Confira o resumo de “The Last Best Hope”!

Nesta semana foi lançado o livro “Star Trek: Picard – The Last Best Hope”, de autoria de Una McCormack. Na obra, da editora Pocket Books, a vida de Jean-Luc Picard é retratada a partir de 2381 (dois anos após os eventos do filme Jornada nas Estrelas: Nêmesis, de 2379), assim como o que aconteceu naquele período no universo de Jornada. Um excelente complemento para os episódios de Star Trek: Picard, atualmente em seu quarto capítulo no streaming da Amazon Prime Video, esse livro está disponível apenas em inglês (você pode comprar aqui, em formato físico ou digital).

Porém, para facilitar a vida do trekker brasileiro, o Trek Brasilis publica um resumão de “The Last Best Hope”, feito pela colaboradora Maria Lucia Rácz. Confira abaixo, e monte o quebra-cabeça daqueles anos perdidos.

Resumo do livro “Star Trek: Picard – The Last Best Hope”, de autoria de Una McCormack

Por Maria Lucia Rácz

2381-2382

  • Em 2381, em reunião com o comandante chefe da Frota Estelar, almirante Victor Bordson, e a segunda em comando, capitã Kristen Clancy, Jean-Luc Picard foi informado que a estrela romulana iria se tornar supernova;
  • Raffi Musiker era uma especialista em inteligência em assuntos romulanos, e foi ela que descobriu a supernova, ouvindo comunicações estranhas dos romulanos;
  • Quando contatados, os romulanos concordaram com algum envolvimento da Federação na ajuda para o resgate;
  • Pelos cálculos iniciais eram 900 milhões de pessoas a serem salvas;
  • Quando Picard foi convidado a liderar a frota de resgate, foi informado que teria que deixar a Enterprise, pois esta era o símbolo da Frota Estelar como inimiga dos romulanos. Foi promovido a almirante, para liderar um projeto de tamanha importância;
  • Indicou Worf para o comando da Enterprise;
  • Geordi La Forge solicitou a Picard a liderança para a construção da esquadra de resgate em Utopia Planitia, Marte;
  • Picard convidou Raffi para ser sua primeira oficial. Raffi é casada e tem um filho adolescente, Gabe. Ela abandonou a família para seguir com Picard;
  • As pessoas que trabalhavam em Utopia Planitia não gostaram quando tiveram que largar suas pesquisas para se dedicar a construir uma frota gigantesca, de 10.000 naves, para o resgate;
  • A comandante Estella Mackenzie, em Planitia, mostrou para Geordi que havia muitas peças das naves que tinham que ser feitas a mão, uma a uma. Ela estudava circuitos bio-neurais e sugeriu que deveriam fazer um novo tipo de androides, sintéticos, não sencientes, sem circuitos positrônicos, com circuitos bio-neurais para esse serviço;
  • Geordi foi procurar Bruce Maddox, chefe da Divisão de Pesquisa Avançada em Sintéticos, no Instituto Daystrom, em Okinawa. Maddox resistiu muito a abraçar o projeto de sintéticos bio-neurais, pois queria continuar a estudar os positrônicos, mas Geordi praticamente o obrigou a fazer isso;
  • Bruce Maddox dava aulas no Instituto, achando que eram uma perda de seu precioso tempo. Entre os alunos, estava a dra. Agnes Jurati, um médica da Frota Estelar, que era parte de um programa interdisciplinar, e tinha grande interesse em estudar androides positrônicos com Maddox;
  • Em uma conversa inicial, ela perguntou a Maddox se ele já tinha pensado em um único neurônio positrônico. Quando Maddox falou que não podia mais trabalhar com positrônicos, por causa dos bio-neurais, ela o convence que ele pode trabalhar nos dois;
  • Agnes Jurati é aceita como estudante de doutorado no Instituto Daystrom, sob a orientação de Bruce Maddox. Depois de vários encontros em locais com Istambul, Paris, Las Vegas e outros, eles se tornam amantes;
  • Maddox descobre como fazer os sintéticos bio-neurais e o Instituto começa a produção em larga escala para que trabalhem em Marte;
  • Na USS Verity, Picard contava com uma assessora bajoriana, Koli Jocan, que tinha trabalhado com os cardassianos em Bajor, durante a ocupação forçada;
  • O primeiro planeta que Picard resgatou foi Ectis, onde encontrou alguns problemas com os romulanos, especialmente com o pretor do planeta, Suvim. Ao chegar em Arnath, no local designado para o reassentamento dos romulanos, descobre que o local não tem as condições prometidas, como casas, escolas, etc, e não tinha condições mínimas de abrigar a população, tratando-se de um campo com tendas, grades e vigiado por membros armados do Tal Shiar. Quando Picard confronta o romulano chefe do local, ele diz que a função de Picard era o transporte dos refugiados e a partir daí, tudo era responsabilidade deles. O comando da Frota Estelar concorda com isso e Picard é obrigado a largar os romulanos em péssimas condições;
  • Uma astrônoma do Instituto de Astronomia em Cambridge, dra. Arnal Safadi, descobre, usando dados coletados por ela, descobre que o alcance da supernova seria muito maior do que inicialmente havia sido calculado usando dados enviados pelos romulanos. Queria trocar ideias com o astrônomo romulano, Dr. Nokim Vritet, mas foi impedida pelo Tal Shiar. O Dr. Vritet chegou à mesma conclusão, mas também foi impedido de divulgar suas descobertas. A dra. Safadi também informou também que não conseguiu achar uma explicação natural sobre a supernova, considerando que foi produzida, criada e não uma ocorrência natural. Os romulanos ficaram muito descontentes quando a Dra. Safadi divulgou suas descobertas e acusaram a Federação de tentar enganar os romulanos;
  • Muitos dos planetas que seriam utilizados para as populações resgatadas, nos novos cálculos, seriam também atingidos pela supernova, trazendo um novo problema para o resgate. Picard sugeriu que levassem os resgatados romulanos para planetas da Federação, na fronteira com a Zona Neutra;
  • Picard autorizou que resgatados fossem levados para um planeta da Federação, que havia feito um convite aos romulanos, na fronteira da Zona Neutra, sem pedir autorização para o comando da Frota Estelar ou para as autoridades romulanas. Quando confrontado, Picard afirmou que sua missão era salvar vidas!

