• Sandro

    Espero que tenhamos alguma imagem oficial da série até o final deste mês.

  • Edson Santos

    O Elenco toma corpo, a história porém é uma incógnita…

  • ralphpinheiro

    Sonequa se juntou ao elenco recentemente por causa de TWD, o que me leva a crer que ela não estava nas filmagens anteriores. Discovery começou a filmar em 24 de janeiro. Jason Isaacs, um pouco antes de aparecer na foto “oficial”, enviou mensagem no twitter falando de sua viagem recente a Toronto. Então, se os atores não fizerem cenas adicionais, podemos presumir que não apareçam, ou apareçam pouco, nos primeiros episódios.
    É mais ou menos o que eu imagino da história. A USS Shenzhou deve ser o pivô do evento mencionado e os primeiros episódios sejam em torno da capitã interpretada por Michelle Yeoh e os Klingons de Chris Obi e cia, com os personagens da Discovery sendo pouco a pouco introduzidos a trama.

  • Trekker

    Então… pra quando é mesmo a série?

  • ralphpinheiro

    Setembro, se Cosme e Damião permitirem.

  • Sandro

    Você pode estar certo, Ralph.
    Mas entendi que pelas declarações que ela estava filmando as suas cenas finais em TWD antes de ser convidada para Discovery.
    Imagino que as gravações da temporada de TWD se encerrararm há um bom tempo, talvez ainda em 2016.

  • Sandro

    Poderiam ter sido mais felizes na escolha do nome da personagem.

  • Sandra

    Eu acho que ela já estava filmando em Toronto e o nome dela só foi oficializado agora por questões contratuais.

    Eu estou muito curiosa e ansiosa por essa série, tenho estado longe do TB porque estou usando meu tempo livre para assistir as series no Netflix, estou assistindo Voyager e estou tendo dificuldades para me conectar emocionalmente com os personagens, além de Janeway. Fico me perguntando como essa série teve 7 temporadas e Enterprise apenas 4.

  • 787

    Sandra, faço a mesma pergunta. Gosto demais da enterprise apesar que alguns atropelos enquanto que Voyager um ou outro episódio me empolgou

  • ralphpinheiro

    Vc e a Sandra podem estar certos. As filmagens de TWD terminaram em novembro e nesta época, Sonequa disse que não havia sido convidada, mas mencionou que o intervalo de tempo foi curto, provavelmente do final do ano até o começo das gravações de Discovery houve a negociação e contratualmente ela não poderia aparecer em outra série até encerrar sua participação na TV.
    Mas ainda mantenho minha teoria de que a Shenzhou deve ser o pivô de tudo e a Discovery deve aparecer mais a frente, assim como os personagens principais.

  • David Gaertner Curitiba

    Sandra, está é uma seria candidata à pergunta de um milhão de dólares! Já revi Enterprise mais de uma vez, mas Voyager tá difícil! Tem episódios que não dá, só pulando.

  • GILSON P. DE FARIAS

    Acho que agora, vai pipocar trailers!

  • Assim que eu terminar de rever DS9 pretendo ver Voyager. Seu depoimento preocupa mas confesso que até confirma minhas impressões quando vi o pouco que vi da série. Creio que somente vi a primeira temporada, nem lembro bem. O personagem que mais gostava era o doutor. Mas eu sempre acreditei, até pelas sete temporadas, que a série melhorou no decorrer do show.

  • ralphpinheiro

    A série melhorou quando veio a Sete de Nove, mas foi sofrível até o fim. Infelizmente, a 1ª e 2ª temporadas de ENT foram horríveis e o arco Xindi mudou a premissa da série, influenciado pelo ataque as Torres gêmeas. Quando tentaram retomar o curso, já era tarde.
    Pelo menos, com Discovery, vão acabar com o gênero episódico e fazê-la serializada, tornando os episódios sempre ligados a trama e deixando de haver stand alone.

  • Sandra

    Com certeza ENT teve problemas, mas não com os personagens da série, pelo menos para mim logo nos primeiros episódios eu já gostava de todos. Com Voyager está difícil, esta é a única série que eu não tinha assistido nada ainda.

  • Saldan

    Tirando a TOS e, vá lá, a TNG, ENT tem um dos melhores conjuntos de personagens da franquia.

