26 Comments on "Quadrinho.com entrevista editor do Trek Brasilis"

  1. Eu pessoalmente achei uma delícia.

    Valeu Salvador!

    Abraço forte
    Castanheira

  2. Achei muito legal a entrevista. Mas, Salvador (dessa vez acertei o nome) vc deu uma puxadinha pro lado dos Niners, hein?

    Abraços.

  3. Acho que o Salvador é Niner.

    Nem sei se sou Niner ( aliás detesto estes rótulos ), mas acho que foi a série que mais assisti, e a que mais me interessei num contexto “global” ( na história como um todo, e não em episódios pontuais ), e também a que tinha mais personagens interessantes. E pensando também nos episódios “pontuais”, talvez tenha sido a série com mais episódios AAA.

    Mas sinceramente não gostei muito do final.

    E até hoje não consegui ver aquele episódio em que “detonam” o fundador que estava substituindo o imperador Klingon.

  4. Sinceramente? DS9 é uma das séries que menos gosto!

    Em ordem, prefiro: TOS, TNG, VOY, DS9, ENT.

  5. Ah…e sobre a entrevista, foi bastante interessante! Espero que se concretize a espectativa de uma nova série “filha” do filme XI.

  6. Luiz Castanheira | 30 de janeiro de 2008 at 1:03 am |

    Ralph, na realidade quem deu a entrevista fui eu e eu postei a mensagem acima só para te confundir (risos histéricos).

    Abraços
    Castanha

  7. Castanha,

    não cria polêmica. Senão qualquer dia vão especular se eu e você somos a mesma pessoa… 😛

    Sobre meus elogios a DS9, digamos que uso, além de tudo, um critério imparcial, livre do meu viés trekker: é a única série de Jornada que minha mulher assiste com gosto. A Nova Geração ela agüenta. Série Clássica ela não curte e Voyager, menos ainda. Enterprise ela viu numa boa, mas nunca comprou muito os personagens.

    Tudo bem que, por esse critério, “Two and a Half Men” também seria melhor que Deep Space Nine, então temos que levar tudo com um grão de sal. Mas pelo menos para uma comparação interjornadas, acho que funciona. 😉

    Abraços,
    S.

  8. Pois é, eu já estava pensando em colocar Salvador/ Castanheira. Aí não teria erro.

  9. O Salvador eu conheço.

    Mas esse de negócio de nogueira, castanheira, pinheiro… está mesmo muito esquisito!

    Seriam clones?

    Acho a DS9 a menos boa de todas (detalhe, só vi o Caretaker da VOY).

  10. “Castanha,

    não cria polêmica. Senão qualquer dia vão especular se eu e você somos a mesma pessoa… ”

    Ué, Salvador, vcs não são?! hehehe

  11. Não se enganem, são pessoas diferentes.

    Já conheci pessoalmente os dois, numa daquelas saudosas reuniões no Rio de Janeiro.

  12. Alvaro Monteiro | 31 de janeiro de 2008 at 12:19 am |

    Valeu Salvador…
    Simpatico, sucinto e humilde como lhe é peculiar..

    Abração!

  13. Luiz Castanheira | 31 de janeiro de 2008 at 12:44 am |

    Este talk back NUNCA foi tão bacana, está dando gosto postar aqui.

    Abraços
    Castanheira

  14. “Não se enganem, são pessoas diferentes.

    Já conheci pessoalmente os dois, numa daquelas saudosas reuniões no Rio de Janeiro.”

    Marinho, eu, pelo menos, sei que são duas pessoas diferentes. Eu conheço o Luiz pessoalmente (o que ainda pode me levar a uma pequena dúvida da real existência do Salvador), só estava brincando com os dois.

    Até pq, apesar de alguns apontarem aqui nos comentários as semelhanças, sei identificar as diferenças do discurso deles. 😉

  15. Nívea, seu comentário demonstrou que estava brincando, mas houve outros comentários. Não tenho certeza se todos também estavam brincando, na dúvida postei.

    Concordo com o Castanheira, a troca de posts está bem legal.

    Este novo formato do site está muito legal, facilitando a troca rápida de posts, anexos ao assunto que se quer comentar, e podemos ver todos os posts na mesma tela. Muito fácil.

    E pelo jeito muita gente que nunca fez parte do Fórum TB está postando aqui.

  16. Marinho

    Eu sou uma dessas pessoas…hehe..
    Sempre visitei o Trek Brasilis e agora com esse novo formato ficou muito melhor..
    Prático para manifestar “pitacos” pertinentes ou nao…

    Abração!

  17. Salvador , depois desta entrevista em que você literalmente ‘saiu do armário’ retiro QUASE tudo que já disse de ruim sobre você …

    Abraços e parabéns por manter esta instituição chamada TB em pé a quase uma década .

