque ele era um cara...

Read More

Jonathan Frakes: Início de Riker não foi divertido

Em julho, na comemoração do 25º aniversário de A Nova Geração, será relançada a primeira temporada da série remasterizada, em alta definição. E o ator Jonathan Frakes, que interpretou o comandante William Riker,  relembra esse período dizendo que seu trabalho “não foi uma diversão verdadeira” no início. Mais detalhes a seguir. Foi a missão mais desafiadora que qualquer membro da tripulação jamais enfrentou, mas, de alguma forma, Jonathan Frakes estava alheio à situação da série. “Eu não entendia as apostas, eu realmente não entendia no que estávamos entrando”, disse Frakes ao Los Angels Times, refletindo sobre os primeiros dias de A Nova Geração, “Eu não sabia em que ponto o fenômeno cultural Jornada seria. Mas, acredite em mim, eu aprendi muito rápido.” Frakes, no papel do Comandante William T. Riker, estava lá quando a viagem começou com a transmissão de “Encounter at Farpoint”, o piloto de duas horas, em setembro de 1987 e, 15 anos depois, ele ainda estava lá quando seus créditos passaram em Star Trek: Nemesis, em 2002, quando marcou o fim da era A Nova Geração. A série registrou 178 episódios (que foram honrados com 18 Primetime Emmys e um Peabody Award), além de quatro longas-metragens. “Foi incrível fazer parte disso”, disse Frakes, cujo personagem deixou a Enterprise e aceitou um comando de sua própria nave perto do fim de Nemesis. “Riker evoluiu e mudou ao longo dos anos e foi um verdadeiro presente para mim”. Em abril, no CalgaryExpo, Frakes e seus antigos...

Read More

Velhos e novos fanfilmes retratam a série original

O produtor executivo do conhecido fanfilm Star Trek: Phase II, James Cawley, decidiu reformular seu elenco e trouxe um novo ator profissional para fazer James T. Kirk, que estreará no episódio “Bread and Savagery” em 2013. Outra produção de fãs que fará sua estreia é Star Trek Continues, que está tentando literalmente “continuar” a missão de cinco anos da USS Enterprise da série original. James Cawley sentou na cadeira de capitão do mais popular fanfilm, Star Trek: Phase II, desde em 2004. Cawley tem trabalhado tanto como produtor executivo quanto ator principal, que até agora lançou sete “novos” episódios emulando a série original. Mas esta semana tudo mudou com um ator novo que entra no papel do capitão James T. Kirk. Cawley disse ao TrekMovie que tomou a decisão porque ele quer que o elenco tenha agora atores treinados e experientes, incluindo o papel de Kirk que ele fez por oito anos. Enquanto Cawley tem uma carreira bem sucedida desempenhando um cover de Elvis, ele não é um ator profissional. Então, decidiu se concentrar em ser o produtor executivo e no início deste ano começou uma busca para encontrar um novo Kirk. O ator que ele escolheu foi Brian Gross, que não é apenas um grande fã de Jornada, mas também tem muitos créditos em tela. Gross tem aparecido em vários filmes, incluindo um papel secundário no filme de George Lucas, Red Tails. O ator d33 anos de idade também tem uma longa lista...

Read More

Orci: os prós e contras da linha alternativa

Mais comentários sobre a sequência de Star Trek tem surgido durante a promoção de People Like Us. Desta vez é escritor e produtor Roberto Orci quem falou a respeito da produção do roteiro e também sobre as vantagens e desvantagens da criação de uma nova linha de tempo em Jornada. Roberto Orci falou ao Latino Review sobre como a equipe desenvolveu a história para o filme logo no início … “Parte da dificuldade foi saber quando realmente pesquisá-la. Os estúdios às vezes querem que você tenha a história antes do primeiro filme sair. Para que isso fosse realmente tão relevante como queríamos que fosse, não tivemos pressa. Sentamos numa história que tínhamos há algum tempo e esperamos para ver se ela ainda pareceria relevante um ou dois anos mais tarde, depois de nós todos passarmos por um monte de coisas. E ela ainda era boa. A parte mais difícil foi ser paciente e fazer um teste de resistência de nossos instintos. Não apenas a escrita, mas o momentum do estúdio de estar feliz conosco e com a reação legal que tivemos. É muito fácil ficar confiante, eufórico e dizer, “Qualquer coisa que dissermos agora vai ser Star Trek”. Mas você tem de atenuar isso e ter seu próprio controle. Orci também falou sobre ser uma espada de dois gumes dar mais liberdade ao criar uma linha de tempo alternativa … “Desde que nos libertamos da linha do tempo original tivemos liberdade narrativa, o que é às vezes pior. A liberdade absoluta é às vezes mais assustadora do que você deve fazer.”...