2383-2384

  • Após esse fato, os romulanos exigiram que um oficial de ligação romulano fizesse parte da tripulação do Verity e indicaram o tenente Tajuth, que obviamente era do Tal Shiar;
  • Um novo membro junior do Conselho da Federação, Olivia Quest, representava Estelen, um pequeno planeta perto da Zona Neutra. Ela imediatamente se opôs à decisão de Picard de assentar romulanos em planetas da Federação. Convenceu o Conselho a fazer um comitê para avaliar a missão de Picard, que ela chefiava. Ela visitou Utopia Planitia e o Instituto Daystrom, ficando fã dos sintéticos e querendo colocar um deles em cada casa e em seu planeta para ajudar na agricultura;
  • Picard resgatou romulanos de muitos outros planetas, enfrentando problemas com populações medrosas e em desespero, por ter que largar tudo que conheciam;
  • Ao chegar em Inxtis, encontra uma população menos restritiva, mais calma e acreditando que o resgate teria sucesso. As notícias de Vashti, para onde esse romulanos seriam levados, eram animadoras;
  • Uma das cidades, Sordsol Township, convida Picard a se encontrar com um pessoa chamada Zani. As casas não eram nada parecidas com as casas romulanas, cheias de portas falsas e passagens secretas, que escondiam até membros da mesma família uns dos outros. Lá as casas eram abertas e convidativas. Encontra Zani, uma das freiras guerreiras de um convento chamado Qowat Milat, consideradas guardiãs da verdade e inimigas tradicionais do Tal Shiar, que tinham como filosofia a franqueza absoluta (obs: como visto em “Absolute Candor“, o episódio 4 de Picard).
  • Em vez de ser cumprimentado com raiva, demandas, ressentimento e hostilidades encontradas nos outros planetas, Picard encontrou amizade. Reproduziu o cumprimento de juntar as mãos e abri-las, como sinal de chegar com amizade, de mãos abertas;
  • Um menino, de 4 ou 5 anos, pergunta se eles são humanos e afirma que eles são muito feios. Picard pergunta seu nome e ele diz: Elnor. E diz que queria um presente. Picard descobre que Elnor foi abandonado no convento e que apesar de só admitirem mulheres, Zani quebrou as regras quando não encontrou de onde ele era e resolveu criar Elnor;
  • Ao chegar ao destino, o planeta Vashti, como Picard tinha sugerido, havia muito repórteres da Federation News Network para documentar o sucesso da presença de romulanos entre os humanos do planeta. A capitã Kristen Clancy também estava presente. A população humana recebeu os romulanos com festas. Este foi o maior sucesso de Picard, no resgate de romulanos;
  • Em Nimbus III, Picard encontrou um problema sério, pois, quando ele já estava organizando as coisas no planeta, recebeu uma mensagem do almirante Bordson, dizendo que os romulanos seriam encarregados desse resgate. Picard encontrou muitos elementos do Tal Shiar, apontando armas e dizendo que ele poderia ir embora. A conselheira Koli recomendou que Picard não seguisse as ordens, pois ocorreriam mortes no local, mas Picard considerou que tinha que cumprir as ordens. Após o fim do resgate pelos romulanos, com oito naves, Koli mostrou a Picard um vídeo que os habitantes do planeta tinham mandado para ela, com muitas mortes por fuzilamento no planeta. Inconformada com a negação de Picard, Koli pediu demissão. Ao se reunir com a capitã Clancy, esta concorda que Picard agiu de forma correta. Koli então encaminha o vídeo para FNN, despertando mais um vez a ira dos romulanos. Ao solicitar explicações, o embaixador romulano diz que o vídeo era falso, e foi feito para desacreditar oficiais romulanos que faziam seu trabalho de forma correta;
  • Maddox, após lembrar-se da frase de Agnes sobre um único neurônio positrônico, decidiu se concentrar em estudar esse assunto, largando a fabricação do sintéticos. Geordi, Agnes, Mackenzie e todos estavam procurando Maddox, que cortou todas as comunicações. Após ser encontrado e cobrado sobre largar a fábrica de sintéticos, Maddox, ao deitar-se, começou a ver fractais e soube que podia se perder nesse labirinto. No escuro, ele pressionou o polegar e o dedo indicador em cada mão formando dois círculos. Colocou os círculos juntos, entrelaçados e concluiu que esta era a chave para destrancar a vida (obs: esta figura remete ao colar que Dahj/Soji usam, com dois anéis entrelaçados em Picard);

