Selecione a Página

Mês: abril 2014

Patrick Stewart retorna à TV

Sr. Patrick Stewart assinou um contrato para o seu próximo projeto na TV. O capitão Picard de A Nova Geração vai estrelar e co-produzir “Blunt Talk”, uma comédia de meia hora para o canal Starz. A rede anunciou que a série criada por Seth MacFarlane e Jonathan Ames, terá duas temporadas de 10 episódios. Patrick interpreta Walter Blunt, um imigrante britânico que está determinado a conquistar o noticiário da TV americana. Blunt utiliza seu talk show para ensinar aos americanos como eles devem pensar, se comportar e viver, o que vai gerar muita confusão. Contando com uma equipe disfuncional e o apoio de seu criado alcoólatra, Blunt tenta ganhar a confiança dos chefes da rede e a audiência.  “Blunt Talk” tem previsão para estrear em 2015. Fonte: Star...

Ler Mais

Entrevista com Manny Coto

Manny Coto passou dois anos trabalhando para Jornada, escrevendo ou co-escrevendo as histórias em 14 episódios da série Star Trek: Enterprise. Chegou a ser co-produtor executivo durante a quarta e última temporada. O ano quatro foi considerado o melhor da série, na opinião dos fãs, e que merecia nova chance para uma quinta temporada, o que não aconteceu. Em entrevista ao Star Trek.com, Manny Coto contou mais detalhes sobre esta produção. Vamos entrar em questões específicas sobre Enterprise, mas vamos começar com algo amplo. Quais são as primeiras coisas que vem à mente quando pensa no seu tempo com a série? COTO: A primeira coisa que me lembro é quando eu entrei para o meu primeiro dia. Brannon (Braga) estava em seu escritório, em pé junto à janela, fumando um cigarro e olhando desesperado, como se tudo estivesse desmoronando. Eles estavam em um buraco, e eu realmente tinha a sensação de que Brannon estava no fim de sua paciência, por assim dizer. Por isso, foi uma sensação interessante de “Uau, desespero, isso para qualquer um vai funcionar bem ou vai ser um desastre”. Mas eu nunca vou esquecer Brannon em pé junto à janela, olhando para fora de olhos vidrados. É uma espécie de como estamos agora em 24 Horas. Acho que cada show runner chega a este ponto em algum lugar no meio de uma temporada, porque é um trabalho...

Ler Mais

NASA faz homenagem a William Shatner

O ator William Shatner foi homenageado, neste fim de semana, com a medalha Distinguished Public Service da NASA, o maior prêmio concedido pela agência para o pessoal não-governamental. A premiação ocorreu em Los Angeles, durante o Anual Hollywood Charity Horse Show, onde ele arrecada dinheiro para uma variedade de causas infantis. Na citação da medalha lê-se, “para a excelente generosidade e dedicação em inspirar novas gerações de exploradores de todo o mundo, e pelo apoio inabalável para a NASA e suas missões de descoberta”. Parabéns ao velho...

Ler Mais

Stewart é capa da Smithsonian Magazine

A Smithsonian Magazine quebrou uma tradição de nunca ter celebridades em sua capa. A celebridade que teve este privilégio foi outra senão Sir Patrick Stewart, que será destaque na edição de maio. Com o artigo principal “Questão Futuro”, Stewart aparece na capa, e inclui uma entrevista com o ator, que compartilha seus pensamentos a respeito de onde “a sociedade atual está indo”. Stewart também fará parte do “The Future Is Here Festival”, uma conferência Smithsonian de três dias, cujo tema é “a ciência encontra a ficção científica”. Fonte:...

Ler Mais

Pegg e Yelchin em novas comédias

Enquanto o próximo Star Trek não vem, os atores Simon  Pegg e Anton Yelchin partem para novas comédias. Pegg está em Hector and the Search for Happiness, que vai estrear em setembro nos EUA. O filme é baseado no romance best-seller de François LeLord e Pegg faz um psiquiatra desiludido à procura do segredo da felicidade. No elenco tem a participação de Christopher Plummer. Já Anton Yelchin se apresentará em The Driftless Area, uma comédia de humor negro, adaptado ao romance de Tom Drury. Yelchin interpreta um barman que retorna à sua cidade natal, e se vê envolvido num romance e num confronto com o mafioso local. No elenco a bela Zooey Deschanel, da série New Girl. As filmagens começam em maio. Fonte:...

