Numa época em que as redes de televisão não tinham a opção de enviar por DVD para agências de publicidade seus programas, folhetos eram enviados para convencer os anunciantes a comprar o tempo comercial daquele show. Aproveitando a comemoração dos 45 anos de existência de Jornada nas Estrelas, o Trek Brasilis apresenta para você o primeiro livreto lançado para promover a série original, nos anos 60.

Veja abaixo uma transcrição na íntegra dessa propaganda da série feita pela rede NBC, na época, e que foi encontrada pelo site The Invisible Age.

A cartilha apresenta uma capa com James T. Kirk (William Shatner) como o capitão da USS Enterprise e Yeoman Smith (Andrea Dromm) ao seu lado.

Jornada nas Estrelas.

De acordo com recentes estimativas científicas, o número de estrelas no universo é tão numeroso  que somente uma em um bilhão delas possui um Sol com planetas e somente um em um bilhão destes planetas tem o tamanho da Terra e composição. O universo ainda conteria algo em torno de três milhões de mundos capazes de suportar vida inteligente como a nossa.

Assim como a missão da nave Apollo a Lua move-se a partir da prancheta para a rampa de lançamento, Jornada leva os espectadores de TV além de nosso tempo e do sistema solar para as profundezas inexploradas interestelares em uma série com uma hora de aventuras. A cada semana, o público inicial será convidado a juntar-se aos homens e mulheres a bordo da Nave Espacial Unida Enterprise, quando este grande cruzador estelar buscar terras seguras no espaço.

A próxima página do folheto descreve a Enterprise e sua missão, o capitão James Kirk, e William Shatner, o ator que faz um dos papéis principais.

USS Enterprise e sua Missão.

A USS Enterprise é uma nave estelar tamanho cruzador deslocando 390 toneladas e conduzida por uma tripulação de 400 pessoas. Seus decks espaçosos compreendem a ponte, salas de controle, quartos da tripulação e muitos laboratórios de ciência e departamentos técnicos, com acomodações para passageiros e espaço de armazenagem e carga suficientes para viagem de longa duração. A missão da Enterprise inclue investigação científica e reconhecimento prévio de mundos inexplorados, providenciar ajuda e suprimentos às colônias da Terra, promover a cortesia diplomática em civilizações alienígenas e fiscalizar o cumprimento das leis que regulam o comércio com as colônias da Terra.

Embora a USS Enterprise represente uma notável realização científica e tecnológica da era próxima das viagens intergaláticas, o principal foco dramático de Jornada nas Estrelas estará no capitão da nave, tripulação, passageiros e seres inteligentes (humanos ou não) encontrados em suas viagens. Na conduta de toda a ficção especulativa de sucesso dos clássicos de Jules Verne, H.G. Wells, Aldous Kuxley aos trabalhos dos mestres da arte atuais como Ray Bradbury, Isaac Asimov e Kingsley Amis, as histórias de Jornada estimularão a imaginação sem desviar do intelecto. Enquanto especula no fascinante caminho do futuro, a série também terá muito a dizer sobre o que isso é significante para nós hoje.  

 

Capitão James T. Kirk da nave USS Enterprise

Um graduado da Academia Espacial, o capitão James T. Kirk aprendeu a aceitar a solidão do comando tão rápido quanto subiu nos degraus da promoção, embora ele nunca aprenderá a gostar da solidão que seu posto traz. O comando de uma nave é a mais importante posição que um homem pode alcançar no Serviço do Espaço, desde que ele sozinho possa e deva tomar as decisões em seus contatos com outros mundos que possam afetar o futuro curso das civilizações através do universo. Por enquanto, James Kirk tem provado a ele mesmo ser capaz para esta impressionante responsabilidade. Um homem forte, capaz, altamente inteligente em seus trinta e poucos anos, Kirk é um líder nato, que treinou a si mesmo a caminhar na corda bamba entre amizade e autoridade sem perder seu senso de humor e compaixão pelos outros.

William Shatner.

