Star Trek Discovery renovada para 2ª temporada

A CBS tornou oficial hoje que a série Star Trek: Discovery foi renovada para uma segunda temporada. Em uma declaração a imprensa, a CBS justificou que Discovery, em seus seis episódios atuais, impulsionou o crescimento dos assinantes da plataforma de streaming da CBS, além da aclamação da crítica e do enorme interesse dos fãs em todo o mundo.

Veja o anúncio da CBS na íntegra:

NOVA YORK – 23 de outubro de 2017 – A CBS All Accesso serviço de streaming por assinatura digital e serviço de transmissão ao vivo da CBS Television Network, anunciou hoje a renovação da segunda temporada de sua série original STAR TREK: DISCOVERY.

” Em apenas seis episódios, STAR TREK: DISCOVERY impulsionou o crescimento de assinantes, a aclamação da crítica e o grande interesse dos fãs globais pela primeira versão premium desta grande franquia “, disse Marc DeBevoise, presidente e diretor de operações da CBS Interactive. “Esta série tem uma incrível equipe criativa e elenco que demonstraram sua capacidade de continuar o  legado de ‘Star Trek’ . Estamos extremamente orgulhosos do que eles conseguiram e estamos entusiasmados por levarmos os fãs a uma segunda temporada desta tremenda série”.

O lançamento do STAR TREK: DISCOVERY no  CBS All Access  quebrou um novo registro para inscrições de assinantes em um único dia, semana e mês para o serviço.

Os primeiros seis episódios do STAR TREK: DISCOVERY estão atualmente disponíveis no  CBS All Access. Todos os novos episódios estarão disponíveis sob demanda semanalmente, depois das 8:30 da tarde, nos domingos exclusivamente para  assinantes do CBS All Access nos EUA. Como anunciado anteriormente, STAR TREK: DISCOVERY será exibida em duas partes. O episódio final do capítulo um estreará no domingo, 12 de novembro, e o segundo capítulo, com os seis episódios restantes, retornará em janeiro de 2018.

STAR TREK: DISCOVERY segue as viagens da Frota Estelar em suas missões para descobrir novos mundos e novas formas de vida, e um oficial da Frota Estelar que deve aprender que realmente compreende todas as coisas estranhas, e primeiramente deve entender a si mesmo. A série apresentará uma nova nave e novos personagens, ao mesmo tempo em que adota a mesma ideologia e a esperança para o futuro que inspirou uma geração de sonhadores e criadores.

O elenco de DISCOVERY inclui Sonequa Martin-Green, Doug Jones, Jason Isaacs, Anthony Rapp, Michelle Yeoh, Shazad Latif, Mary Wiseman, Mary Chieffo, James Frain e muito mais.

STAR TREK: DISCOVERY é produzido pela CBS Television Studios em associação com Secret Hideout, Living Dead Guy Productions e Roddenberry Entertainment. Alex Kurtzman, Bryan Fuller, Heather Kadin, Gretchen J. Berg e Aaron Harberts, Akiva Goldsman, Rod Roddenberry e Trevor Roth servem como produtores executivos.

A CBS também anunciou a novidade com uma nova promoção de vídeo no Twitter.

E Netflix, que transmite Discovery fora dos EUA e Canadá, também compartilhou as notícias via Twitter.

À princípio, a segunda temporada só irá ao ar em 2019.

Parabéns! The show must go on!

40 Comments on "Star Trek Discovery renovada para 2ª temporada"

  1. Leandro Henrique Pereira Neto | 23 de outubro de 2017 at 3:49 pm |

    Ver uma série de Star Trek se tão bem recebida e como consequência ser renovada tão facilmente é muito bom.

    Se os produtores e a CBS conseguirem manter o nível atual de DIS temos material para várias temporadas e para novas séries, até mesmo uma New TOS (aí é que o fandon iria a loucura … kkkkk).

    Principalmente se manter o acordo com a Netflix pois é uma garantia de sucesso financeiro e público fora dos EUA.

    Vida longa e próspera para Star Trek.

  2. Mauricio Silva de Moura | 23 de outubro de 2017 at 4:13 pm |

    Ótimo que continue. Torcer para os deuses do lucro terem lucros por décadas ininterruptas. Só assim teremos mais series de star trek, discovery ou outras. E essa é a realidade fria.

  3. Deveria ser uma regra de aquisição ferengui! Regra de aquisição nº 1701: “Star Trek dá lucro! Nunca cancele uma série. Invista na série e você tantas barras de ouro latinum que você poderá comprar um sistema solar inteiro!”

