LeVar Burton e o encontro de A Nova Geração

O site NMR postou uma entrevista com o ator e diretor LeVar Burton (LaForge), que comentou a respeito de seu programa Reading Rainbow, o aniversário de A Nova Geração e o relançamento da franquia por J. J. Abrams. A seguir os trechos mais importantes.

O que você está fazendo hoje em dia?

LeVar Burton: Estou viajando muito agora. Eu estive na estrada durante todo o verão, realmente, este é o verão de viagem. Apenas uma convergência bizarra de todos estes pontos de encontro em minha vida – neste é o verão relançamos “Reading Rainbow” como um aplicativo para o iPad, o 25 º aniversário de A Nova Geração, então eu tenho muito mais compromissos do que normalmente teria durante o decurso de um ano. Além disso, eu estou de volta na TV com uma série na TNT chamada de “Perception”, com Eric McCormack, e eu amo fazer parte desse grupo de pessoas, é um grande elenco. Eu adoro assistir o trabalho de Eric, e ele também é um dos produtores da série, por isso é apenas sido um verão muito ocupado. Estou viajando todo final de semana. Este fim de semana é o primeiro fim de semana que não tenho de viajar – Eu não me lembro quando fiz isso.

Então você ainda está muito próximo do elenco todo de  A Nova Geração?

LeVar Burton: Oh sim. E essa é a grande coisa sobre este tipo de aniversário de 25 anos com a turnê de celebração que começou este ano em Calgary e vai prosseguir no ano de 2013. Acho que estaremos em Toronto no próximo ano, eu acho que seguiremos para San Francisco, e Austin este ano. Estaremos todos lá! E é muito divertido para nós, porque Patrick (Stewart) vive mais na Inglaterra agora, e ele está fazendo teatro, e Jonathan (Frakes) seguindo seu trabalho de direção, ele está sempre viajando para Vancouver ou outra cidade dirigindo “Burn Notice” e todas as outras séries que ele dirige, por isso é raro quando temos a oportunidade de nos reunir. É muito bom, por isso é divertido. Eu estou procurando por isso.

Eu acho que Patrick tem uma conta no Twitter.

LeVar Burton: Patrick tem uma conta no Twitter. Ele me disse há um ano, certo! Eu estava lá para vê-lo em Merchant of Venice (O Mercador de Veneza), e eu estava dizendo a ele sobre o Twitter, e ele me disse, [imitando um sério Patrick Stewart] “Eu nunca, nunca”, e agora aqui está ele @ SirPatStew no Twitter. Acho que é porque Michael Dorn aderiu, ele pensou bem, “se Dorny pode fazer isso, qualquer um pode fazer”, [Risos]. Nós fazemos esse tipo de provocação ao Michael sobre um Worf mudo, grande e estúpido.

Você acha que existe uma chance de haver um reencontro em filme ou TV de novo para vocês?

LeVar Burton: Eu duvido. Você sabe o que é estranho é que eu não sei quanto tempo se passou desde que nós realmente estivemos em produção ativa, em qualquer coisa como um filme, como um elenco, ao longo de dez anos, eu acho, que o amor que as pessoas nos dão, ao elenco, é simplesmente fenomenal. E os fãs nos perguntam muito, “Existe alguma chance, há alguma chance?” Eu não sei. Eu não penso assim – não é para mim. Eles certamente não me consultaram; estas decisões são tomadas em um grau acima do meu. Quero dizer, eu certamente estaria abertos a isso. Depende da história, eu acho, e isso seria a mesma coisa para todos, mas eu quero dizer, ficando todos juntos, encontrando a consistência certa … sim. [Risos]

O que você pensa sobre o reboot de J.J. Abrams, “Star Trek?”

LeVar Burton: Você sabe, eu amei o primeiro flme. Eu amei o reboot, eu achei fantástico. Eu amei os personagens, o elenco foi incrível. Eu acho que J.J. é um contador de histórias realmente excitante, e eu estou ansioso agora para este próximo filme, porque ele tinha as mãos cheias. Ele tinha muito a ver com o reboot, e por isso o filme foi realmente sobre a reintrodução desses personagens que nós conhecemos e amamos. Agora eu realmente quero ver o que J.J. tem a dizer a respeito – o que ele quer falar, porque os melhores filmes de Jornada, mesmo os piores, tentaram falar sobre algo. Então, vamos ver.

Fonte: TrekWeb

7 Comments on "LeVar Burton e o encontro de A Nova Geração"

  1. O Levar tá parecendo o Ed Murphy kkkkkkkkkkkkkkk!!!!!!!!!!!!

  2. Esse é o ponto: …”o que ele quer falar, porque os melhores filmes de Jornada, mesmo os piores, tentaram falar sobre algo. Então, vamos ver.”

    O pior filme de ST, pra mim, é o máximo!!!!

  3. Todos tiveram caminhos diferentes,após o sucesso de TNG e filmes…
    Ver Levar Burton bem e fazendo coisas diferentes,mostra como a série mudou sua vida.
    Logo veremos ele é todo elenco para o relançamento do Bluray e na comemoração de 25 anos da,série.E acredito ainda que este ano promete pra todos eles,por causa do relançamento da TNG!?

  4. Gente, saudosismos à parte ( eu tbm sou um baita nostálgico de plantão ) mas creio que o próprio LeVar é o mais realista de todos. Apesar de gostarmos muito de TNG, o próprio estúdio largou de mão tudo que era relacionado com o chamado “ST classic way”. NÂO teremos reunion, NÂO farão nada especial em relação aos 25 anos, se alguém fizer serão os FÂS.
    É pena a Paramount/Viacom, ou sei lá o que isso virou, faça de conta que o “passado” de ST nunca aconteceu ( cadê os box restantes das outras séries? ). Largou tudo na mão de JJ ( que não é bobo e já deve estar pensando em algo para sua Bad Robot… ) e anda investindo só nos filmes de cinema sem lembrar de sua velha galinha dos ovos de ouro.
    Bem, de qualquer forma é legal ver que todos estão bem e produzindo bastante!

  5. Trekker
    Na verdade todos os filmes de ST são bons, pelo menos comparados ao que temos com relação a SciFi e também à extensa maioria de filmes. Quando criticamos é com a aferição dos melhores, apesar das grandes diferenças de opiniões entre nós mesmo (como se chama, mesmo? IDIC?).
    É verdadeiramente lamentável que qdo se fala em Scifi em geral, temos que pescar algumas boas histórias, alguns dos melhores filmes são de produções independentes de muito baixo custo. E os grandes clássicos do passado ainda são imbatíveis em relação ao presente, como poderíamos dar como exemplo: O DIA EM QUE A TERRA PAROU.

  6. Falou e disse Carlosjos1701!! A Paramaunt esqueceu a sua galinha de ovos dourados!

    Pensem!! Oque será que teria ocorrido com a Paramaunt se Star Trek não tivesse existido?

  7. É isso aí, VERDE. Da série de filmes anterior a JJ, gosto de todos. Difícil achar algo ruim neles. Sim, tem os melhores e os piores, mas gosto de todos.

Leave a comment

Your email address will not be published.


*