Jornada em 30 segundos

pike.jpgNa versão anterior do Trek Brasilis existia uma coluna, semanal, que durou poucos meses. De nome Jornada em 30 segundos, tentava trazer algumas informações sobre a franquia de maneira rápida e opinativa. Por isso, o nome. Após alguns anos, ela está de volta.

A COMUNIDADE TREKKER está mais ativa do que nunca. Bom, exatamente nunca não, mas perto dos últimos meses, não se viu nada igual. Desde o fim de Enterprise, em 2005, não há tanto para se discutir. Nós, do Trek Brasilis, estamos, claro, adorando tudo isso. O site, que passou por uma grande reformulação há cerca de um ano, está recebendo mais visitas do que na sua época áurea, entre 2001 e 2003.

A POLÊMICA, claro, está instaurada. O novo filme respeita o cânone, ou não? Embora as discussões estejam acirradas, é claro que NÃO. Vide as tais quatro cenas exibidas recentemente por Abrams à imprensa norte-americana.

NELAS, temos o cadete Kirk a bordo da USS Enterprise, capitaneada por Christopher Pike. Só aí já ferrou tudo. De acordo com sites estrangeiros, parece que Chekov já servia na nave enquanto Kirk estava por lá como cadete. Não que Kirk servisse na nave, veio a bordo somente para aquela missão, trazido pelo Dr. McCoy, com uma desculpa.

AS QUATRO CENAS ainda mostram Spock como capitão em exercício, com Kirk como primeiro-oficial, também em exercício (a nave é de Pike).

AINDA TEMOS a nave sendo construída em Iowa, Uhura com Kirk na Academia, Scotty exilado num planeta gelado, e um monte de coisas que nada têm a ver com o cânone. Estão começando Jornada de novo, após 42 anos. É algo que dá para entender, claro, mas, como Luiz Castanheira disse bem, por que contar o primeiro capítulo de algo que provavelmente não terá muitos capítulos?

E VOCÊ viu a nave temporal do velho Spock, que aparece de relance no trailer? Bom, de acordo com o TrekMovie Report, é essa aqui, ó:

229.jpg

MUDANDO DE ASSUNTO, à meia-noite de hoje está encerrada a Promoção TB/Devir, que dá um exemplar da nova revista em quadrinhos Jornada nas Estrelas Klingons: Herança de Sangue. Nós já lemos a revista, e está excelente. Em breve publicaremos uma resenha completa a respeito.

TERMINANDO, não deixe de ver as fotos do evento comemorativo aos 15 anos de DS9 que a FFESP realizou em São Paulo no último dia 9. A disposição do clube paulista para realizar esses eventos, assim como também faz o Grupo Zona Neutra com a ABC Fiction, é algo que deve ser ressaltado. E se você faz parte de algum grupo de fãs que realiza encontros, não deixe de avisar o Trek Brasilis.

24 Comments on "Jornada em 30 segundos"

  1. Então, ESSA nave AÍ, do Spock, é que se chama NARADA (em Sânscrito: नारद, nārada).

  2. Leandro Martins | 21 de novembro de 2008 at 1:57 pm |

    Eu acredito que seria hora de começarmos a definir que aquilo com que o novo filme está rompendo não é o cânon, mas sim a atual cronologia principal de Jornada, como eu comentei no artigo anterior.

    Uma nova cronologia principal irá surgir, na qual a Paramount deverá basear as próximas produções daqui em diante, mas a anterior continua cânone como sempre foi.

  3. POST 1. Pelo site TrekMovie Narada é a nave de Nero. Não temos ainda o nome da nave de Spock

  4. Mario Auusto Gomes | 21 de novembro de 2008 at 2:11 pm |

    São 30 segundos, mas torçam pra ninguém voltar 1 minuto no passado e atropelahr isso tbem. Sabe como é, Star Trek…. salto no tempo…. vicia.

  5. Eu vi as fotos da convenção DS9’s 15 years.

    Gostei de todos os brinquedos presentes ali.
    Tinha toys do Lost, heróis DC/Marvel, séries do Inwin Allen, anos 70/80, desenho animado e do…

    Star Wars.

    Onde estavam os trekkers xiitas?

    Brincando escondido com seus…

    droids e Darth Vaders.