  • ralphpinheiro

    Não há como negar que VOY foi pra lá de fraca. Maioria dos personagens sem carisma. Se fosse nos tempos de hoje não passaria da 1ª temporada. Mas o que deu uma incrementada na série foi sem dúvida a Jeri Ryan. Entrou para ser a cara sexy da série mas a interpretação da atriz surpreendeu a tal ponto que (apesar das negativas) houve rumores de uma rivalidade nos bastidores com Mulgrew. Seu envolvimento com Bannon Braga na época deu mais corda aos tititis.

  • ralphpinheiro

    Na minha opinião, DS9, a partir da 4ª temporada, também teve seu conjunto de personagens bem distribuídos.

  • Rafael RafaData

    Jeri Ryan teve um caso com Bannon Braga?

  • Sandra

    A primeira vez que eu tentei assistir DS9 em uma das reprises anos atrás eu não consegui, até comentei aqui sobre minha dificuldade com a série. Então resolvi tentar novamente na Netflix, e de repente dessa vez me apaixonei completamente, parece que dessa vez o lado místico da série me pegou completamente

    Os personagens de Sisko a Nog são apaixonantes, os atores são muito bons fazendo aquilo.

    E, os personagens de ENT são muito próximos da gente, humanos e vulneráveis. Os atores são incríveis.

  • ralphpinheiro

    Sim. Numa entrevista em 2014 ela comenta sobre isso e o ambiente meio que desagradável que ficou no início, como a atriz que namora o chefe. Daí vieram rumores de que Mulgrew estava descontente com a presença maior em cena da Sete.

  • Saldan

    Estou revendo DS9 na Netflix – pelo menos os principais episódios das 7 temporadas – mas não adianta, tem personagens ali, como Odo e Kira, que não me descem. Aquele romance deles, totalmente ilógico e insosso, é dose. Também não gosto de ferengis e acho o Sisko o capitão mais fraco e canastra da franquia, portanto não sobra muita coisa kkk. Mas gosto dos Cardassianos Dukat e principalmente Garak. Colocando tudo na balança, a personagem que gosto mais é a Jadzia, e ainda por cima a matam no fim da 6ª temporada.

  • ralphpinheiro

    Quanto a Jadzia, aí a produção não teve culpa se a negociação contratual com Terry Farrel não teve final feliz, embora Michael Piller tenha dado graças a Deus, já que queria por um fim a Jadzia bem antes.

  • FSPOK

    Sim melhorou …vale a pena ver…

  • FSPOK

    Exato!!

  • FSPOK

    Eu gostei muito de ENTERPRISE e não concordo q as duas primeiras temps foram ruins não…mostravam bem o início da exploração do espaço profundo… 🙂
    Talvez não tenha tido audiência alta mas a qualidade era ótima.

  • Trekker

    Ó céus….

  • Trekker

    Gostei muito também. Os personagens são bons e as histórias, idem. apesar do paralelo com 11-09.

  • FSPOK

    tb estou revendo DS9 e cansa um pouco mas quero rever para chegar na guerra contra o Dominium de novo….

  • FSPOK

    sim !! que coisa maluca esse nome e da capitã da USS Shenzou tb…Georgiou…..será que querem reviver a mania dos telaritas de não ter nomes femininos no comando de naves?…..kkkkkkkkkk

  • FSPOK

    e esses nomes ? por que nome de homem para a number one e para a capitã da USS Shenzou?

  • FSPOK

    e vc gostou do nome dessa number one de DSC?? e da capitã da USS Shenzou??

  • Sandra

    Adoro Odo e Kira Nerys… e me apaixonei pelo Benjamin 🙂 O senso de humor de Jadzia é uma das melhores coisas da série e o romance dela com Worf é quente, eu acho emocionante ver a evolução de Nog para conseguir ser o primeiro ferengi da federação. Sem contar Julian Bashir, Garak, Quark e Rom.

    Eu fiquei com medo de me decepcionar totalmente com a última temporada depois da morte de Jadzia, mas tem vários episódios emocionantes, inclusive o último. IMO.

  • Sandra

    De qualquer maneira eu pretendo assistir até fim, e vou prestar bastante atenção nas cenas delas. 🙂

  • Sandra

    Se tiver um bom motivo para ela chamar Michael, pode ser interessante para o personagem, provavelmente tem uma boa história por trás desse nome.

