Um resumo do painel Star Trek: Picard na SDCC

No painel de San Diego, além da apresentação do trailer, tivemos a presença de Patrick Stewart e do elenco principal: Santiago Cabrera, Michelle Hurd, Evan Evagora, Alison Pill, Harry Treadaway, Isa Briones. Também estiveram presentes os veteranos de A Nova Geração e Voyager Brend Spiner, Jeri Ryan, Jonathan Del Arco, que terão participação especial na série e os produtores Michael Chabon, Alex Kurtzman, Akiva Goldsman e Heather Kadin. Todos contaram mais detalhes e momentos pessoais sobre esta produção.

Uma série Star Trek diferente

Para o produtor executivo Akiva Goldsman, a intenção é não fazer uma sequência exata de A Nova Geração, na verdade, para ele, é um pouco híbrida. Segundo os produtores, você vai ver uma narrativa mais lenta, mais suave, mais lírica. Mas isso não significa fugir da premissa de Gene Roddenberry, que é ter a esperança para um futuro melhor.

A série manterá o formato serializado de contar história, como ocorre com Discovery e assim os personagens podem evoluir de uma forma que a torna única, na opinião de Goldsman.

Kurtzman comentou que Picard ainda está defendendo os ideais em que acreditamos. “A idade não mudou sua determinação, apenas mudou as circunstâncias de sua vida”, disse o produtor. “Ele ainda está lutando por todas as coisas que ele teria lutado em A Nova Geração, mas as circunstâncias de sua vida mudaram, ele não tem os mesmos recursos”.

Um tempo mais sombrio que A Nova Geração

Patrick Stewart contrastou o Picard de A Nova Geração com o Picard da série em produção dizendo que a história se tornou mais complicada, mais sombria, retratando os tempos atuais. “O mundo mudou e está mudando de forma terrível agora. E essa é uma das coisas que essa nova série aborda”, disse Stewart. “Eu não quero ver como uma série política, mas sempre teve esse elemento da sociedade contemporânea sendo comentado e é isso que estamos fazendo”.

Considerando que a série se passa anos após o filme Star Trek Nemesis, Stewart não vê isso como uma sequência de A Nova Geração. Ele acredita que isso seja parte do crescimento de toda a franquia, definida 18-20 anos no futuro, com o envelhecimento dos personagens coincidindo com o envelhecimento dos antigos atores, trazendo para a nova série todo esse processo e os incidentes e eventos e calamidades dos últimos 18-20 anos.

O retorno do elenco veterano de A Nova Geração e Voyager

A maior surpresa no trailer foi a aparição de dois veteranos: um da série A Nova Geração – Brent Spiner (Data) e outro de Voyager -Jeri Ryan (Sete de Nove), além de um ator que não era do elenco regular de A Nova Geração, mas teve participação importante na série, Jonathan Del Arco (Hugh).

Brend Spiner chegou a brincar sobre sua participação surpresa na série Picard dizendo que Stewart ficou emocionado com a possibilidade dele entrar na história. Mas, na verdade, Spiner considerou irrecusável o convite de contracenar novamente ao lado de Stewart. Ele disse que pesou também a gratidão dos fãs por seu trabalho.

Jeri Ryan nunca imaginou que aconteceria de participar da série. Ela chegou a conversar sobre essa possibilidade com Johnny Del Arco.”Eu disse que poderia ser divertido, mas não achava que algo iria acontecer. É bem surreal”.

Jonathan Del Arco compartilhou do mesmo ceticismo de Ryan e, quando veio o convite, precisou de alguma persuasão dela para se preparar para sua maquiagem Borg,  porque ele é claustrofóbico. Del Arco disse ainda que não pode falar sobre seu design de maquiagem, mas que o maquiador James McKinnon (indicado ao Emmy para Discovery) está sendo o responsável por isso.

Del Arco ficou admirado com a rapidez com que se formou uma boa química entre o elenco no set de filmagens, “Estou espantado e grato pela velocidade como que isso se tornou uma equipe, uma unidade coesa trabalhando em conjunto. Eu pensei que levaria toda a primeira temporada e ainda temos cerca de três episódios para terminar e já estamos cimentados. Isso me deixa feliz e orgulhoso”.

Definindo o novo elenco

Além dos veteranos, tivemos o depoimento dos novos membros do elenco, dando uma definição sobre os seus personagens.

Alison Pill (Dr. Agnes Jurati):

Eu sou uma pesquisadora… Eu interpreto alguém que está profundamente confusa sobre o seu lugar no mundo que tem sonhado com algo que está sempre para acontecer e tem estado marcando passo por muito tempo esperando por isso. Eu acho que a coisa realmente interessante sobre esse elenco como um todo é que todos estão feridos em termos de seu caráter, de maneiras muito interessantes e diferentes do que vimos. São apenas pessoas tristes solitárias.

Michelle Hurd (Raffi Musiker):

Raffi é um personagem delicioso para dar vida. Ela tem um relacionamento não mencionado com parte do passado de Picard. Ela também luta com alguns demônios. Eu acho que é uma das coisas que é muito animada e deliciosa sobre trabalhar neste projeto, é estar em camadas. Há muito para saltar.

Santiago Cabrera (Cristobal ‘Chris’ Rios):

Eu interpreto Chris Rios, que é ex-Frota e também alguém com alguns demônios interiores. Algo em seu passado criou uma casca dura em torno desse homem. Por isso, ele está bastante relutante em ajudar Picard quando o conhece.

Isa Briones (Dahj):

[Dahj] é uma jovem que entra em um capítulo muito novo e excitante de sua vida. Ela é uma jovem que viveu sua vida como qualquer jovem normal, mas uma tragédia horrível atinge sua vida. E é isso que a envia em uma jornada para encontrar Picard procurando por respostas e procurando ajuda.

