Temos mais algumas novidades a respeito dos bastidores da produção de Star Trek: Discovery. O site Entertainment Weekly apresenta outra parte da entrevista dos produtores da série. Aqui alguns novos comentários, sobre as influências e o formato que você verá na TV. Temos também um artigo sobre as filmagens no Pinewood Studios, mencionando o quartel da Frota, além do acidente com o ator Doug Jones durante as gravações.

 

Acidente de gravação com Doug Jones.

O ator Doug Jones, que interpreta o oficial da Frota Sauru, enviou mensagem via twitter lamentando sua ausência no FanBoyExpo devido a um pequeno acidente durante as gravações de Discovery. Jones explicou que “por causa de uma seqüência de ação muito emocionante eu fiz uma pequena coisa no meu ombro”, então ele teve que ficar em Toronto para que fosse observado.

 

Influência das antigas séries em Discovery

O site Entertainment Weekly continua a trazer partes da entrevista com os showrunners Aaron Harberts e Gretchen J. Berg. Agora, especificamente, eles falam sobre as influências para a nova série.

Falando de influências Berg disse:

“Há sugestão de todos eles, mas na sala dos roteiristas as pessoas são muito apaixonadas pela série original e A Nova Geração, e elas discutem sobre o aspecto familiar dos membros do elenco.”

Harberts acrescenta:

“Eu acho que o filme de Nicholas Myers é uma referência, e não apenas porque ele está na equipe com a gente. Sua narrativa é complexa e intelectual e ainda há muito espaço para o trabalho de voz e trabalho do personagem, ele fez um trabalho incrível com a franquia“.

 

 

Filmando em “Cinematic” 2:1  e influência de Abrams.

Ao longo das últimas produções de Jornada na TV, vimos a franquia aparecer no formato de televisão tradicional, e após a chegada de Enterprise passamos a ver o formato widescreen (16:9), e em cinematic widescreen nos filmes, mas foi dito pela produção que Discovery terá outro novo visual de tela.

Harberts explica sobre a decisão de assumir o novo índice 2:1, bem como a forma como as aventuras anteriores da franquia  influenciaram nos visuais de Discovery:

Em termos de dimensão e escala, há algo sobre Star Trek: The Motion Picture que realmente fala a nós também. A CBS nos permitiu encontrar uma linguagem cinematográfica que é de âmbito mais amplo – a nossa proporção é de 2: 1 – e isso só se presta a uma forma muito lírica de contar a história. E apenas visualmente falando, há também uma pequena dica em termos do que JJ Abrams fez, um pouco, em termos de algumas das imagens.”

O formato 16:9  widescreen é comum nas TVs atuais, mas os filmes (como os de JJ Abrams) tendem a ter aspectos mais amplos como 1.85: 1 ou 2.35: 1.  O formato 2:1 chegou como um meio termo, para ter um sentimento mais “cinematográfico”.

Recentemente foi usada pela Netflix e Amazon Video essa proporção em produções como House of Cards, Stranger Things e Transparent. As antigas séries de Jornada estão no formato padrão 4:3.

As barras negras vistas no trailer de Discovery apresentam a relação de aspecto mais amplo da cena, dando um tom mais imersivo.

 

Filmagens no Pinewood Studios.

Um artigo do Toronto Star sobre o crescente setor de produção de filmes e televisão incluiu algumas discussões sobre Star Trek: Discovery, que é filmado localmente no Pinewood Studios. O artigo observou que Discovery está sendo filmada no maior palco de som disponível em Pinewood, anteriormente utilizado para os filmes Pacific Rim, Suicide Squad, Total Recall. O artigo deu uma informação nova sobre as gravações:

… os trabalhadores da produção estão cuidadosamente moldando as palavras “STARFLEET COMMAND” em letras gigantes de concreto. Atrás deles está um conjunto de tons cinza militar e imponente que representa a sede da Federação.

A sede da Frota Estelar em San Francisco foi vista em muitas séries e filmes de Jornada, tanto na linha original quanto na Kelvin.

As séries passadas de Jornada dos anos 90 usaram a Usina de Recuperação de Água de Tillman em Van Nuys.

A Nova Geração

Atacada em Deep Space Nine

A mesma Frota Estelar vista de Voyager

O começo em Enterprise

Além da Escuridão Star Trek

 

Na série Discovery, Terry Serpico interpreta o almirante Anderson. Provavelmente veremos seu personagem por lá e num cenário em tela verde.

Fonte: TrekMovie e TrekCore