Faran Tahir honrado por fazer um capitão árabe

faran-tahir-3.jpgO ator paquistanês, Faran Tahir, que interpreta o capitão Robau no filme de Jornada nas Estrelas comentou ao site SciFi Wire a respeito de sua alegria em trabalhar para a franquia fazendo um capitão da Federação. Ele se disse honrado por fazer um personagem do Oriente Médio que não tem características de vilão. O ator também disse como se sentiu ao gravar na ponte de comando de uma nave.

Tahir descreveu a si mesmo como uma criança ao andar pelo cenário da nave em que gravou as cenas, “A primeira coisa que você sente é de estar de repente com nove anos de idade, ao saber que estará em Jornada como um capitão”, disse o ator durante a promoção do seu último filme, O Homem de Ferro.

“Você caminha, olha ao redor da ponte de comando e seu primeiro momento é dizer “Uau! Eu estou na ponte de uma nave da Federação e sou um capitão”. Isso foi exatamente o que se passou em minha cabeça. Mas aí você tem de se restabelecer, seguir em frente e fazer o trabalho”, disse Tahir.

O ator acrescentou que J. J. Abrams ao introduzir um personagem como Robau está mantendo o espírito original do criador Gene Roddenberry, “A coisa que mais gosto sobre essa idéia é que, para mim, ela dá muita esperança de que no futuro todas essas divisões raciais e culturais não serão questões mais discutidas. E esse é o espírito de Jornada, não é? Para mim como ator, foi um privilégio ser capaz de fazer isso, onde meu personagem não estava sendo visto através do prisma de minha cultura ou ligação étnica”, finalizou o ator.

Fonte: TrekWeb.

2 Comments on "Faran Tahir honrado por fazer um capitão árabe"

  1. Marcelo Silvano de Camargo | 30 de abril de 2008 at 1:33 pm |

    Há tempos não lia uma notícia sobre Jornada que nos remetesse ao espírito original da série de forma tão contundente como a participação de Faran Tahir no papel do capitão árabe Robau.É salutar a existência de um personagem árabe,sem o estigma de vilão para se resgatar o clima cosmopolita de Jornada.Esperemos que não seja mais um personagem caricato ,mas sim que possua alguma tridimensionalidade verossímil.Dá-lhe Chekov da Arábia !

  2. Luís Henrique Campos Braune | 2 de Maio de 2008 at 10:26 am |

    Hummm… esse nosso amigo já apareceu por aqui. Tenho esperenças nesse cara… mas que ele tem cara de mau, tem!!

Leave a comment

Your email address will not be published.


*