Ler Mais

Benedict Cumberbatch na lista da Time

Do detetive Sherlock Holmes, ao vilão Khan  Noonien Singh de Além da Escuridão- Star Trek e na voz do dragão de O Hobbit: A Desolação de Smaug, Benedict Cumberbatch já é um dos atores mais prestigiados da cultura pop. Ele foi incluído, pela revista Time, como uma das “100 pessoas mais influentes”. Veja mais detalhes a seguir. Segundo a revista People With Money, aos 37 anos, o ator britânico é considerado um dos mais bem pagos no mundo, faturando surpreendentes 96 milhões de dólares entre março de 2013 e março de 2014. O ator tem um patrimônio líquido estimado em 275 milhões de dólares. Ele deve a sua fortuna a investimentos em ações, propriedades imobiliárias, acordos lucrativos de patrocínio com os cosméticos CoverGirl. Cumberbatch também é proprietário de vários restaurantes em Londres, um time de futebol; lançou sua própria marca de vodca, e está entrando no mercado jovem com um perfume líder em vendas e uma marca de roupas. Agora ele entrou na lista da revista Time como uma das 100 figuras mais influentes, junto com as celebridades Hillary Clinton, Edward Snowden, Beyoncé, Miley Cyrus, Steve McQueen, John Kerry, Barack Obama, Robert Redford , Papa Francisco. A estrela britânica Colin Firth, que ganhou um Oscar por “O Discurso do Rei”, escreveu um artigo na Time sobre Cumberbatch, explicando por que ele merece estar entre entre “as 100 pessoas mais influentes”. Ele conta que Cumberbatch...

Ler Mais

William Shatner dá sua receita para tanta energia

Aos oitenta e três anos de idade, William Shatner se move em um ritmo que esgotaria a maioria das pessoas de metade de sua idade. No ano passado, ele estrelou o seu Shatner’s World na Broadway e está fazendo uma turnê agora. O eterno capitão James T. Kirk explicou ao Star Trek.com porque continua trabalhando sem parar. Parte do truque é não se sentir velho. “Eu sinto … que é um lance entre adolescência e a maturidade dos meus trinta e poucos anos”, disse Shatner. “Isso significa que eu não estou lidando com a realidade de algum modo. Estou delirando”. A verdade é que o ator gosta de seu trabalho e não consegue suportar ficar ocioso. “Bem, toda vez que eu relaxo, brigo comigo mesmo”, disse ele. “E não é compulsão. É que está lá e eu estou pronto para fazê-lo. Eu tenho a força vital de fazê-lo, então eu faço isso”. Os projetos atuais de Shatner incluem a turnê de Shatner’s World; “Wacky Doodle”, o documentário sobre A Nova Geração; sua anual Hollywood Charity Horse Show em 26 de abril, além de vários projetos de televisão, um livro, Hire Yourself, e um álbum musical, Ponder the Mystery. Shatner falou a respeito do 50º aniversário da série original e tudo o que se tornou hoje, “É surreal. Tem uma aura de irrealidade nisso. É um fenômeno. Nunca houve nada como isso antes. Se...

Ler Mais

Roberto Orci quer dirigir Star Trek 3

Parceiros na escrita de longa data, Alex Kurtzman e Roberto Orci estão se separando na parte dos filmes. A dupla já trabalhou em alguns dos maiores longas de Hollywood, incluindo O Espetacular Homem-Aranha, dois Transformers, Missão Impossível III e os dois Star Trek, além de algumas produções independentes. Agora, só Orci continua para o próximo filme de Jornada e rumores dão conta de que ele quer ser o diretor. Kurtzman e Orci permanecerão juntos na parte de seriados para TV, mas estão se separando amigavelmente, segundo fontes, quanto aos projetos na telona. A divisão irá permitir-lhes seguirem carreiras como diretores. Os dois ainda têm mais de uma dúzia de projetos em desenvolvimento. Orci está atualmente focado em Star Trek 3. Ele é um dos roteiristas junto com Patrick McKay e John D. Payne, e, segundo o Variety, Orci estaria fazendo lobby pesado para dirigir esta produção. Ainda de acordo com o site, o produtor J.J. Abrams, a Bad Robot e a Skydance de David Ellison, parecem favoráveis a ter Orci na cadeira de diretor, mas pessoas familiarizadas com a situação dizem que a Paramount está sendo cautelosa. Enquanto isso, Kurtzman foi escolhido para dirigir Venom, o spinoff da Sony no universo do Homem-Aranha. Fonte:...