É um dos jovens atores mais procurados na TV. Canadense de nascimento, William Shatner também é conhecido por sua participação em filmes e na Broadway. Na Broadway ele criou o papel principal Robert Lomax em The World of Suzie Wong e co-estrelou com Julie Harris em A Shot in The Dark. Ele estreou no filme Os Irmãos Karamazov;  interpretou o ajudante do personagem de Spencer Tracy em O Julgamento de Nuremberg; trabalhou com Patty McComark em Geração Explosiva;  esteve no elenco do filme da MGM “The Outrage”. Os telespectadores já o viram em muitas séries dramáticas de TV como O Agente da U.N.C.L.E., Dr. Kildare, The Defenders,  Alfred Hitchcock Presents e Bob Hope Presents the Chrysler Theatre.

Outros personagens conhecidos são descritos juntamente com seus intérpretes, como o Sr. Spock, o Engenheiro Scott e o físico Sulu. Detalhe para as ausências de Deforest Kelley e Nichelle Nichols que estrearam como McCoy e Uhura em “The Corbomite Maneuver”.

Sr. Spock

O Oficial de Ciências Spock tem uma precisa e lógica mente herdada de seu pai (nativo do planeta Vulcano que casou com uma mulher humana). Devido aos Vulcanos considerarem alguma exibição de emoções como uma quebra do bom gosto, Spock raramente revela o que ele está pensando ou sentindo, muito menos por sua fala ou expressão facial. Ele não pode, contudo, mascarar sua curiosidade felina sobre tudo que é de origem alienígena. Isso algumas vezes prova ser seu calcanhar de Aquiles.

Leonard Nimoy

Visto brevemente com Rock Rudson e Salome Jens na produção da Paramount por John Frankenheimer. Nimoy também interpretou papéis dramáticos ao longo de sua lista de séries de TV. Ele é conhecido na Costa Oeste por interpretar papéis aclamados pela crítica. Na TV esteve em O Agente da U.N.C.L.E, The Virginian, Kraft Suspense Theatre e Combate.

 

Dr. Piper

O oficial médico Dr. Piper é o mais velho e o mais experientado viajante do espaço a bordo da Enterprise. Como chefe do Departamento Médico da nave, Piper é o responsável pela saúde física e mental da tripulação. Sua avaliação da reação dos homens sob pressão da viagem espacial intergalática e da fauna e flora estranhas encontradas em planetas visitados será de vital importância na condução de cada missão.

Paul Fix

Na carreira de filmes que já dura 40 anos, Paul Fix interpretou importantes personagens em filmes top de linha como The High and the Mighty, Giant, The Bad Seed, To Kill a Mockingbird e um recentemente produzido The Sons of Katie Elder, estrelando John Wayne e Dean Martin. Seus muitos créditos na TV incluem The Virginian, Gunsmoke, Profiles in Courage, Bob Hope Presents the Chrysler Theatre.

Nota do editor.

Após a saída de John Hoyt, que fez o Dr. Philip Boyce em “The Cage”, a produção resolveu adotar outro nome ao personagem, daí surgindo Mark Piper. Por indicação do diretor de elenco James Goldstone foi escolhido Paul Fix. Mas devido à insatisfação de Gene Roddenberry com a maneira como Paul Fix retratou o personagem (Gene queria na verdade um mais jovem) foi chamado DeForest Kelley.

 

Oficial Engenheiro Scott 

 O engenheiro Scott é um especialista em reparar tudo da iluminação da cabeceira de cama do capitão aos motores de velocidade de dobra. Numa era de quase completa automação, sua habilidade em fixar coisas com um pedaço de fio de arame ou uma banda de borracha provou ser inestimável em mais do que uma ocasião.

James Doohan

Os cinéfilos viram James Doohan recentemente em 36 Hours (com James Garner e Eva Marie Saint), The Satan Bug e Bus Riley´s Back in Town. Seus créditos na TV incluem Bonanza, The Virginian, Gunsmoke, The Fugitive.

 

Oficial de Comunicações Alden

O oficial Alden nega ficar deslumbrado com a demanda de trabalho em estabelecer e manter contato através das vastas distâncias.

Alden é interpretado pelo ator Lloyd Haynes.

Nota do editor.

A série original foi um dos primeiros trabalhos de Lloyd Haynes na TV. Mas não passou do episódio piloto “Where No Man Has Gone Before”, tendo sido dispensado depois por Gene Roddenberry, que preferiu Nichelle Nichols.