2385

  • No Conselho da Federação, em Paris, Olivia Quest descobriu que não podia se manter sempre como líder. Liderou alguns planetas que acharam que deviam se separar da Federação, pois, como o resgate dos romulanos estavam usando quase todos os recursos, seus planetas não estavam recebendo mais ajuda da Federação. Isto trouxe grande preocupação para a capitã Clancy, que decidiu diminuir os recursos para o resgate. Conversou com Picard, e solicitou dele uma vitória como a de Vashti, para ajudar a manter o programa. Mesmo assim, retirou várias naves e outras facilidades da missão de resgate, para desgosto de Picard;
  • A situação em Romulus estava piorando muito rapidamente e o embaixador solicitou de forma desesperada, que a Frota Estelar fosse resgatar Vejuro, o maior sistema depois de Romulus.
  • Ao chegar em Vejuro, Picard cruzou com uma nave pequena, que pediu autorização para passar a caminho para a federação. Picard recebeu uma mensagem já sabendo de quem se tratava e ao atender, era o embaixador Spock, que deu as péssimas notícias em relação a Romulus e afirmou que ficou lá enquanto foi possível, mas precisava proteger seus auxiliares. Fez ainda um pedido a Picard: que ele resgatasse as pessoas vulneráveis, ao invés de resgatar as elites, que certamente iriam exigir serem resgatadas primeiro;
  • Raffi recebe uma comunicação de seu marido, avisando que ela não devia voltar para casa, que ele e seu filho estavam cansados de esperar e que seu casamento tinha acabado;
  • Em Ojul City, em Verjur, a situação era de extrema gravidade. A Frota Estelar teve que organizar tudo, construindo um prédio para servir de base de operação. Quando esse prédio foi atacado pelo Tal Shiar, os próprios moradores romulanos, que estavam acampados esperando o resgate, se encarregaram de se livrar do Tal Shiar;
  • Picard ainda foi solicitado a comparecer ao distrito de Vulmab, onde o Senador Kurren, um tipo de senhor feudal, se recusava a deixar seus súditos serem resgatados. Picard, com a ajuda de Tajuth, seu tripulante romulano, após muitos percalços, atravessando vários labirintos conseguiu chegar à casa do senador Kurren, mas não conseguiu convencê-lo de que a supernova ia acontecer, concluindo que ele era louco. Sua empregada Molula procurou Picard e verificou a situação na cidade. Decidiram fazer o resgate dos súditos, sem o conhecimento do senador, que ao descobrir, compareceu ao local e matou Molula, isolando-se depois em casa;
  • Os resgatados seriam destinados a Vashti, que concordou em recebê-los. Picard levou o livro “Os Três Mosqueteiros” para Elnor (conforme visto em “Absolute Candor“). No dia seguinte, enquanto brincava de luta com Elnor, recebeu um recado de Raffi: os sintéticos atacaram Marte! (conforme visto no quatro primeiros episódios de Picard). Sua primeira pergunta foi: “alguém ouviu falar o que aconteceu com o comandante La Forge?”
  • La Forge recebeu a notícia do ataque em um shuttle, a caminho da Terra. Lamentou profundamente a morte de todas as pessoas com quem trabalhava, especialmente da dra. Mackenzie;
  • No Instituto Daystrom, La Forge foi a procura da Maddox e confrontou-o perguntando se ele havia se desligado da produção dos sintéticos. Ele confessou que sim, que continuava estudando o cérebro positrônico para fazer novos androides como Data. La Forge disse que isso havia custado milhares de vidas e que tudo estava terminado;
  • Picard foi imediatamente convocado para comparecer à sede da Frota Estelar. No exterior do prédio, Raffi ainda insistiu em recapitular todos os planos para a continuação do resgate. Em reunião com Bordson, Clancy e mais dois Almirantes presentes de forma holográfica, Picard foi comunicado que, por decisão do Conselho, o resgate seria suspenso e que todos os sintéticos estavam banidos da Federação. Picard afirmou que isso não era aceitável e que a Federação devia concordar com seus planos alternativos de resgate ou aceitar sua demissão. O Comandante disse que se Picard não pudesse aceitar as ordens, ele aceitava sua demissão. Picard então afirmou que ele se demitia da Frota Estelar, com efeito imediato (como visto em Picard);
