• Trekker

    Faltam 7 meses magros.

  • Everton

    “Acho que os primeiros filmes eram muito centrados em Spock e Kirk” Errado – Spock era o principal, Spock prime coadjuvante, Kirk apenas um tripulante e Dr. McCoy apenas um red shirt, só não morreu por que o uniforme era azul… Minha expectativa neste filme é que voltem ao triunvirato original, ou seja, Kirk no centro com a emoção e razão representados por McCoy e Spock respectivamente ao lado para tomar as decisões acertadas como nos tempos da tripulação clássica. Em certos momentos, nos filmes anteriores, as vezes acho Uhura com mais destaque do que o próprio Capitão/Pine.

  • Sandra

    Nunca foi segredo que Spock era o favorito de JJ e dos roteiristas de ST e STID, com Nimoy avalisando os filmes e Shatner sendo esnobado, a estrela era Zach Quinto. Para CPine e seu Kirk sobravam todos os defeitos de personalidade. Para Bones sobrava quase um cameo. Eu duvido que JJ teria feito diferente mesmo depois da morte do Sr. Nimoy, JJ nunca soube lidar com Kirk e Shatner.
    Quem estava prestando atenção no comportamento de Zach Quinto durante as filmagens e no comentário dele no instagram nos últimos dias de filmagem em Dubai, deve ter notado que não foi fácil para o ego dele as mudanças com os novos roteiristas.

  • Edson Santos

    Pra mim não disseram nada…..

  • ralphpinheiro

    Vdd. Acredito que o roteiro atual, a partir da queda da Enterprise, vai ser pulverizado em histórias paralelas e não mais em Kirk/Spock somente. Muito parecido, na forma, com Star Trek IV.

  • J.Gilberto

    “50% do filme ser bom ou ruim nos 50 anos de franquia”.

  • AJVERDE
  • Kell

    Bla Bla Bla Bla.

  • Trekker

    Fantástico. Esse cara é de outro planeta.

  • FSPOK

    Aguardem Imax com pré estreias em 08 ou 15.07.16!!!! Kkkkkk, quem viveu 2013 e viver 2016, verá…..!!!;)

  • Sandra

    Off Topic,

    Eu finalmente assisti SW. Definitivamente é um bom filme, cenas de ação com efeitos espetaculares como era de se esperar.

    Mas eu não saí do cinema feliz como aconteceu com muita gente, talvez porque no final das contas era tipo uma estória reciclada, e eu não me apaixonei por todos os novos personagens. Apenas Rei (Daisy Ridley) conseguiu me conquistar.

    E, o pior foi ver os antigos personagens de uma forma que me deixou triste, nem tanto pelo destino de Han Solo, mas por saber que depois de tudo ele era um personagem que nem o filho conseguiu se orgulhar. Devemos mais isso ao JJAbrams? Tudo para criar um Darth Vader emo sem o menor carisma? Meh!!!

  • Maurício Monteiro

    Nossa… tirando achar um bom filme, a sensação é a mesma. Um sentimento de mesmice, de reciclagem…