Frakes explica má audiência de “Roswell”

A série sci-fi teen “Roswell” saiu como fracasso de audiência na Warner americana para se tornar um fracasso de audiência na UPN. Mas, segundo o produtor-executivo Jonathan Frakes (William Riker), a culpa é do horário em que a série está sendo exibida.

“Acho que sofremos de estar no que o ‘L.A. Times’ chama de hora mais competitiva na televisão”, disse Frakes à Cinescape. “Nove da noite às terças é complicado e porque estamos em parceria com ‘Buffy’ não era realista mover ‘Roswell’ para outro horário. Então estou curioso para ver como sobreviveremos.”

A série sempre teve uma existência incerta, constantemente sob a ameaça do cancelamento e pulando de rede em rede. “A série, desde o começo, quando o piloto foi feito, conseguiu ter uma vida bem interessante, porque foi feita para a Fox e no último momento foi vendida para a WB, onde ficou por dois anos e, depois que a WB perdeu ‘Buffy’, a UPN decidiu comprar ‘Roswell’ também. Então realmente foram três redes.”

Apesar de todos os problemas, Frakes aprecia o produto final. “Eu gosto de ir lá. Eu gosto dessa turma. Eu acho que eles realmente têm talento e gosto de manter minha mão nisso.”

A UPN ainda não encomendou a segunda metade da temporada, que seria a terceira da série. Segundo relatos recentes, a rede pode cortar os pedidos dessa temporada para apenas 19 episódios. O CEO da UPN, Dean Valentine, disse recentemente que “estamos perto de tomar uma decisão”. “Meu melhor chute é que essa é uma série que merece um pouco mais de tempo para se encontrar.”

Fonte: TrekToday

Be the first to comment on "Frakes explica má audiência de “Roswell”"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*