Evan Evagora na Elnor:

(via EW): Eu interpreto um jovem romulano de cabelos compridos que é ferozmente leal a Jean-Luc e especialista em combate corpo-a-corpo.

Harry Treadaway em Narek:

(via EW): Eu também interpreto um romulano, que tem coisas a ver com as pessoas nesta sala.

Uma equipe heterogênea de renegados

No painel San Diego Comic-Con, Patick Stewart revelou que a nova tripulação não é como a da Enterprise, assim como também não é da Frota Estelar. De certo modo, é heterogênea e de renegados, agindo de forma independente, com Chris Rios sendo o capitão.

Santiago Cabrera (Cristobal “Chris” Rios) corroborou com a opinião de Stewart dizendo serem um “bando de desajustados”, carregando muitos demônios, cada um à sua maneira. Santiago disse que seu personagem é um piloto ex-Frota Estelar e que algo aconteceu no seu passado que o fez não querer ajudar Picard, à princípio.

Picard volta ao espaço, mas não pela Frota Estelar

Sir Patrick Stewart deu mais algumas dicas sobre o caminho que seu personagem fará até aqui. Ele revelou que Picard tentou fazer sua vida na vinícola, mas sua casa, na verdade, sempre foi o espaço. Para Stewart, embora o velho almirante vivesse num lugar bonito, com um bom trabalho e com duas belas pessoas romulanas, a aposentadoria não é o que Picard estava procurando. Que isso foi um ato impulsivo dele, que o colocou nessa situação e se arrependeu, vivendo com essa culpa por muitos anos. E é aí que a série começa.

Stewart também disse que ele insistiu com a produção para vestir novamente o uniforme da Frota. E resolveram que seria em um flashback. Mas isso só foi possível poque se encaixou num certo contexto da história, caso contrário viraria um fanservice desnecessário.

O sacrifício de Data e a repercussão para Picard

Uma das grandes surpresas no trailer foi a aparição de Brent Spiner, já que foi visto pela última vez se sacrificando no final de Star Trek Nemesis. Patrick Stewart comentou que Jean-Luc carrega muita culpa sobre como Data morreu e se sacrificou pelo capitão. Foi uma decisão repentina e urgente, mas isso pesou muito em Picard, desde então. E isso se torna um dos motivadores centrais do que Jean-Luc faz nessa nova série.

Brent Spiner tenta esclarecer suas duas aparições no trailer, mas não deixa de colocar mais mistério sobre o personagem (via  TVLine e IGN):

Na gaveta [como visto no trailer] eu acho que é o B-4… Data está de fato na série… Ele não está em todos os episódios. Ele faz algumas aparições. Mas ele está na série de outras maneiras.

Eu diria não [à continuação da evolução de Data]. Eu não acho que ele evolua nesta série… Data morreu. Ele está na série, mas eu não quero te dar a ideia de que ele está em todo episódio ou em muitos episódios. Mas ele está na série. O que você acha que pode ser o que acontece, não é o que acontece.

Hugh como uma liderança Borg livre

Outro que causou surpresa na SDCC foi o ator Jonathan Del Arco, que interpretou Hugh, o primeiro Borg que Picard libertou do coletivo.  Del Arco confirmou que a história de Hugh começa de onde parou, no episódio “Descent, Parte 2”, em A Nova Geração. Ele terminou liderando um grupo de drones Borg livres, depois da destruição do androide Lore. Agora, seu personagem está de volta e a influência Borg ao que parece será parte importante da trama. Del Arco dá algumas dicas de como veremos Hugh agora, na sua versão mais humana:

(via TVLine): Eu posso confirmar que ainda sou parte Borg e que eu sou uma versão humana desenvolvida desde a última vez que eu vi Picard, na qual nós estávamos presos em um planeta e Lore foi morto… enquanto eles estão deixando o planeta e eu digo “o que vamos fazer agora, não temos líder ”e Picard diz:“ Eu não acho que isso seja verdade”. A implicação é que em A Nova Geração eu acabo com essa colônia Borg e tudo o que posso dizer é que ele se desenvolveu ainda mais suas capacidades de liderança.

(via IGN): Ele ainda é um Borg – parte Borg – e sempre será. Eu acho que se você quiser descrever um indivíduo como alguém que é de pensamento livre, então sim, mas ele ainda tem uma mente estranhamente coletiva. Ele se importa tanto com aqueles ao seu redor que se tornou uma grande parte de sua vida. Então, acho que ele evoluiu como ser humano.

Mais personagens de antigas séries retornando?

Foi confirmado na SDCC que Jonathan Frakes (Riker) e Marina Sirtis (Troi) terão participação na série, além disso outros poderão dar as caras, mas isso não quer dizer que teremos uma nova reunião de ex-membros de Jornada. “Houve horas de discussão sobre quem trazer de volta de A Nova Geração e por quanto tempo e qual envolvimento eles deveriam ter”,  disse Stewart. “Eu sei que nossa adorável base de fãs gostaria de ver a tripulação da Enterprise de volta, mas isso nunca vai acontecer. Mas há encontros, alguns dos quais foram filmados, alguns dos quais estão apenas no estágio de planejamento. Com sorte, teremos mais de uma temporada e haverá outras oportunidades. Além do elenco principal de A Nova Geração, havia outros personagens que encontramos em outros momentos que também podem aparecer novamente”.

Que personagem você acha que deveria retornar?

Fique ligado para mais novidades aqui no Trek Brasilis.

Fonte: TrekMovie

Be the first to comment on "Um resumo do painel Star Trek: Picard na SDCC"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*