Estamos a poucos dias da sequência da primeira temporada de Star Trek Discovery. Aproveitando a oportunidade vamos dar início ao review dos quadrinhos baseados na série. Publicados pela  IDW Publishing, “Star Trek: Discovery – The Light of Kahless” é a primeira edição de uma história em quatro partes, que se liga aos eventos da série e é focada no personagem T’Kuvma.

Escrito por Mike Johnson e Kirsten Beyer (que também é roteirista da série) e com arte de Tony Shastee, a história começa após o episódio “Battle at the Binary Stars”.

Voq e L’Rell se recuperam após a morte de T’Kuvma na batalha contra a Federação. O cadáver da capitã Georgiou serve de alimento aos Klingons sobreviventes da nave sarcófago, e os quadrinhos preenchem esse visual bizarro.

À deriva e abandonados pelas demais casas, Voq, está em dúvida sobre sua capacidade de liderar a Casa T’Kuvma e salvar o que resta da tripulação. Mas L’Rell conta a verdadeira história de quem era T’Kuvma e por que ele escolheu Voq para sucedê-lo como líder.

A história então volta no tempo até quando T’Kuvma era um jovem Klingon em Qo’noS. Seu pai recentemente falecido, seu nome de família e sua Casa, a Casa Girjah, desonrados e banidos do Conselho Superior Klingon, e seu tio apenas se preocupa em cuidar do pouco que resta.

Atormentado e provocado por seus quatro irmãos mais velhos, T’Kuvma foge para a floresta e descobre uma antiga nave em ruínas. Ao entrar nela, ele vê sua irmã J’ula e o que resta dos criados e os membros da casa Girjah que se refugiaram nesta antiga nave e que agora chamam de casa. É aqui que J’ula revela a verdadeira natureza do legado de sua família e seus planos para reconstruir a nave para abrir caminho para Boreth e encontrar o primeiro e verdadeiro Klingon renascido, Kahless.

T’Kuvma mantém esse conhecimento da nave e de seus habitantes em segredo e retorna para casa de seu tio e irmãos. Ele vai a nave regularmente para treinar métodos de batalha e aprender a ser um verdadeiro Klingon. No final desta edição, vemos T’Kuvma indo a Boreth, um antigo mosteiro, a mando de sua irmã, para estudar os ensinamentos de Kahless (como Worf eventualmente fará no episódio da temporada 6 de A Nova Geração em “Rightful Heir”).

Aguardemos a próxima edição.