  4. Jotape Ferreira | 23 de outubro de 2017 at 4:43 pm |

    Aproveitem a segunda temporada para dar uma recauchutada na maquiagem dos Klingons!

  5. Pô, seria loucura caso não renovassem Discovery para uma nova temporada, o seriado tem qualidade, ação e conteúdo sem deixar de lado a essência Star Trek. Boa notícia, espero que seja para o final de 2018 com midseason 2019 e se seguirem o mesmo padrão de qualidade creio que chegarão até o momento em que Kirk assumirá o comando da Enterprise, em outras palavras, umas dez temporadas (pelo menos é a minha torcida) ou até mesmo um novo seriado Star Trek derivado com o passar do tempo…….

  6. Ótima notícia! Para mim, só falta que The Orville (muito boa, lembra um pouco TOS) também seja renovada! 😉

  7. Era meio óbvio devido ao fato da Netflix ter praticamente pago a primeira temporada. Mas é bom ver que já estão anunciando uma segunda temporada antes da primeira terminar. Mostra que estão confiantes no produto

  8. muito boa a notícia e até aqui extremamente merecida esta continuidade,más com toda esta agitação em torno de discovery,alguém teve tempo de assistir a primeira parte do episódio final de star trek continues?

  9. Mauricio Silva de Moura | 23 de outubro de 2017 at 11:38 pm |

    Eu vi. Ótimo!

  10. Fabiano Correia | 24 de outubro de 2017 at 12:42 am |

    Pelo visto star trek retornou

  11. Fabiano Correia | 24 de outubro de 2017 at 12:44 am |

    Seria viável um Reebot da TOS??

  12. A cada novo episódio me parecia uma renovação certa. A única dúvida era o retorno da audiência, porque em termos de produção o êxito é mais que evidente. Agora podemos pensar em novas séries derivadas. Não é exagero. E eu até topo uma releitura da TOS. Talvez uma missão de sete anos com os episódios.clássicos espalhados aqui e ali, recriados com novos elementos e a nova narrativa. Seria o melhor de dois mundos…

  13. Excepcional e até tocante notícia. O que entendemos e respeitamos e acreditamos como Star Trek retornou ao seu habitat natural e com público, com renda, e não só isso, com sucesso além do esperado e comparável às principais produções da atualidade. Eu sinceramente não acreditava mais que uma produção com o que chamamos de espírito de Star Trek seria viável diante da atual audiência. Subestimei o público. Abraços 🖖

  14. Eu creio e desconfio que este é o objetivo para a próxima série.

  15. Leandro Henrique Pereira Neto | 24 de outubro de 2017 at 10:44 am |

    A ideia é boa, eu também topo uma NTOS, mas seria muita confusão com o fandon.

    Outra alternativa é explorar o hiato de 100 anos entre TOS e TNG.

  16. GENTE! MUDARAM A FOTO no IMDB – EIS O SUPOSTO ATOR “”JAVID IQBAL””

    Seria esse Javid Iqbal, o “ator” responsável por dar vida ao personagem Voq?

    Ou será que a produção da série ainda está tentando manter o segredo em razão das fortes suspeitas que rondam a origem do personagem Ash Tyler, e interpretado pelo ator Shazad Latif?

    Muitos acreditam que Ash Tyler é, na verdade, Voq que de alguma forma foi fisicamente modificado.

    http://www.imdb.com/name/nm8856297/

  17. Pera… o JAVID IQBAL é um ator real e ele existe, MAS ELE NÃO É O RESPONSÁVEL por interpretar o Voq. É o que está escrito no IMDB:

    “Did You Know?
    Trivia: He is not the Canadian actor that played the role of “Voq” in the CBS Star Trek: Discovery (2017) TV series.”

    Já o ator que vive o Voq na série continua com o seu perfil no IMDB sem maiores detalhes:

    http://www.imdb.com/name/nm9333617/

  18. Fabiano Correia | 24 de outubro de 2017 at 12:47 pm |

    Eu particularmente acho melhor já irmos pro século XXV
    ficar no século XXIII e como ficar preso ao passado

  19. Leandro Henrique Pereira Neto | 24 de outubro de 2017 at 12:57 pm |

    Até concordo mas não sinto está vibe nos produtores de jornada. E imagino os motivos, para pula mais 100 anos seria necessário criar todo um novo universo de tecnologias e raças, criar novos desafios e ambientes, sem nenhuma referência que o público tenha familiaridade. Fazer algo familiar mas ao mesmo tempo muito diferente.
    Se pensamos bem TNG foi uma proposta muito ousada, levou pelo menos 3 temporadas para pegar.
    Na TV atual as séries não tem mas este tempo todo.