  • No Instituto Daystrom, Maddox comunicou a todos que o programa estava cancelado, que não era culpa de ninguém e todos arranjariam outro trabalho rapidamente. Sozinho com Agnes, aconselhou-a a procurar outro trabalho. Ela disse que se recusava a abandoná-lo, mas ele disse que estava saindo, deixando o Instituto, convidando-a para acompanhá-lo. Ela recusou o convite, sem explicações e ele se retirou;
  • E a vida continua:
    1. A dra. Amal Safadi, que fez um bom trabalho, ficou chocada com o ataque a Marte e o fim abrupto da missão de resgate. Passou o resto da vida procurando por seu colega romulano, dr. Nokim Vritet, achando que ia encontrá-lo em algum campo de refugiados e trazê-lo para trabalhar com ela em Cambridge. Por muitos anos ela manteve esta esperança, muito depois da morte do colega;
    2. Olivia Quest conseguiu que esquecessem seu entusiasmo pelos sintéticos, ajudada por seu discurso contra os sintéticos. Começou a procurar novos negócios par os pequenos planetas, como o seu. Seu objetivo maior foi o Conselho de Segurança da Federação;
    3. O almirante Bordson ficou em seu posto por alguns anos, sem o mesmo entusiasmo e ficou aliviado quando Kristen Clancy foi promovida a Almirante e assumiu o comando da Frota Estelar (como visto no episódio 3 de Picard);
    4. Alguns oficiais foram realocados após o fim da missão. Para alguns, isso foi um sacrifício outros aceitaram sem problemas, afinal a Frota Estelar sempre foi assim, estavam a costumados a serem mandados para onde fossem necessários;
    5. Alguns poucos permaneceram em seus postos, nos pequenos mundos perto da antiga Zona Neutra, convivendo com uma população desesperada e hostil. Em todos esses mundos, esforçavam-se para manter a tênue linha entre estrutura e caos. Alguns foram embora, largando prédios meio construídos e caindo, e com eles se foram a esperança e a confiança;
    6. E os mundos abandonados, refugiados em campos de trânsito, olhando para o céu e esperando por naves que nunca vieram, e depois o fim;
    7. Esses eram as verdadeiras vítimas, mas existiram outros, com Geordi La Forge. Ele pensava em sua sorte ao escapar e nas pessoas que ele deixou. As vezes, de surpresa, ele lembrava de livros ou ferramentas, constatando que tinham ficado em suas instalações em Marte;
    8. Zani, que sabia que promessas não devem ser feitas (como visto no episódio 4 de Picard) e portanto era a pessoa mais adequada para aceitar quando elas não eram cumpridas. Mas também havia Elnor. Como explicar esses fatos a uma criança?
    9. E não esquecer de Raffi Musiker, que ficou repentinamente sem emprego e propósito, deixada de lado por sua associação com o homem que foi embora. Raffi, que sacrificou seu casamento e maternidade para esta tarefa. Raffi, que não podia acreditar que o universo era tão cruel e que ficou procurando por uma explicação qualquer, sem se importar se era improvável, alguma coisa que fizesse sentido.

Epílogo – La Barre, França

  • Picard voltou para seu vinhedo, mas não ficou inteiramente isolado. Recebeu mensagens de Zani, pedindo para não esquecê-los, e outra de Will Riker e Deanna, dizendo que ele fez a coisa certa. Fazia longas caminhadas, conhecendo cada centímetro da propriedade, mas ainda ressentido de sua presença lá. Escreveu muitos livros sobre homens importantes e seus feitos. Produziu e bebeu vinho. Inverno, primavera, outra colheita, e depois outro inverno, um ciclo sem fim;
  • Sua mente também se encontra em um ciclo sem fim: O que devo fazer agora? Para onde devo ir? Quem sou eu?
  • Ele ouve Laris e Zhaban comentando sobre ele e ao seu lado um cachorro, presente de alguns bons amigos;
  • E Picard diz: “Venha Número Um. Não podemos nos sentar aqui para sempre. Vamos achar algo para fazer.”

Fim

Be the first to comment on "Confira o resumo de “The Last Best Hope”!"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*