Durante a convenção Trekonderoga, na semana passada, o ator Karl Urban, externou, dentre outros assuntos, sua opinião sobre a próxima incursão de Quentin Tarantino no universo Trek.

Muitos fãs estão preocupados que o cineasta leve Star Trek para um nível muito diferente do que estamos acostumados a ver na franquia.

A principal questão dos fãs com o envolvimento do diretor é sua propensão à violência, que se opõe diretamente aos pontos de vista que Gene Roddenberry introduziu em sua criação. Urban também mencionou isso:

“Você não deve se preocupar se o filme será cheio de obscenidade e essas coisas. Ele quer um filme para maiores para conseguir abordar as consequências. [Ser para maiores] permite amplitude e dá margem para fazer isso. Para mim, essa é uma das coisas que eu sempre amei sobre o que DeForest Kelley [antigo intérprete de McCoy] fez. Ele realmente capturaria o horror do espaço. Aquele olhar em seus olhos de puro terror sempre me impressionou quando eu era criança.

Karl Urban deu à platéia no Trekonderoga um briefing sobre o projeto Tarantino Trek, revelando que ele sabe algo sobre a história:

Quentin Tarantino foi para o escritório do [produtor] JJ [Abrams] e deu a ele uma ideia para um filme de Jornada. Eu sei um pouco sobre o que é isso e é uma loucura. Então, eles estão escrevendo também. Atualmente, ele está fazendo um filme com Brad Pitt e Leonardo DiCaprio [ Era uma vez em Hollywood ]. Então, estamos longe de terminar isso. Seria muito legal fazer um filme com ele. Isso seria um sonho tornado realidade, ele é definitivamente um auteur (artista que controla todos os aspectos de um trabalho criativo). Se você gosta de seus filmes ou não, digo que ele é um bom cineasta. E ele faz coisas interessantes. Então, para mim, é quando você obtém os melhores resultados.

Confirma elenco Kelvin em Tarantino Trek

Respondendo a uma pergunta sobre o que ele acha que Tarantino traria para Star Trek, Urban confirmou que o elenco de Kelvin estaria envolvido no filme:

Eu fiquei pessoalmente feliz por ele não ser apenas um fã de Star Trek, mas também interessado em trabalhar com o elenco. Não é apenas uma história nova, mas ele é um daqueles cineastas que tem uma visão única e específica. E utiliza totalmente a câmera para contar a história. Eu acho que ele faria um ótimo filme de Star Trek, eu realmente acho.

Embora Urban expresse confiança de que o filme Star Trek 4 irá avançar, ele também disse:

Eu acho que Tarantino seria capaz de fazer algo único. Então, dedos cruzados para isso acontecer. Está nas mãos da Paramount. Se não conseguirmos fazer [Star Trek 4] no próximo ano com Chris Hemsworth, então tudo bem, vamos fazer um filme de Quentin Tarantino. Você terá que esperar mais, mas valerá a pena.

Karl Urban diz estar pronto para uma interpretação única (e talvez diferente) de Star Trek de Tarantino, mas ele ainda acredita nas origens principais da franquia. Quando perguntado sobre suas impressões do estado de coisas nos Estados Unidos, como visto por alguém da Nova Zelândia, o ator disse que o país se sentia como os “Estados Desunidos”, levando-o a falar sobre como ele acha que todos seriam melhores. se eles tivessem os ideais de Star Trek:

Essa é uma das coisas que eu realmente respeitava e apreciava sobre a visão de Gene Roddenberry, era essa visão esperançosa do futuro e o fato de que você tinha esse vagão para as estrelas que tinham uma equipe multicultural e estava trabalhando junta para enfrentar seu inimigo comum ou quaisquer que sejam os problemas. Isso para mim foi uma visão da humanidade que superou seus instintos mais básicos, superou a guerra e a ganância e a exploração comercial desenfreada do meio ambiente. Ele havia superado isso e estava unido no espírito de exploração. Isso é o que sempre me atraiu sobre Star Trek. Isso e foi uma série dirigida por personagens e você sintoniza a cada semana para ver como esse grupo de indivíduos ecléticos teve que superar suas diferenças pessoais para ter sucesso.

Fonte: TrekMovie