  20. Esse período ente TOS e TNG é longo e com muita evolução tecnológica e também ética da humanidade. Seriam muitas histórias à contar.
    Seria uma ótima alternativa essa.

  21. A notícia é excelente! Mas aguentar de março até sei lá quando de 2019 vai ser duro!

  22. Um Reboot da TOS na TV?

    Antes não consideraria isso uma possibilidade.

    Mas agora, com Leonard Nimoy, James Doohan e DeForrest Kelley no “andar de cima”, acho praticamente inevitável.

    Seria como a cine série do 007, com diferentes atores interpretando o mesmo personagem ao longo de variados arcos narrativos.

    Talvez o único empecilho, Fabiano, sejam as cláusulas contratuais entre CBS e Paramount – que aparentemente são guardadas a sete chaves.

  23. Pessoal, a live do trekbrasilis de ontem foi bloqueada pelo YouTube por conta do uso de material protegido por direitos autorais. E agora como faço para assisti-la? Fui dormir cedo ontem. 🙁

  24. Eu assisti antes do bloqueio, que por ora continua. Creio que o pessoal do TB vai resolver isso, só aguardando.

  25. Devem ter exibido alguma cena do episódio seis na live. O YouTube tem regras muito rígidas. Até a exibição de cenas de trailers de filmes por outros Youtubers tem dado um certo problema a eles nesse sentido.

  26. Passou sim. Mas não foi a primeira vez.

  27. Constâncio Henrique | 25 de outubro de 2017 at 7:55 am |

    O lugar de star Trek é na tv 😁 espero que a segunda temporada não atrase tanto quanto a primeira pra ser lançada

  28. Pra mim Discovery não foi colocada nessa época da franquia a toa, é o começo de um reboot da franquia e não somente da TOS… partindo da serie Enterprise, Jornada começa uma fase nova, como uma serie moderna do século 21 com mais possibilidade de conquistar novos fãs.

  29. Mariana Gamberger | 25 de outubro de 2017 at 8:50 am |

    Victor, aqui está passando normal. Dá uma olhada.

  30. Obrigado, acabei de ver que já liberaram. Agora vou ter esperar a noite para ver 🙂

  31. Fabiano Correia | 25 de outubro de 2017 at 10:58 am |

    Meio arriscado por causa da linha do tempo kelvin
    Mas fazer o que
    Parece que os atuais produtores compartilham e visão simplista do JJ que star trek só se resume a Kirk Spock é McCoy

  32. Fabiano Correia | 25 de outubro de 2017 at 11:39 am |

    Esse continues e muito bom e uma excelente homenagem a Serie clássica

  33. Fabiano Correia | 25 de outubro de 2017 at 11:39 am |

    Algo que os atores andam reclamando muito

  34. Gente, depois do After Trek, estranhei o fato da personagem Airiam (interpretada por Sara Mitich) ser descrito pela produção como um humano modificado ou aumentado, um ciborgue.

    Esse personagem foi originalmente descrito pelo site oficial do Star Trek como um “robô”. Depois mudaram a descrição oficial da Airiam para “extraterrestre aumentado”.

    No entanto, no After Trek do último domingo a Airiam agora estava sendo descrito como um “humano aumentado”, mudança surpreendente.

    No entanto, nenhuma explicação foi dada para a mudança de descrições ou para a origem da personagem e motivos das modificações do seu corpo.

    Eu preferiria que ela continuasse um extraterrestre. Mas fiquei curioso. E vocês?

    A personagem mal teve falas e só foi apresentada visualmente, que histórias ela tem para contar?

  35. Se mantiverem a qualidade e a criatividade ÓTIMO!

  36. Ela vai ser doravante conhecida como Megaman.

  37. Ricardo Pinheiro | 25 de outubro de 2017 at 9:57 pm |

    Sabem o que isto significa? Que o Dobra 9 terá uma segunda temporada! E tome trabalho… Mas eu gosto!

  38. Eu lembrei foi The Ghost in Shell hehehe

  39. Espero que seja logo nomeado como um universo diferente das series antigas e não como parte do mesmo universo, pois é impossível engolir os inúmero furos da cronologia que a serie anda cometendo

  40. Discovery é praticamente um Reboot já que cronologicamente tem algumas coisas que não batem com a cronologia , a aparência dos Klingons esta duplamente errada, não houve motim ate a época da serie original, teletransporte porto a ponto não existia nessa época, naves auxiliares não tinham dobra espacial, etc…

Leave a comment

Your email address will not be published.


*