  • FSPOK

    esse nome e o outro da capt Georgious….. estranho demais….kkkkkk

    Tem uma lenda que os Telaritas , não aceitavam mulheres em postos de comando de naves….e como a Terra dependia da ajuda deles para manter a Federação e recursos para as guerras….a diplomacia federada procurava não colocar mulheres em naves importantes como as da classe Constitution , que nunca tiveram uma capitã….

    Pode ser que usem essa lenda para justificar um pseudonimo masculino para a number one e a capitã…..e depois revelem os nomes verdadeiros…hehehehe

  • Rafael RafaData

    Valeu, Ralph. Algo mais que fico sabendo graças ao Trekbrasilis. De todas as séries, na minha opinião, Voyager é a mais problemática e sem carisma. Muitos personagens inexpressivos, embora Janeway, Doutor, Sete e Tuvok se salvem.

  • Sandra

    O problema de DS9 é que se vc não se liga em todos os personagens, vai ter que pular um monte de episódios, porque a principal característica da série era não estar focada no capitão o tempo todo. Até agora eu não entendi como o ator que fez o Miles conseguiu tantos episódios focados nele. 🙂

  • 787

    Considero ENT um divisor de águas. Lembro que a primeira vez que tentei assistir a um episódio eu não gostei…talvez porque tenha trazido toda uma sistemática diferente da série clássica.
    Anos depois comecei a assisti-la e até hoje não consigo entender os motivos de não ter gostado daquele primeiro contato…acho que eu era mais xiita!!!!!

  • 787

    DS9 não desce até hoje…tento tento mas quando percebo o dia já raiou e lembro que devo ter dormido lá pelos 5 min do episódio, rssssss

  • Sandra

    A verdade é que ação mesmo só acontece quando Sisko vai lutar contra o Domínio na Defiant.

    É preciso paciência mas é possível encontrar episódios bem interessantes e divertidos. Por ex. eu acho os episódios da família do Quark hilários, principalmente com a mãe dele uma feminista ferengi.

  • E vai seguir assim até a sétima…

  • Tem gente que odeia todo o arco Ferengi. Eu acho bom, principalmente o contraste com Odo.

  • Eu também não acho válido o romance de Odo e Kira, mas isto teve um certo propósito no desenvolvimento do personagem e depois na link com o “link”.

  • ENT tinha que ter uma pegada totalmente diferente. A primeira temporada deveria ter focado a Terra e a dificuldade política dela lançar uma nave dobra 5. A nave deveria apresentar muitos problemas para restringir a distância dela e centralizarem mais no sistema solar e as colônias. Da segunda para a terceira ela avançaria mais em espaço próximo, desenvolvendo as tecnologias e armas e ciências e focando na política com as principais raças que comporiam uma futura Federação. Lá pela quarta consolidado a nave, entraria em espaço profundo, em exploração de ampliação, tudo isso costurando os principais eventos de TOS. Infelizmente no primeiro episódio, já lançam a nave, ela vai até Q’onos, no 5o. episódio já tinha resolvido o problema de armas. No 10o. ninguém mais se preocupava com o teletransporte que no primeiro episódio causava medo. Klingons então, demonstrado com naves superiores a qualquer coisa já vista, mas a Enterprise sempre conseguia inverossível superioridade… Até holodeck e borgs conseguiram enfiar na série.

    Enfim… Tentaram fazer uma TNG/Voyager com roupagem antiga e a má vontade em vincular a série com TOS até o quarto ano, além da teimosia dos produtores em não dar ouvidos aos fãs.

  • ralphpinheiro

    Pelo que li, parece que houve pressão do estúdio para os produtores mudarem essa premissa inicial de foco na Terra e exploração posterior. Aí veio a tal famigerada guerra temporal.

  • Saldan

    Não considero as 2 temporadas iniciais de ENT “ótimas”, elas não são muito diferentes das primeiras temporadas da TNG, DS9 e VOY, que foram mais fracas. O problema é que na época do seu lançamento, ENT foi divulgada como uma série Trek diferente de tudo que fora feito antes, e o que se viu de início foi basicamente mais do mesmo – o que foi fatal no momento em que a franquia já dava sinais de esgotamento e saturação.

  • Victor Agmc

    Uai, Brannon Braga foi “assimilado” por ela? Não sabia! Mas faz sentido… afinal, resistir é inútil. ( ͡~ ͜ʖ ͡°)