  6. Tudo bem com mudanças na cronologia, mas descaracterizar os personagens e/ou a essência de Jornada é criar outra coisa diferente. Não basta fantasiar a galera de uniformes amarelos, azuis e vermelhos pra virar ST. Então, se a essência for mantida, ok. Se mudarem as personalidades e características básicas da tripulação e do universo de Jornada em geral, aí é um filme de ação espacial qualquer, com neguinho fantasiado de Kirk e cia.
    Outro assunto: essa picuinha entre fãs de ST e de SW sempre foi essa babaquice toda? Gosto das duas franquias, mas não me agrada a idéia de ver ST contaminada por características de SW ou vice-versa. Cada um no seu quadrante!
    E finalmente alguém se propõe a falar sobre os quadrinhos. Ainda não li, mas já encomendei o meu.
    Talvez eu fique bem mais satisfeito lendo o gibi do que vendo o filme, então, talvez, pra mim, esse seja um acontecimento muito mais importante do que a TNJJST (The New JJ’s Star Trek).

  7. Jorge Rodrigues | 21 de novembro de 2008 at 3:42 pm |

    Mais SW

    Só para divertir, mas essa nave aí de cima é evidentemente uma evolução da nave pessoal do Jambo Feet!

  8. Eu fico só com uma dúvida. Se a história é tão aventureira, jovem e (provavelmente) não será nada cerebral, o que será que vai transformar essa história numa coisa tão fenomenal e incrível que fez o Nimoy participar desse filme e todo mundo elogiá-lo?

  9. Parece que ainda está difícil o fandom aceitar que ST XI não é TOS e não poderia ser, nem que a Paramount quisesse.

    Acredito que discutir o novo filme por essa ótica é uma atitude destrutiva.Do ponto de vista do não-dilema do cânon, concordo em gênero e grau com o Leando. ST já é uma obra hermética: se você não acompanhou os últimos 40 anos e trocentas séries…bye, bye!

    Esse filme é Jornada nas Estrelas para o século XXI ponto! Deveriamos analisar esse novo filme do ponto de vista do que realmente interessa para a sobrevivência da franquia:

    Terá um bom roteiro?
    Terá boas interpretações?
    Terá uma boa direção?

    Vejo muitas criticas conflitantes: uns reclamam que o filme tem efeitos demais, outros criticam que tem efeitos de menos. ST III tinha efeitos pífios e para mim foi um dos melhores filmes da franquia.

    Outros reclamam que o filme têm que ser mais “contemplativo” senão não será ST…oras! ST II teve MUITA ação e é lembrada sempre como um marco da franquia: todo novo filme de ST é comparado com ele.

    Eu pergunto:

    Alguém reclamou, na época, do casco de tartaruga no cocoruto dos Klingons em ST I, isso invalidou a continuação da franquia no cinema?

    Quanto mais cedo aceitarmos os fatos com realismo, menos tempos perderemos com um saudosismo mórbido. Essa atitude obscurece uma avaliação mais arejada da nossa parte.

  10. Se tudo isso não for uma outra linha temporal. Uma coisa vai ficar realmente escancarada. Um novo Gene Rodenberry estará surgindo para a nova franquia se ST século 21.
    Quem,
    Quem,
    Ahhh!!! Mr. LOST.
    Será esta sua real pretensão????
    Reformar tudo e ser um novo precursor da era moderna de ST????
    Uma coisa é certa para mim não chega nem perto.

  11. É esperar pra ver. De resto, é tudo especulação.

    Quando anunciaram o novo filme, eu e muita gente temia que seria a pá de cal na franquia.

    Torço muito para estar errado, mesmo sendo difícil isso, baseado nas informaçòes que já temos do filme.

  12. A melhor analise de todas até agora foi a do Ricardo (item 8).

    Fecho com todos os paragrafos.

    Senhores, nao estamos vendo o lançamento de um novo episodio de TOS no cinema. É uma nova serie, baseada na velha TOS, voltada para um novo publico, com a intençao clara (e nobre) de fazer a franquia continuar existindo.

    Essa discussão de cÂnon é sem sentido.

    O que importa é se o roteiro é bom, se a direção é eficiente e se as interpretações são convincentes.

    Se nao forem, é tudo lixo. Se forem, que ótimo.

  13. Realmente Cristian este filme é a ‘pá de cal’ em Jornada nas Estrelas, pois naõ acredito que vá arregimentar tantos novos fás assim, a molecada para qual este filme esta sendo feito vai esqueçe-lo assim que sair do cinema, eles não ligam mais para filmes de AÇÃO/CGI, tem sempre um novo ultra super novo assim toda semana.Quanto aos fãs antigos o Sr. LOST vai desagradar a todos mudando tudo que ja foi feito.