Ler Mais

These Are The Voyages, a história da Série Clássica

“These Are The Voyages” é um livro de referência não autorizado, publicado pela editora Jacobs Brown Press e que oferece um extenso guia de episódios para as três temporadas da Série Clássica. Escrito por Marc Cushman e Susan Osborn, a coleção mostra a série original sob um ponto de vista puramente de produção. Veja mais detalhes. No início, o projeto não havia sido nem licenciado, nem endossado pela franquia, apesar de Rod Roddenberry, filho de Gene, ter apresentado uma a carta de aprovação de seu pai. ​​Rod disse que os autores tiveram permissão, em 1980, de Gene Roddenberry e Robert H. Justman para escreverem a história da primeira série de Jornada. Gene chegou a lançar seu próprio compêndio “The Making of Star Trek” em 1968. Cushman procurou por várias editoras, mas não conseguiu interesse para publicação. Nem mesmo a CBS, que alegou não ter tempo para ler três livros de seiscentas páginas, não endossou. Mas uma editora independente aceitou publicar, embora com limitações de promoção e imagens de capa, devido aos direitos autorais. Segundo os autores, uma grande parte da pesquisa vem da coleção pessoal de Gene Roddenberry, de notas de produção, memorandos, cartas, orçamentos e roteiros, muitos dos quais estão armazenados na Universidade da Califórnia e que não foram usados no “The Making of Star Trek”. Os três livros foram escritos ao longo de seis anos, sendo a mais detalhada coleção de livros sobre a...

Ler Mais

Visite a Voyager através do Oculus Rift

O Oculus Rift, sistema de realidade virtual, tem vários usos criativos como controlar aviões teleguiados, terapia imersiva para os doentes, e agora foi estendido para o mundo de Jornada como uma forma do fã poder visitar a ponte e o interior da nave USS Voyager, mostrada na mesma série. Veja mais alguns detalhes. A realidade virtual de headset Oculus Rift já permite que os usuários se insiram em terras distantes, como a Toscana, Westeros de Game of Thrones, o apartamento de Jerry Seinfeld . Agora os proprietários do Oculus podem transferir-se para a nave da série Voyager também. O novo demo, criado por um desenvolvedor independente, Thomas Kadlec, foi mostrado neste sábado e apresenta uma recriação incrivelmente detalhada da ponte da Voyager, com monitores de computador iluminados com botões e janelas que oferecem uma vista para as estrelas. A demonstração foi feita usando o Unreal Engine 4, um novo motor gráfico que permite que os mundos mais complexos sejam construídos para o Rift.   “Eu sou um grande fã do Oculus Rift, de Jornada e do Unreal Engine 4”, disse Kadlec. “Então, eu percebi que posso misturar todos!”. O demo da ponte da Voyager permite que um espectador “ande por aí numa recriação bastante precisa da ponte … olhando para o espaço para você se deslumbrar com as estrelas distantes”, disse seu criador. Você pode assistir esse demo através do site da Oculus VR, empresa responsável...

Ler Mais

Assine o canal do TB

Tuítes do Pingo

  • Pelo amor de São Gene, regula direito essa merda de teleporte aí, Scotty! https://t.co/BRvatrpLyO
  • Our fellow writer Luiz Castanheira from @trekbrasilis pays his homage to Voyager during our annual retreat.twitter.com/i/web/status/9…0D
  • Putz, voar com essa tralha é mais difícil do que eu imaginava. https://t.co/vgkOwCq4Ce
  • Me falaram que esse vinho do Picard é de uva do tipo cabriolet saveiro, um troço assim. https://t.co/iZi2acwR8G
  • Vai, deixem de frescura e me arrumem uma tigela. https://t.co/QJCXkFAqUE
  • Meio primitivo de viajar assim mas beleza, sem dobra ou esporo é o jeito. https://t.co/83lGyNtIw7