Diretora revela qual não será o nome da série do Picard

Ainda não sabemos como a nova série do capitão Picard vai se chamar, mas já sabemos como não vai se chamar. Respondendo a fãs nos Twitter, a diretora contratada para dirigir os dois primeiros episódios, Hanelle Culpepper, disse que o programa não se chamará “Star Trek: Picard”.

É uma refutação peremptória do que havia recentemente dito a atriz Sonequa Martin-Green, estrela de Star Trek: Discovery, em entrevista a Larry King. Na ocasião, ela disse que a série se chamaria “Picard”. Agora, como já se desconfiava, descobrimos que trata-se apenas de um título provisório para uso interno.

A mais nova encarnação da saga de Jornada nas Estrelas está cada vez mais perto de entrar em produção. O início das gravações está marcado para 14 ou 15 de abril, no Santa Clarita Studios, nas cercanias de Los Angeles.

Nela, sir Patrick Stewart regressará ao papel de Picard, para alegria geral dos fãs, mas pouco se sabe além disso — os segredos vêm sendo guardado a sete chaves e revelados a conta-gotas no melhor estilo Seção 31. Até agora, foram escalados para coestrelar o programa Michelle Hurd, Santiago Cabrera e Evan Evagora, mas nada de oficial foi dito sobre seus papéis. E um dos mistérios que pairam ao redor da nova produção é justamente o nome que foi atribuído à nova série.

Stewart chegou a declarar, numa entrevista concedida durante a divulgação do seu novo filme, The Kid Who Would Be King, ainda no mês passado, que o título da série já havia sido escolhido, mas não podia revelá-lo.

Nesse sentido, não custa lembrar que a CBS já havia registrado vários títulos para algumas das futuras séries de Jornada em desenvolvimento. Dentre esses possíveis nomes, muitos viram “Star Trek: Destiny” como um título em potencial para a série do nosso ilustre Capitão Picard.

Entretanto, a Production Weekly, um serviço de notícias sobre produções de televisão e cinema que conta com fontes confiáveis, referiu-se novamente ao programa em sua última edição como “Star Trek: Picard”, mas sem incluir o título “Star Trek: Destiny” como possível nome da atração.

As informações com relação ao título parecem se desencontrar, talvez, até propositalmente para se manter o mistério. E pelo visto o segredo deverá perseverar até que haja um anúncio oficial da CBS.

Seja como for, este momento deve estar próximo. Espera-se que a temporada tenha dez episódios e que os trabalhos de produção perdurem até meados de setembro. Os planos da CBS são de estrear o programa ainda no final de 2019, no CBS All-Access, serviço de streaming disponível no mercado americano. Ainda não há informações sobre a distribuição internacional.

Be the first to comment on "Diretora revela qual não será o nome da série do Picard"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*