• awatenor

    Eu desencanei completamente com Jornada no cinema…se vier veio, se não, não.

  • Fabiano Correia

    Foi o único ator que gostei dos filmes malucos do abrams

  • Edson Santos

    ST na Telona é sempre muito bom. O problema é que atualmente eles sabem explorar esse filão.

  • Trekker

    Gostei também de Pine. Quinto foi uma decepção.

  • Trekker

    JJ só fez caquinha.

  • Fabiano Correia

    Pine e um bom líder mas não vejo como um Jim Kirk

  • Trekker

    Faltou um tantinho assim pra ele chegar lá.

  • Karl Urban pode estar aguardando, eu não. Abraços.

  • Quase a distância entre Terra e Q’onos.

  • Apesar de separados, noticias sobre ST4 somente virá lá para outubro/novembro, após estrear e consolidar Discovery.

  • Saldan

    Star Trek 4 subiu no telhado.

  • ralphpinheiro

    Já chega de Kelvin. Mas o estúdio ainda vê Star Trek rentável no cinema. E o rumor da série Khan? Nunca se sabe, né?

  • ralphpinheiro

    Embora sejam projetos diferentes, considero que a performance de Discovery vai ser determinante para o futuro da franquia. Ou vai surfar na mídia ou vai ser tragada pela audiência.

  • Saldan

    Star Trek: Khan? Não gostaria. Primeiro porque limitar o Nick Meyer a Khan é um desperdício. Segundo, uma série “Jornada nas Estrelas” fixa em um planeta (Ceti Alpha V) seria estranho. E terceiro, o protagonista/herói seria um vilão, do qual já sabemos o destino. Não sei se funcionaria.

  • DS9/BSG

    Pra mim seria obvio, deixa essa trilogia e inicia novos filmes com novos personagens no futuro. A Paramount tem que se arriscar mais, vamos ficar pra sempre presos ao redor do Kirk e cia?

  • ralphpinheiro

    É um rumor apenas mas seria algo como uma minisérie contando a história de Khan talvez e não em Ceti Alfa. Achei meio estranho esse rumor.

  • ralphpinheiro

    Eu até aceitaria orbitar Kirk e Spock para dar a largada, mas depois teria de ir muito além disso.

  • Começaram com a onda de spin offs de SW?

  • Saldan

    Pelo jeito…

  • Saldan

    A performance de Discovery, devido às características primárias de sua distribuição (streaming) é uma incógnita. Nos EUA estará atrelada a um serviço novo, com um número incomparavelmente menor de assinantes do que concorrentes como Netflix, Hulu, Amazon, etc. A CBS está tentando usar Discovery para aumentar a base de assinantes do All Access, e se não conseguir o futuro da série estará ameaçado. Já na maior parte do mundo ela será assistida pela Netflix, e creio que será nesses mercados internacionais que ela terá mais chance de ser bem sucedida. Mas em qualquer caso ela teria de sair do nicho de fãs de Star Trek e atrair um público maior, como a Paramount tentou (e de certo modo conseguiu) com os filmes da Kelvin Timeline.

  • Quando estrear o quarto filme da Kelvin Timeline, estarei no começo da fila da pré-estréia em IMAX 3D.

  • Jotape Ferreira

    Também tô achando que um novo filme com o atual elenco não deve sair…

  • Correndo o risco de ser saudosista do cannon original, eu enxergo que o foco dos dois últimos filmes ficaram em vilões humanos! Nos filmes da franquia original dos anos 60, tirando o filme 2 (Khan) a tripulação tinha “desafios extraterrenos”, e mesmo no “de volta pra casa” o vilão é a sonda alienígena…. Nos filmes da TNG Idem! A “Kelvin Timeline” está muito “humanizada”… Dava pra explorar alguma coisa das guerras “Romulanas” ou “Klingons”… Dava até pra voltar no tempo (uma prerrogativa da franquia de ST) e fazer e desfazer kagadas… nada como um estratagema Romulano para a gente arrancar os cabelos…