Estes últimos dias foram de muitas novidades a respeito da franquia Star Trek. Além do trailer de Discovery mostrado na convenção Comic Con San Diego, tivemos mais informações na Star Trek Las Vegas, com o anúncio do retorno de Sir Patrick Stewart ligado a uma nova série. No fim de semana houve também um grande evento com executivos da rede em Beverly Hills para a Television Critics Association, e o CEO da CBS TV Studios, David Stapf, falou sobre o que a CBS planeja para Star Trek.

O site Deadine entrevistou David Stapf, Marc DeBevoise da CBS Interactive e Julie McNamara vice presidente executiva da CBS All Access, a respeito de Star Trek e a CBS All Access. e eles se mostraram bem animados.

A maior novidade da entrevista vem de David Stapf, que falou sobre o alcance de suas ambições quando questionado sobre o tamanho de uma franquia como Star Trek que eles estão procurando construir:

Meu objetivo é que haja algo de Star Trek o tempo todo no All Access. Sabemos que atrai uma audiência e a Discovery fez muito bem.

Mais tarde na entrevista, Julie McNamara falou sobre que tipo de séries eles esperam criar:

Estamos vendo séries limitadas para alguns programas Trek e estamos olhando para séries em andamento. Nós obviamente anunciamos o que vem a seguir com Sir Patrick Stewart, mas temos mais em desenvolvimento lá.

Spinoffs de Discovery em consideração

Quando perguntado se eles estão querendo emplacar uma série com Michelle Yeoh, McNamara disse que estão procurando por spinoffs de Discovery, mas nada específico para a atriz que interpretou Georgiou como regular e espelho:

Nós realmente falamos sobre praticamente todos os personagens que apareceram em Discovery como potenciais spinoffs. E obviamente isso é muito motivado pelas nossas conversas com o Secret Hideout de Alex Kurtzman e os outros criadores envolvidos. Eu não diria a essa altura que estamos buscando ativamente uma série de Michelle Yeoh, mas isso já foi discutido.

No entanto, ela parecia mais aberta à ideia de uma série construída em torno de Harry Mudd de Rainn Wilson:

Ele definitivamente se encaixa nessa categoria e pode ser interessante construir algo em torno desse personagem. Mas, vou dizer, não progrediu além disso.

A série de Picard

David Stapf também discutiu por que eles decidiram fazer uma série que traz de volta Patrick Stewart:

Chegou a nós, assim como todas as coisas Trek agora, através de Alex Kurtzman, a idéia de “não seria legal fazer algo orientado para A Nova Geração, e / ou ter Patrick Stewart e / ou qualquer um daqueles icônicos da série?”. Como o próprio Patrick disse, ele era da opinião de que “eu encerrei esse personagem”, mas ele conseguiu uma reunião com Alex e alguns dos outros caras e eles o conquistaram. O acordo não demorou muito, uma vez que ele decidiu fazê-lo.

Stapf disse especificamente que não havia nenhuma outra série Trek que eles estivessem projetando agora, mas quando perguntado sobre William Shatner ele respondeu com uma risada, acrescentando: “Eu diria, nunca diga nunca”.

Novos parceiros para a série de Picard?

Nenhum parceiro internacional foi anunciado ainda para a série com Patrick Stewart. O Deadline tentou obter detalhes sobre os planos para futuras séries, mas os executivos não deram mais informações, com Stapf dizendo: “É complicado”. Ele indicou que eles teriam a obrigação de trabalhar com a Netflix em qualquer programa que fosse considerado um spin-off de Discovery.

No entanto, em relação a série com Patrick Stewart Star Trek, ele observou que “essa é uma nova série. O que eu acho importante distinguir ”, então é possível que eles possam encontrar outros parceiros para esse programa além da Netflix. Uma opção óbvia seria o próprio CBS All Access, que agora se expandiu para o Canadá e a Austrália, com mais países planejados. Com relação ao All Access nesses mercados, Stapf disse: “Estamos analisando tudo isso e temos a capacidade de fazer isso”.

Acesso total a até 2,5 milhões de inscritos

Também durante sua apresentação no TCA foi anunciado (via Broadcast e Cable ) que o CBS All Access agora tem 2,5 milhões de assinantes com uma idade média de 43. As metas declaradas agora são 4 milhões de assinantes em 2019 e 8 milhões em 2022.

Eles também anunciaram que a reinicialização da Twilight Zone chegará no primeiro trimestre de 2019, após a estréia da segunda temporada de Star Trek: Discovery .

A CBS All Access também lançou um trailer de sua próxima série, Tell Me A Story , que chega em 31 de outubro.

Fonte> TrekMovie