Giacchino e o desafio de criar trilha para Jornada

michael-giacchino.jpgO compositor Michael Giacchino esteve presente no County Museum of Art de Los Angeles como palestrante, para falar a respeito de suas obras musicais nas séries de TV, filmes e jogos de video-games. No evento, Giacchino teve a oportunidade de comentar sobre o desafio em iniciar o trabalho de produção de uma trilha sonora para o novo filme de Jornada nas Estrelas.

Michael Giacchino começou sua carreira de compositor musical em video games para o estúdio DreamWorks. No cinema ele produziu para os desenhos animados Os Incríveis e Ratatouille e Missão Impossível 3, além de séries como Lost e Alias. Atualmente está encerrando a produção da trilha do filme Speed Racer.

O compositor lembrou de seu primeiro contato com J. J. Abrams. Ele recebeu um e-mail do produtor dizendo que tinha jogado todos os games, onde havia a trilha sonora criada por Giacchino e que gostou muito. Então o compositor foi convidado a trabalhar no tema da série Alias, onde reintroduziu o uso de partituras orquestradas e na qual Giacchino ganhou o Emmy.

Com o fim do trabalho em Speed Racer, Giacchino volta suas atenções para Jornada nas Estrelas e diz que se encontra ainda assustado por tal responsabilidade. A pós-produção já começou e o músico está prestes a iniciar a composição da nova trilha sonora, “Nesse ponto eu ainda faço de conta que não tenho mesmo de escrever a música. Porque conversar sobre coisas que você gosta, e uma delas é Jornada, é muito amedrontador”, disse o músico, “Isso é uma grande montanha para mim. Porque James Horner e Jerry Goldsmith, em particular, são dois caras que eu tenho um enorme respeito e sou fã deles. Claro que eu ouvi a trilha de Jornada nas Estrelas: O Filme e A Ira de Khan interminavelmente quando jovem e estar aqui na iminência de começar um trabalho com J. J. Abrams é assustador”.

No filme Cloverfield, J. J. Abrams não quis trilha musical, mas Giacchino conta que como adora filmes de monstros chegou a conversar com Abrams a respeito de introduzir uma espécie de tema no fim, chamado Roar (“rugido”), com os créditos. O site SoundtrackNet informa que esse Roar (“rugido”) será mostrado no iTunes no dia 29 de abril.

Fonte: Trek Movie.

7 Comments on "Giacchino e o desafio de criar trilha para Jornada"

  1. Luís Henrique Campos Braune | 28 de abril de 2008 at 5:13 pm |

    Espero que não invente coisas fora do padrão… quero reconhecer no trabalho dele o padrão ST…

  2. Ralph, o Giacchino é muito bom, gosto do trabalho dele. Mas para o filme Cloverfiel ele não compôs um “rugido”, como você traduziu, mas sim uma música chamada “Roar” (rugido). O parágrafo final do seu texto, traduzido do Trek Movie, ficaria assim:

    “Para o filme Cloverfield, J. J. Abrams não quis uma trilha incidental. Giacchino lembrou como adorava filmes de monstros, e queria tanto compor uma trilha original que pediu para Abrams adicionar seu tema “Roar” nos créditos finais. Obviamente não há um álbum com a trilha sonora, mas o site Sountrack.net informou que “Roar” será lançado via iTunes no dia 29 de abril.”

  3. Luís Henrique Campos Braune | 29 de abril de 2008 at 11:45 am |

    Tomara que ele mantenha os acordes originais no meio do trabalho dele… é legal ouvirmos uma música e pensarmos: isso é ST!

  4. Braune, ele fez uma maravilhosa homenagem ao Godzilla nos créditos de Cloverfield (essa música Roar que o Saldan falou), então estou meio tranquilo quanto ao ingrediente nostálgico que deve aparecer em algum lugar da trilha…

  5. O teaser trailler dá uma dica que termos algo mto semelhante à série original, pelo menos na música tema.

    Até pq o resto, à lá anos 60 é de doer.

  6. Ralph Pinheiro | 29 de abril de 2008 at 9:31 pm |

    Obrigado, Saldan.

Leave a comment

Your email address will not be published.


*