• Victor Agmc

    Poxa que treta… o diretor/produtor/showrunner tinha uma visão toda sua para essa série que em parte foi aceita.

    Gostei das propostas originais. Penso que funcionaria bem. Todavia, entendo os motivos pelos quais a CBS preferiu produzir um espetáculo serializado, afinal, é o que se faz hoje em dia nas maiorias das séries de sucesso, tipo Orphan Black, Game Of Thrones.

    Algo que seja apenas espódico não parece viciar tanto o público hoje em dia. Assim, eu gostaria muito que os uniformes fossem apenas uma releitura dos originais, assim, como o visual das raças alienígenas (leia-se klingons).

    Todavia, acho que faltou malemolência do produtor Bryan Fuller, mas se o problema maior era o cronograma por conflitos de agendas, com ou sem ele, a série acabou não estreando em janeiro/2017 mas em setembro/2017.

    Bom o que está feito, está feito. A CBS adotou alguns conceitos e ideias do Bryan Fuller e fez a série do jeito. Espero que o resultado seja positivo.

  • Sandro

    Me parece que o projeto concebido pelo Fuller, apesar de bem interessante, seria muito caro.
    Os gastos de uma primeira temporada ( na verdade de um primeiro episódio) de uma série de Jornada já são bem altos com a produção de cenários, figurinos, efeitos, escalação de elenco, etc. Esses gastos são diluídos ao longo dos episódios, mas são altos.
    Uma antologia necessitaria desses mesmos gastos a cada temporada.
    Acho que seria inviável.

  • Saldan

    Pena, aqui mesmo já se discutiu sobre como seria interessante uma série que a cada temporada abordasse diferentes naves, personagens, acontecimentos, etc. Sim, seria uma produção mais cara mas também não haveria a necessidade de se lançar uma temporada por ano. Mas a CBS optou por um formato mais padrão, paciência. O jeito é esperar pra ver.

  • Edson Santos

    A ideia pode ser boa mas sua execução seria complexa e o público alvo poderia não ser atingido e agradado.

  • Trekker

    Não ia rolar mesmo…..

  • Quark Ferengi

    Pena. Gostaria muito de uma antologia de ST, com temas/naves/época diferentes a cada temporada. 🙁

  • Uma série em cada época com naves e tripulações diferentes = caro.

    Uma série sobre uma nave que salta no tempo resolvendo conflitos temporais e locais talvez colasse. Onde cada missão seria meia ou uma temporada inteira. O arco maior poderia ser (apesar de não gostar do nome e do que foi criado) guerra fria temporal.

    Daria para visitar todas as séries, criar missões originais, eventualmente revisitar tramas conhecidas e ainda mostrar o futuro da federação pós-nemesis.

  • Edson Santos

    Hollander, isso se parece muito com a premissa de Doctor Who.

  • Não. Está mais para uma “Viagem no Tunel do Tempo” no universo de ST.

    Estou falando da nave em missão temporal, ampliando o que Daniels (Enterprise) mostrou.

    Uma nave inteira viaja (por exemplo) para a época da guerra Terra-Romulana porque outras raças que possuem viagem temporal alteraram algum evento que desviou o futuro. A questão não é resolvida em um único episódio, mas em 10 ou mais. Ainda, tramas paralelas podem acontecer entre a tripulação que viaja, para manipular a linha temporal a seu favor. digamos que um tenente resolve matar uma pessoa do passado porque esta pessoa assassina um parente do tenente no futuro. Missões ocorrem em espaço e grupo avançado nos diversos planetas federados ou não.

    Mas, o mais importante aqui não é a “viagem temporal em si”, mas a possibilidade de contar as histórias que nunca foram vistas em Jornada.

    Dá para passar por diversos eventos. Guerra com os Klingons, DS9 ocupada por Cardassianos ou pós-Sisko, Eventos de TNG, Borgs que não foram destruídos em First Contact (Terra assimilada), Enterprise NX sabotada no lançamento, Voyager que nunca retornou do Delta (ou nunca foi para lá), Eventos pós-Voyager, Universo do Espelho e até, evitar que a Narada entre no buraco negro e desconstruir o universo Kelvin (♥‿♥).

    Só na brincadeira acima, já tem pauta para 4 temporadas ou mais.

  • Saldan

    Premissa interessante, mas lembro que um dos aspectos mais criticados de ENT foi exatamente a Guerra Fria Temporal. Não sei se uma série com premissa similar teria uma boa repercussão.

  • Edson Santos

    Nós gostamos disso porque existiriam várias possibilidades com liberdade imaginativa. Porém é preciso estar bem conectado com o universo de ST, algo que o público atual não está por culpa da propria CBS/Paramount pelos buracos no tempo de produção de filmes e series de TV. Além disso alguns poderiam achar muito “cerebral” mesmo que os ingredientes da trama fossem confeitados com ação, violencia e um toque de erotismo que tem sido o atrativo dessa sociedade pré-ST. Quando me referi a semelhança com Doctor Who é que ele também acompanha ou participa diretamente em eventos históricos ao longo de suas aventuras no tempo usando seu poder argumentador para resolver conflitos. Curiosamente, os atuais Doutores fazem muitas referências a ST em diálogos e situações….

  • Fato. Mas é um ‘temporal’ amenizado. Períodos só mudam a cada temporada. De fato, é o que mais se assemelha a diversas mini-séries dentro de uma série, mas com personagens fixos.

    Poderia alavancar o buzz com a comunidade indicando os períodos que gostaria de ver nas próximas temporadas.