  14. Desculpe hildebrando , mas vou discordar. Chamar a audiência de hoje de “molecada de miolo mole” é exatamente o expediente que usaram comigo na minha época. Existe molecada de todo tipo, inclusive uma classe que se interessa por boas histórias.

    Não sei, fica parecendo que a bronca com o JJ Abrams se dá pelo fato dele ter criado LOST. Se é apenas picuinha entre franquias, do tipo “não entra no meu quintal, B&B nunca fizeram Arquivo-X” então eu encerro meu caso. Não dá para argumentar contra isso. É tão despropositado quanto comparar ST com SW.

  15. Reafirmando: eu não sou fã de LOST, sou fã de ST e quero que a franquia sobreviva e que sobreviva nas mãos de gente competente, capazes de criar boas histórias. Se for o Spilberg o Gutemberg ou o Nuremberg, para mim não importa.

  16. Concordo com 13
    Hoje em dia tem tanta opção de entreterimento(internet, TV a cabo, PS3, PC etc..), só de xbox360 é uma fábula de horas que essa molecada gasta. Outro dia, sábado passado, jogando na live cod 4, uns caras começaram a falar de ST XI, do trailer e tal…. a moçada riu qdo um colega contou entusiasmado… não era nem jovem, era um trintão.
    Esses filmes de ação tem 1 centavo a dúzia, fazem sucesso 7 dias e dão lugar para outro e outro, outro e assim vai…conseguir fidelidade é quase impossível

  17. Bem, é isso ai…essa “molecada desmiolada dos dias de hoje” que não presta atenção em nada vai rir desse que é só mais um “paperview” e os fans mais antigo vão ficar como os velhinhos do asilo de Springfield: reclamado que as cenas de ação do novo trailer estão incomodando as suas presbiopias e lembrando dos bons tempos em que não existia internet e o William Shatner atravessava a cortina de ferro para dar uma surra no Gorbachev naqueles desafios de boxe.
    Causa finita est.

  18. Discordo sobre essas afirmações sobre a fidelidade do jovem de hoje em seguir alguma coisa…

    Vide Harry Potter , O Romance Crecúsculo e tb Piratas do Caribe.

    Essa criançada sabe o que quer mesmo não sendo o melhor aos nossos olhos. Eles fazem escolhas como nós e sabem seguir algo do seu agrado como nós.

    Uma pessoa que não faz uma boa escolha conforme os nossos parâmetros não é uma boba… Apenas culturalmente diferente.

  19. Voltando:
    Crecúsculo, não… Crepúsculo.
    Desculpe.

  20. Eu só espero que as continuações sigam uma nova cronologia, não sendo “texto livre” para cada filme.
    O Arquivo X, por muitas vezes, ignorava acontecimentos de episódios anteriores, como se não existissem, espero que nesta nova fase de ST isto não aconteça.

  21. Quando vcs debatem usando pura LÓGICA praticamente se esquecendo do FÃ-natismo eu fico feliz e, por outro lado, até meio receoso.

    Quando mesmo que sai o gibi COUNTDOWN ???

    Será que vai sair em português-brasileiro????????

  22. Se é para avacalhar o canon pela audiência, gostaria que eles mantivessem a coerência continuando sendo incoerentes com o canon, mesmo o canon que eles estão inventando.

  23. “Também estão listadas mais duas naves sem descrição, mas com nomes estranhos.

    A primeira chama-se Jellyfish Vehicle (nave medusa) e a OUTRA Narada Vehicle. Segundo apurou o site TrekMovie, as naves PODEM se referir a uma única, a nave de Nero.”

    Ou seja, é incerto SE são ou não a mesma nave.

    Por conta de meus palpites QUASE sempre estarem certos, insisto e vou de:

    JELLYFISH Vehicle como a nave do NERO.

    NARADA Vehicle como a nave do SPOCK.

    Daqui a algumas semanas a gente fica sabendo melhor, não é mesmo?

  24. Eu naum me importo se querem ou não agradar novos fãs. Ora, essa molecada de hoje pode muito bem virar fã sim, independente da geração deles! Eu mesmo só comecei a ver ST com vontade a um ano, antes disso era um mero espectador esporádico!

    Mas o que impede do cânone conquistar essa molecada de hoje? Obvio que existem formas de contar as histórias e hoje é necessario uma forma mais agitada, muito diferente dos tempos em que eram contadas as histórias originais, mas pra isso precisa dessa descaracterização toda?

    Lembrem-se, padawans: Eu não preciso descaracterizar uma história para recontá-la!

Leave a comment

Your email address will not be published.


*