shat diretorStar Trek V: A Fronteira Final é reconhecido como um dos menos bem sucedidos da franquia. William Shatner estreou como diretor deste filme, que leva a tripulação da Enterprise a um encontro com o irmão de Spock em sua busca de Deus. Vinte e sete anos após seu lançamento, Shatner ainda acredita que as limitações de orçamento o impediram de fazer um trabalho melhor.

“Eu tive a chance de dirigir um filme de vários milhões de dólares, Star Trek V, e não obtive a ajuda que precisava na alocação de meu orçamento, então, quando veio para filmar no final – que necessitava de um bom vilão e muita computação gráfica – Tinha acabado o dinheiro”, justificou Shatner ao EW.

A confissão de Shatner faz parte de um novo reality show norte-americano pela NBC chamado Better Late Than Never (Antes Tarde do que Nunca), que estreia dia 23 de agosto, onde Shatner terá novamente a oportunidade de se desculpar por um projeto duvidoso em seu currículo.

“Me desculpe por isso. [ Risos. ] Eu tive que usar imagens que eu já tinha filmado – e despejei muito. Eu queria dar ao público monstros de granito emergindo da terra e expelindo rochas e fogo. Em vez disso, eu tive algumas pequenas pedras na minha mão que eu joguei para a câmera.

Na estreia de Better Late Than Never teremos, além de William Shatner, Henry Winkler, George Foreman, e Terry Bradshaw. Winkler também vai aproveitar a oportunidade para se desculpar por seu mal-recebido Monty.