Frakes espera ver Riker na temporada 2 de Picard

Jonathan Frakes tem dedicado seu trabalho por trás das câmeras, na direção de episódios. Mas na série Star Trek: Picard ele voltou a interpretar seu antigo papel de A Nova Geração. Revivendo o personagem William Riker, Frakes retorna como ator em Star Trek, após 15 anos do episódio final de Enterprise. O grande momento para os fãs foi vê-lo no comando de uma nave da Frota, a U.S.S. Zheng He.

Na semana passada, ele esteve no podcast TrekGeeks para apoiar a Feeding America (uma uma organização sem fins lucrativos para alimentar pessoas carentes), onde compartilhou seus pensamentos sobre o trabalho de direção em Star Trek e o retorno a franquia como ator.

Frakes começou lembrando de sua primeira experiência na cadeira de diretor pelo episódio “Offspring” da terceira temporadas de A Nova Geração. Na época, o produtor executivo Rick Berman deixou que ele dirigisse o episódio, após três temporadas de acompanhamento. O sucesso do episódio o incentivou a prosseguir no trabalho por trás das câmeras.

Perguntado sobre o tempo em que dirigia sob o comando de Berman, comparado ao atual, de poucos episódios e sob a batuta de Alex Kurtzman, respondeu. “Acho que mudou com o público”, disse o ator, “Se você se lembrar havia um monte de filmagem estática e simples (em A Nova Geração) e não era muito cinematográfico”, acrescentando que nas séries de Alex Kurtzman, como Discovery e Picard, e provavelmente a nova série Strange New Worlds, os diretores são incentivados a filmarem para emocionar e tiveram as ferramentas necessárias para alcançar isso.

Mas, observou que não adianta ter todo o avanço na tecnologia das filmagens “se não tivermos personagens fortes”, disse, citando o trio da série original e a tripulação de A Nova Geração, assim como os conceitos de lealdade, família, incluindo os sarcasmos, as ironias, além da visão de futuro, “qualidades essas que fizeram Star Trek especial”.

E por isso acredita que os produtores das séries atuais estão cientes da responsabilidade de manterem a visão de Gene Roddenberry. “Acho que todos que receberam as rédeas […] estão muito, muito conscientes de honrar (a visão de) Gene”, disse o ator.“Gene inspirou tudo isso. A razão pela qual todos nós estamos assistindo e termos a sorte de trabalhar nesses programas é por causa da visão de Gene. E essa visão é grande o suficiente e nos levou por cinquenta anos, e levará por mais cinquenta anos, tenho certeza”.

Quanto a sua volta como ator na série Picard, Frakes revelou que, ao receber o convite para atuar sentiu uma certa insegurança, já que não interpretava há muito tempo em relação aos seus colegas: Patrick Stewart em plena atividade e Marina Sirtis acabava de estrear uma peça no West End.

“Eu não atuava há uma década! E realmente não queria ser enterrado pelos meus amigos. Isso não ia ficar bem para mim”,  disse num sorriso.

E, de fato, ele lembra que ao ler o roteiro, inicialmente, percebeu que precisaria de um tempo maior para estar pronto a gravar o episódio “Nepenthe”, “Michael Chabon me deu o roteiro e eu estava em Maine [onde mora] e trabalhei nele todas as manhãs. E uma manhã [minha esposa] Genie [Francis] disse: “Você quer que eu corra o texto com você?” E eu disse que sim, então começamos a correr as linhas e ficou claro para mim que eu estava lamentavelmente despreparado. Genie me devolveu o roteiro e disse: “É melhor você continuar trabalhando nisso.” [risos] E eu fiz, e funcionou bem”.

Mas na cena final com o capitão Riker no comando da USS Zheng He, Frakes já estava de volta a sua velha forma e até ensaiou um desejo de continuar na segunda temporada.

“Eu me encontrei entrando no mundo assim que me sentei (na cadeira de capitão). Eu gostei dessa cena, na verdade. Eu achei a escrita inteligente”, disse Frakes. Ele chegou a ter um receio, no começo, de como o personagem se encaixaria na história, já que havia deixado a Frota Estelar, mas elogiou o trabalho dos roteiristas em trazê-lo de volta. “Mas acho que com Akiva [Goldsman], [Michael] Chabon e Alex [Kurtzman], eles inteligentemente o fizeram entrar na história. E espero que o vejamos novamente. Eu certamente espero ver … vestir o uniforme novamente”.

No final do bate papo, Frakes falou brevemente a respeito do projeto de filme Star Trek de Noah Hawley, e mostrou otimismo para sua realização.

Hawley tem sido discutido; ele é o cara que nos deu Fargo. Um escritor e diretor brilhante. Só em saber que a qualidade do cineasta está interessada em nosso mundo é muito encorajador“.

Fonte: TrekMovie e Dailystartreknews

Be the first to comment on "Frakes espera ver Riker na temporada 2 de Picard"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*