Read More

Por onde anda….Lawrence Montaigne

Para quem não conhece o veterano ator Lawrence Montaigne, ele apareceu pela primeira vez em Jornada como o romulano Decius no clássico episódio “Balance of Terror”. Sua segunda participação foi em  “Amok Time”, como o vulcano Stonn. E, mais de 40 anos depois, Montaigne reprisou o papel de Stonn no fanfilme “Star Trek: Of Gods and Men”, dirigido por Tim Russ. Numa entrevista ao Star Trek.com Montaigne, aos 81 anos, fala de sua participação na franquia e seu trabalho atual como escritor de ficção. Além de Jornada, Montaigne trabalhou em séries e filmes memoráveis como Fugindo do Inferno, Missão: Impossível, O Agente da UNCLE, Batman, O Fugitivo, A Montanha Enfeiticada, entre outros. Ele também acaba de publicar seu livro de ficção,  The Guardian List: A Novel. Ele vive atualmente em Las Vegas. Voltemos para 1966. Como você conseguiu seu papel em “Balance of Terror”? Montaigne: Meu agente me ligou e disse: “Você tem uma entrevista para uma série chamada Jornada nas Estrelas”. Eu fui e fiz a entrevista e consegui o emprego. “Balance of Terror” foi o episódio romulano. Fiz Decius e Mark Lenard fez o comandante. Agora, eu fiz a leitura de teste para o comandante. Eu me senti muito confortável com ele. Então eu recebi um telefonema do meu agente que disse: “Eu tenho uma má notícia para você. Você não conseguiu o papel do Comandante”. Eu disse,” Tudo bem, OK”. Então ele continuou:”Mas, pelo lado bom, eles querem que...

Read More

Star Trek XII: Chris Pine fala de cenas em IMAX (ATUALIZADO)

O site Collider está aproveitando a semana de promoção da série People Like Us, e entrevistando a equipe que trabalha no projeto. Após entrevista com Alex Kurtzman, o site conversou com Chris Pine. No bate papo não poderia deixar de mencionar sobre a nova aventura de seu personagem James Kirk e cia. Pine falou sobre a pressão da responsabilidade do segundo filme e as cenas em IMAX. Como é o novo filme Star Trek? Pine: Oh, é bom! O que eu vou lhe dizer? Esses grandes filmes são coisas assustadoras. Há muito dinheiro por trás dessas coisas. Existe essa promoção. Você acaba dentro dessa máquina. Estou feliz que as pessoas por trás disso sejam muito boas, e do tipo acolhedoras. J.J. (Abrams) faz funcionar esse navio. J.J. é um cara maravilhoso. O que eles trazem para esse tipo de filme é uma pequena história centrada nos personagens, comparado com robôs ou alienígenas ou naves espaciais. Isso é uma coisa muito difícil de fazer, e muitas pessoas não prestam atenção a isso. É muito interessante que, em Os Vingadores, o personagem que as pessoas se relacionam é o Hulk, e acho que a razão pela qual elas se relacionam com o Hulk é porque ele é frágil, humano e falho. Você sente pressão para a sequência de Star Trek, porque é muito aguardada agora? Pine: De um modo geral, quanto mais dinheiro envolvido, mais pessoas estarão na expectativa e esperando que não...

Read More

Assine o canal do TB

Tuítes do Pingo