LeVar Burton quer dirigir Star Trek: Picard

LeVar Burton concedeu recentemente uma entrevista telefônica ao site Comic Book e declarou seu desejo de participar como diretor da nova série estrelada por Patrick Stewart, Picard. O eterno Geordi La Forge também opinou a respeito da evolução da franquia e o que há para ela no futuro. Confira a seguir os pontos mais importantes de seus comentários.

SOBRE PICARD

Atualmente, eu dirijo uma série e é NCIS: New Orleans. Dirijo porque, número um, adoro dirigir. Tenho sorte de poder fazer isso como um contador de histórias, dirigir. Número dois, eu não sou ruim nisso. Três, eu amo as pessoas com quem trabalho. Essas são as razões para eu dirigir. No momento, estou apenas dirigindo uma série. Há muitas maneiras de contar histórias na minha vida hoje em dia. Como eu disse, tenho muita sorte. Seja atuando, dirigindo, escrevendo, produzindo, podcast, sou um contador de histórias. Eu sou um contador de histórias itinerante. Não é só o que eu faço, é o meu DNA, é quem eu sou.

Se perguntado se dirigiria Picard, claro. Eu encontraria o melhor momento em minha vida, porque seria uma alegria outra vez, como eu digo, trabalhar com Patrick [Stewart] e quem quer que esteja no elenco. Eu conheci algumas pessoas. Conheço Jonathan Del Arco e sei que Hugh é figura proeminente em Picard. E eu sei que Jeri Ryan e Brent estão nisso. Então, você sabe, eu tenho amigos nesse set.

GOVERNORS AWARD

A Academia de Televisão homenageou a franquia Star Trek em 2018 com seu prestigioso prêmio Governors Award, e, entre outras celebridades, LeVar Burton recebeu o prêmio representando A Nova Geração.

É uma das poucas ocasiões em que realmente me permito ir lá, aquela noite certamente foi linda. Eu estava muito orgulhoso de representar essa franquia, essa visão e essa família. Ainda é um clube muito legal para pertencer, uma família que trabalhou em uma dessas séries de Star Trek, iterações da visão de Gene Roddenberry. Não são muitas pessoas, quando você considera todos os seres humanos no planeta. É um pequeno grupo. Consideramos uma outra família no sentido mais amplo. Eu acho que todos nós, se éramos fãs de Star Trek ou não, acho que estávamos todos orgulhosos do trabalho que fizemos. Isso é muito a ser dito.

Aqui está o que eu amo sobre Star Trek. Isto é o que eu percebi há algumas semanas em Las Vegas. Dois exemplos do porque eu amo Star Trek e porque eu estou tão orgulhoso de ter sido um fã por todos esses anos. Entrei na grande sala de painéis em Las Vegas. O painel chama-se “The Doctors”. Você tem Gates McFadden, Alexander Siddig, Wilson Cruz, Bob Picardo e John Billingsley. Estes são todos os oficiais médicos principais dos vários spinoffs. Veja a diversidade desse grupo de cinco médicos.

Mais tarde, logo depois disso, veio o painel Picard. Teve Jonathan Frakes, Jeri Ryan e Jonathan Del Arco. Jonathan falou sobre quando ele estava em A Nova Geração, houve uma conversa na comunidade LGBT sobre sua capacidade de se encontrar em Star Trek. Houve uma conversa, eu sei, nos escritórios do Edifício Roddenberry, de onde a série foi produzida, sei que houve uma conversa sobre se íamos ou não apresentar um casal gay. Eles se afastaram disso. No entanto, quão maravilhoso, Jonathan estava dizendo, que a própria franquia Star Trek evoluiu para onde se sente confortável, incluindo aquela demografia, essa dinâmica, esse aspecto da diversidade abertamente. Há um casal gay em Discovery, interpretado por Anthony Rapp e Wilson Cruz.

Star Trek liderou a cultura. Star Trek foi responsável pelo primeiro beijo interracial na televisão nos Estados Unidos. Apenas falando sobre a capacidade da franquia de contar histórias, de continuar a evoluir. É um bom sinal para a sua longevidade contínua. Acredito que Star Trek continuará a ser popular em todo o planeta por causa do seu valor de entretenimento, mas também pelo seu valor inspirador.

O FUTURO DE GEORDI LA FORGE

Eu não sei. Talvez numa fan fiction. Eu não sei. Para o registro, eu não vejo ele e Data em um relacionamento, ao contrário de muitos fanfics. Para o registro.

Eu não sei. Temos uma indicação de que ele se tornou escritor. Eu gostaria de pensar que ele passou algum tempo, se ele deixou o espaço, que passou algum tempo lecionando… vindo da família de onde veio, ele gostaria de passar esse conhecimento e informação para uma nova geração de engenheiros. Estou presumindo.

Be the first to comment on "LeVar Burton quer dirigir Star Trek: Picard"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*