Lindelof fala sobre orçamento, data e novo trailer

damon-lindelof.JPGO site The Trek Movie publicou a primeira parte da entrevista com um dos produtores de Jornada nas Estrelas, Damon Lindelof, que falou sobre a sua paixão pela franquia. Agora, nesta segunda parte, ele responde sobre o orçamento, efeitos especiais, nova data de lançamento e os futuros materiais promocionais do filme. Veja os trechos mais importantes de seus comentários.

Como foi que ocorreu a mudança na data de estréia do filme e qual foi a reação de J. J. Abrams?

Lindelof: “J. J. recebeu a visita dos executivos da Paramount, incluindo o presidente da empresa Brad Grey, que por sinal foi quem contratou J. J. para dirigir o filme. Após a conversa, J.J. enviou um e-mail a todos nós dizendo: “não digam nada sobre isso, mas eles moveram a data do filme do Natal para o próximo verão e isso será uma boa coisa”. Acredito que os executivos do estúdio, baseados nas notícias dos jornais, no que viram nas gravações e no entendimento que estão tendo do que o filme representa, estão começando a olhar a franquia como um filme de massa para o verão, ao contrário de toda a produção de ficção científica, considerada não tão acessível a uma ampla audiência de Natal. De modo que a razão para eles mudarem a data de estréia foi a habilidade de vender o filme no mercado e um pouco de posicionamento como foi com Piratas do Caribe“.

Já que a data de estréia mudou, o término das filmagens vai ser mantido?

Lindelof: “Sim. Acredito que no meio de abril”.

Qual o efeito dessa mudança no orçamento?

Lindelof: “O efeito orçamentário mais significativo que poderá causar é que não teremos de correr com a pós produção. Como você já pode imaginar existem zilhões de efeitos especiais. Eu vi alguns deles sendo trabalhados pela ILM e o supervisor de efeitos, Roger Guyett, não está nem um pouco preocupado. Então, eles terão basicamente mais tempo para processá-los no Natal. Desse modo, provavelmente faremos um filme um pouco menos caro para produzir”.

Houve rumores de que J.J. Abrams teria ficado chateado, durante a greve, por estar impossibilitado de fazer mudanças no roteiro como queria. Vocês irão refazer algumas gravações?

Lidelof: “Bem. Até nós vermos o filme terminado e tudo que filmamos, você não pode determinar se deverá escrever um ADR (gravação de diálogo adicional), mas estamos sempre escrevendo um ADR. Se um ponto necessita ficar mais claro, você escreve uma linha de diálogo após o fato. Creio que a frustração de J. J. foi resultado dele pôr a cena para gravar, ver os atores interpretando e achar que precisava de uma mudança aqui, de uma fala acolá, de um pouco de improvisação e se ele não pôde fazer isso durante a greve, eu creio que foi uma frustração para ele”.

A nova data de lançamento do filme mudou os planos para apresentação do próximo trailer e de outros materiais promocionais?

Lidelof: “Nós ainda estamos no meio de nossos planos de publicidade. Obviamente, a programação será alterada para acomodar a nova data. Meu palpite é que a estratégia seja fazer a coisa ficar mais devagar. Mas nesse ponto temos de ter ciência de que uma vez que o filme fique pronto, o acréscimo que filmarmos, provavelmente será um convite a spoilers, se filmarmos tudo de volta. Desse modo, nós ainda queremos lançar essas imagens. Com referência ao primeiro trailler, eu ouvi falar que ainda teremos para esse verão (de maio a agosto) um trailer completo para o filme. Mas eu não ficaria surpreso se eles decidissem mudar isso. Eu não tenho a resposta exata agora”.

Quando anunciaram a mudança na data de estréia do filme, o porta-voz do estúdio disse que Jornada ficaria no mesmo nível de Guerra nas Estrelas, Transformers, Indiana Jones. Você acha que esse filme será realmente um blockbuster?

Lindelof: “Eu não sou certamente a pessoa para prognosticar que o filme será um sucesso de massa. Nós estávamos muito confortáveis com a data do Natal. Quando nos sentamos para discutir sobre como levaríamos a franquia, a questão foi muito simples: podemos fazer algo bom? E encontramos um modo de fazer o filme, onde os fãs sentirão que as quatro décadas de história e canon não serão ignoradas, mas também fizemos o filme ter um ponto de acesso para as pessoas que querem conhecer a franquia e que verão sua história pela primeira vez. Nós seguimos esse caminho, pegamos algumas idéias por aí e tornamos (essas idéias) totalmente infectadas. Desse modo você nunca saberá. Em fevereiro último, Transformers, foi uma brincadeira. As pessoas criticavam perguntando quem iria ver um filme com atores vivos e CGI, para uma franquia de brinquedo e desenho animado. Então, quando começaram a ver os trailers, começaram a entender que isso estava ascendendo para um nível diferente. Assim, com relação a Jornada, até as pessoas começarem a ver o que estamos fazendo, eu não tenho como saber se o filme será ou não um sucesso de bilheteria. Mas, obviamente, a Paramount acredita que sim e isso é muito tranquilizador para nós. Não estamos fazendo o filme exclusivamente para as pessoas que não conhecem Jornada, ou para os fãs, estamos fazendo o melhor filme que podemos”.

Fonte: Trek Movie

7 Comments on "Lindelof fala sobre orçamento, data e novo trailer"

  1. Um filme quando acontece, é um processo demorado e que envolve muitos profissionais, existe muita coisa acontecendo, e muita coisa ainda vai acontecer no processo até a finalização.

    Jornada nas Estrelas, merece um produto final da melhor qualidade, e acredito que isso vai se tornar realidade.

  2. “o porta-voz do estúdio disse que Jornada ficaria no mesmo nível de Guerra nas Estrelas, Transformers, Indiana Jones”

    Não sei se isso é bom ou ruim…

  3. Se for o nível de arrecadação em bilheteria tudo bem! Mas se esse nível de bilheteria for alcançado diminuindo o principal que é a qualidade da historia do jornada aí naum ta com nada! Mas penso que não vai acontecer. Vai ser um filmaço!

  4. quanto estar no nivel de indiana jones e trasnformers, acho que é pouco – quanto a sw é querer demais – sw foi concebido esclusivamente para o cinema, então o mesmo está em seu próprio meio – indiana jones já é um refugo, independentemente de harrison ford, que é o cara – transformers como citado acima, foi uma brincadeira, e que da minha otica deu certo – até que gostei do filminho – jornada esta em outro patamar – é mais antigo que tudo isso e mais atual ao mesmo tempo – acho que jornada tem que estar no nivel de jornada e fim de papo – pra mim, se estiver no nivel de “ira de khan” ja está bom – é simplesmente um filme – vamos nos divertir

  5. ^2: me too! =/

  6. Thiago Nóbrega | 5 de março de 2008 at 9:17 am |

    Concordo com Lindelof. A idéia de mostrar o início do seriado, com o rpimeiro encontro entre Kirk e Spock vai possibilitar uma nova leva de fãs. Abrams acertou em cheio e certamente “Jornada nas Estrelas” surpreenderá. Engraçado é que tenho observado que os mais pessimistas me relação a esse novo filme são os trekers. Por que?

  7. Luís Henrique Campos Braune | 6 de março de 2008 at 5:46 pm |

    Quanto ao post 7: é que os trekers, além de serem exigentes, se cansaram de ver alguns maltratos na franquia.

    Sou treker e razoavelmente exigente…

Leave a comment

Your email address will not be published.


*