 

Físico Sulu

Sulu é o equilibrado e de fala mansa chefe do Departamento de Astro Ciência da Enterprise. Frequentemente é sua a avaliação das condições dos planetas inexplorados, na qual determina quando e como eles podem se aproximar ou podem explorar.

George Takei

Desde que largou o estudo de arquitetura para seguir com a carreira de ator, George Takei participou de inúmeros filmes, incluindo Ice Palace, Never So Few, Hell to Eternity e PT 109. Na TV apareceu em diversos episódios de My Three Sons, assim como em Bob Hope Presents the Chrysler Theatre, Perry Mason e o mais recente The Wackiest Ship.

 

Yeoman Smith

Yeoman, que desenha um importante papel como secretária do capitão, na sua primeira missão em espaço profundo, é facilmente o mais popular membro do staff de Kirk. Uma secretária capaz e eficiente distribuidora de café, ela também fornece uma mudança bem-vinda de cenário para os olhos que passam horas scaneando a imensidão do espaço.

Andrea Dromm

Um crescente talento da televisão, a ruiva Andrea Dromm já tem atraído a atenção por seus comerciais como dançarina pela National Airlines. Ela está agendada para aparecer numa produção da Mirisch Company, intitulada The Russians are Coming.

Nota da edição.

A modelo e atriz Andrea Dromm chegou a aparecer no episódio “Where No Man Has Gone Before”, mas depois desistiu de seu papel por achar que a série não faria o sucesso esperado. O personagem, que passou a se chamar Yeoman Rand, foi interpretado depois por Grace Lee Whitney.

O folheto ainda apresenta os convidados do episódio piloto, incluindo Gary Lockwood, Sally Kellerman e Paul Carr como o tenente Lee Kelso.

Artistas convidados para o piloto

A cada semana de Jornada, a USS Enterprise encontrará novas aventuras em mundos que não se encontram no mapa e no vazio sem ar do espaço. Estas aventuras serão divididas com outros tripulantes e passageiros (interpretados por atores convidados), que acompanharão o elenco regular nestas viagens de exploração.

Gary Lockwood como o tenente Gary Mitchell.

Bem conhecido por seu papel na série The Lieutenant, Gary é considerado como um dos mais rápidos jovens atores em crescimento de Hollywood. Em adição a esta série, ele aparece em 12 O´Clock High e em filmes como Wild in The Coutry e Splendor in the Grass.

Sally Kellerman como Dra. Elizabeth Dehner

Uma alta e loira escultural, que fez seu debut em The Outer Limits, Sally Kellerman tem aparecido em um número importante de papéis nas séries The Rogues, Ben Casey, 12 O´Clock High, Bob Hope Presents the Chrysler Theatre. A sua última série foi a aclamada A Slow Fade to Black.

Paul Carr como o tenente Lee Kelso

Um dos mais ocupados jovens performancers da TV, Paul Carr recentemente esteve em Gunsmoke, Voyage to the Bottom of the Sea, 12 O´Clock High, A Man Called Shenandoah.

Nota do editor.

Em razão dos executivos da NBC terem achado a personagem Vina (em “The Cage”) muito sensual para TV, eles obrigaram Gene Roddenberry a fazer de Elizabeth Dehne uma mulher menos sensual e mais conservadora. Kellerman chegou a sugerir que não usasse sutiã para expressar uma maior liberdade da mulher do futuro, mas foi convencida do contrário.

 

O Programa e seus criadores.

Tipo de Programa: De uma hora completa, colorido, filmado no cenário de drama e aventura numa nave espacial do futuro.

Companhia de Produção: Gene Roddenberry´s Norway Productions em associação com a Desilu e a NBC Television Network.

Produtor/criador da série: Gene Roddenberry. Gene tem estado associado com uma expressiva lista de séries dramáticas da emissora como escritor, e mais recentemente, como produtor. Como escritor seus créditos incluem Dr. Kildare, Have Gun – Will Travel, The Dick Power Show e The Lieutnant. Um dos episódios que Gene escreveu para Have Gun – Will Travel lhe deu o prêmio de “Melhor Script de western” em 1959 pelo Writers Guild of America. Concorrentemente com seu Jornada nas Estrelas, Gene está produzindo o piloto de Police Story para a NBC.

Diretor do piloto: James Goldstone.

Escritor do piloto: Samuel A. Peeples.

Fonte: TrekToday