  18. Nunca tive curiosidade em assistir a DS9! Sei lá… aquela coisa de ficar numa estação presa a um único ponto da galáxia nada tem há ver com o espírito original de jornada, que é a contínua exploração espacial, indo aonde nenhum homem jamais esteve. Pois é! DS9 não vai a lugar nenhum! Fica plantada no mesmo lugar! rsrsrsrsrs…

  19. É verdade que DS9 não é para qualquer público , é de se esperar que a audiência da série seja segmentada , mais específica , com a característica de capacidade contemplativa diferente e com foco na análise de coisas , digamos , mais relevantes que , por exemplo , o status de movimento ou não do hardware da série …

  20. Uma vez que você é Trekker, você já faz parte de um público segmentado! Se for me ater em coisas mais relevantes, então eu vou assistir “2001, uma odisséia no espaço”. Aquilo sim é ficção científica “cabeça”.

  21. Mesmo entre os trekkers , existem segmentações entre os que preferem diferentes encarnações da franquia , desnecessário citar quais são .

    Fazendo uma analogia , mesmo entre os glutões , existem aqueles que preferem ‘culinária sofisticada’ e aqueles que preferem ‘McDonald’s’ . E é fato também a dificuldade de ambos em adaptarem o ‘paladar’ para estas diferenças de consumo , visto que estas preferências estão diretamente ligadas a , digamos , características mais estruturantes de cada um .

    Ou seja , alguns preferem o ritual de se fazer a comida , desde a escolha dos ingredientes , do preparo dos alimentos e decoração dos pratos , da escolha do vinho correto , até a combinação da sobremesa , e neste caminho , sorver as diferenças e sensações do prazer de comer . Outros preferem abrir a caixa e detonar o hamburguer , ou seja uma simples questão de conceitos .

    Nunca havia pensado em DS9 como ‘FC cabeça’ , mas está aí mais um elogio para a série , bastante merecido , inclusive .

  22. Francamente, DS9 está mais para ser apreciada por um nerd a um Gourmet, sem ofensas! Porque, no fundo, somos todos uns aficcionados por aventuras espaciais e queremos fugir do trivial. Também não sou fã de “transMcDonald’s”, pois prefiro agradar ao paladar a apenas saciar a fome com sandubas! Nerd é uma palavra desagradável, mas é como críticos da arte denominam pessoas que curtem aventuras espaciais. Não torceram o nariz para Patrick quando ele saiu do teatro para interpretar um capitão de uma astronave, usando trajes espaciais futuristas? Não vamos ficar aqui numa queda de braços, com direito a alfinetadas, bancando o Khan e sua superioridade intelectual, querendo provar que A é melhor que B. Uns preferem DS9, outros preferem a TOS e eu gostei de ENT, com algumas reservas, claro!

  23. Do que cada pessoa gosta ou prefere , é problema de cada um , e isso nunca esteve em debate , assim como também não estava quem é ou deixa de ser ‘nerd’ .

    No caso deste debate , é desnecessário provar que DS9 é melhor que as outras séries , até por que os ‘críticos de arte’ ou melhor , a maior parte da crítica especializada (e mesmo a crítica leiga) o fazem desde 1999 , ao final da série . Isto está registrado nas principais publicações especializadas em TV , como o TV Guide ou os sites de ST como o TrekToday e mesmo o TB .

    Parte destes críticos eram ‘nerds’ e outra parte não , não eram ‘aficcionados por aventuras espaciais’ , até por que FC (e ST) é muito mais do que isso , e não precisa ‘ser o Khan’ para saber disso .

    A propósito : Glutão e Gourmet são coisas distintas , mas o Chef Gordon Ramsay gosta de ST e tinha um apreço especial pelo Scotty .

  24. “O homem não necessita apenas de um assassinato. Ele também necessita de uma sólida refeição.”

    Alfred Hitchcock.

    DS9 não é uma refeição tão sólida assim, pelas críticas que já li. Li, pela internet, acho que neste site mesmo, não me lembro quem nem quando mencionou em um post, que tudo que veio depois da morte de Gene, desviou-se um pouco do espírito de Jornada, ou seja, vou ser obrigado a assisti-la para saber se é digesta ou não!

    Realmente, gourmet e glutão não são a mesma coisa, pois enquanto um prepara o outro saboreia, mas… ambos têm algo em comum: a refeição!!! Vou prová-la e aí poderemos discutir melhor sobre a série se realmente o chef preparou um bom prato. Quanto ao nerd, confesso que exagerei um pouco, mas um pouco de tempero sempre dá mais caldo ao assunto. Acho que, enquanto assisto a tudo o que envolva o universo de Jornada, o tempo passará mais rápido até a estréia de Star Trek XI, motivo de minha entrada nos fóruns e assídua participação, pois que vejo no seu anúncio o renascimento desse fantástico universo, embora a Paramount, como todos os grandes estúdios, só o enxerguem como algo rentável, como uma franquia! É isso.

  25. Ah, tem uma coisa que não foi colocada! A nave Enterprise NCC-1701 não era apenas um hardware em movimento, mas sim, o símbolo que carregou todo o desdobramento do universo trekker! DS9 não existiria se não fosse pela clássica série dos anos sessenta, nem esta comunidade!

  26. E mais, nem estão apostando numa 5ª temporada de DS9. Aliás, o século 24 não parece ter feito bem para o universo de Jornada. É muito chato! Aquele holodeck, então, é mais ridículo ainda e, vc se acha d+, sr. Khan!

Leave a comment

Your email address will not be published.


*