Kurtzman comenta sobre as novas séries de Star Trek

A CBS continua na expansão da franquia Star Trek. O produtor Alex Kutzman, a frente desse desenvolvimento, conversou com o jornal Los Angeles Times e deu uma atualização desses projetos.

Alex Kurtzman está supervisionando uma expansão sem precedentes do universo de Jornada. Além da série Star Trek: Discovery em andamento, temos a série de Picard, a série da Seção 31, e duas animações nos seus estágios de desenvolvimento.

A série de Picard mais psicológica

Kurtzman comentou sobre a abordagem da nova série, que será focada em Jean-Luc Picard (Patrick Stewart).

A incumbência é torná-la um espetáculo mais psicológico, um estudo do personagem sobre esse homem em seus anos eméritos. Há tão poucas séries que permitem que um protagonista significativamente mais velho seja o condutor … Será muito diferente de Discovery. Vai ser mais lento, mais meditativo. Ela fala com o arco-íris de cores que estamos jogando em todos essas séries diferentes.

Um personagem icônico, que está sendo levado em seus últimos anos com um grande desafio em sua vida, em em seus antigos ideais.

… O que acontece quando as circunstâncias conspiram para não lhe dar o final mais feliz? Espero que seja um reforço da visão otimista da Jornada de Gene Roddenberry. Ele vai ter que passar por vales profundos para voltar à luz.

É uma mudança no desenvolvimento de séries Trek mais tradicionais. Esta nova visão está sendo “guiada por um esforço comunitário”, diz Kurtzman, destacando seis nomes, incluindo o seu, juntamente com o autor premiado com o Pulitzer, Michael Chabon.

Além de Stewart, a nova série também tem em seu elenco Alison Pill, Harry Treadaway, Isa Briones, Evan Evagora, Santiago Cabrera e Michelle Hurd.

Quanto ao mistério de seus personagens, Deadline informa que Cabrera interpretará “o piloto da nave de Picard que também é um ladrão hábil” e que Hurd está fazendo “um ex-oficial de inteligência que é uma analista brilhante com uma memória fantástica que não foi afetada por seu abuso de drogas e álcool”.

A série Picard começou a ser filmada na Califórnia em abril. Hanelle Culpepper comandará os dois primeiros episódios, enquanto Jonathan Frakes está programado para dirigir os seguintes. Stewart disse que a série será como “um filme de 10 horas”, sugerindo que será exibida por 10 episódios. Sua estréia está prevista para novembro de 2019.

Comparando Série da Seção 31 com Missão Impossível

Os fãs podem esperar uma história complexa e emocionante na Seção 31, caso a nova série em desenvolvimento seja de fato produzida. A série vai estrelar Michelle Yeoh como Phillipa Georgiou, a ex-imperatriz terráquea do Universo Espelho, que agora é uma agente da agência clandestina da Frota Estelar.

Kurtzman explicou por que eles escolheram produzir uma série focada na Imperatriz Georgiou (Michelle Yeoh) através de Discovery :

As pessoas se deparam com Georgiou como sendo uma maravilhosa esquisitice. Ela é perversa, desonesta, manipuladora e, de alguma forma, irradia esse incrível coração. As pessoas a amam …

O produtor disse ainda que a equipe de criação por trás do spinoff da Seção 31 está considerando alguns trabalhos populares de cinema e televisão como guia.

Nós olhamos para séries como ‘Killing Eve’ (perseguindo uma assassina psicopata), para franquias como ‘Missão Impossível’, coisas que eram complicadas em um nível de enredo, mas também em um nível de personagem. Eu acho que é divertido ver uma série com um protagonista que não é totalmente confiável. Afinal de contas, ela vai fazer a coisa certa, mas exatamente do jeito errado.

Durante o TCA 2019 Winter Press Tour em fevereiro, Kurtzman disse que a série da Seção 31 não será vista antes da terceira temporada de Discovery.

Erika Lippoldt e Bo Yeon Kim estão escrevendo e produzindo a série. É o que temos até o momento.

As duas séries animadas

Kurtzman também falou brevemente sobre as duas séries animadas de Star Trek em desenvolvimento. Em relação ao recém-anunciada série voltada para crianças na Nickelodeon, ele prometeu que não é nada parecido com o desenho animado de Jornada dos anos 1970, acrescentando:

Eu não posso revelar detalhes sobre isso, mas é algo que nunca foi feito antes em Star Trek.

A série está sendo escrita e produzida por Kevin e Dan Hageman, a dupla por trás de Trollhunters e Ninjago: Masters of Spinjitzu. Esta será o novo braço de animação da CBS TV, com a parceria da Eye Animation Productions, Secret Hideout, e Roddenberry Entertainment. Aaron Baiers será o co-produtor executivo.

A missão de Star Trek é inspirar gerações de sonhadores a construir um futuro melhor”, disse Kurtzman. “Dan e Kevin criaram uma história que honra seu espírito exploratório de uma maneira que nunca foi feita antes, enquanto a equipe da Nickelodeon nos surpreendeu com a empolgação de trazer Jornada para uma geração mais jovem ao redor do mundo.”

A premissa da série gira em torno de “um grupo de adolescentes sem lei que descobrem uma nave abandonada da Frota Estelar e a usam para buscar aventura, significado e salvação.”

Quanto à comédia de animação para adultos, Star Trek: Lower Decks, prevista para o CBS All Access e liderada por Mike McMahan, de Rick e Morty, Kurtzman disse:

É uma carta de amor total para Star Trek; não há zombaria.

A produção está  a cargo da executiva Katie Krentz, conhecida por Steven Universo e O Segredo Além do Jardim, com participação em Os Simpsons, Futurama, O Rei do Pedaço e Family Guy, entre outras.

A série acompanha uma equipe de suporte de uma das naves menos importantes da Frota Estelar.

Temporada 3 de Discovery

A terceira temporada de Discovery está sendo escrita agora com Kurtzman e co-showrunner Michelle Paradise. Ele falou brevemente sobre as oportunidades disponíveis para os escritores, saltando a série para o futuro:

Agora que estamos livres do cânon, podemos nos fazer algumas perguntas incrivelmente ousadas e complicadas. Nós mergulhamos fundo em nossa imaginação e pensamos em como o universo pareceria 930 anos depois.

A CBS não anunciou uma data de lançamento para a temporada 3 de Star Trek: Discovery. A temporada 1 teve 15 episódios e estreou em setembro de 2017 e terminando em fevereiro de 2018 (depois de um hiato no meio do caminho).A temporada 2 foi lançada em janeiro de 2019 e transmitiu todos os 14 episódios ininterruptos. É provável que os fãs só vejam a tripulação da USS Discovery novamente em meados de 2020, já que  a anunciada série de Jean-Luc Picard tem estréia prevista para o final de 2019.

Mais séries à vista?

Uma frase intrigante saiu da entrevista do  LA Times, insinuando que ainda poderemos ter mais projetos na mesa:

Kurtzman diz que ainda existem outras [séries] em desenvolvimento que ainda não foram anunciadas.

Talvez esteja se referindo a série animada focada na Academia de Frota ou quem sabe numa série Pike.

Aguarde por mais novidades aqui no TB.

Fonte: TrekMovie e TrekCore

 

Be the first to comment on "Kurtzman comenta sobre as novas séries de Star Trek"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*