Robert Picardo relembra piloto de Voyager

doctorRobert Picardo lembra exatamente de sua estreia em Jornada, uma grande experiência para ele. Além de ser um grande ator, Picardo é muito espirituoso, e um mestre em se conectar com seus fãs. O site StarTrek.com conversou com o Doutor que contou boas lembranças de seu trabalho no primeiro episódio “Caretaker”, e de seus momentos divertidos e pitorescos. A seguir os trechos mais importantes dessa entrevista.

Então, onde você estava em 16 de janeiro de 1995 (estreia de “Caretaker”)?

Picardo: Quanto tempo faz no momento, 18 anos? 16 de janeiro de 1995. Isso é notável. Lembro-me da noite muito bem porque voamos Ethan Phillips e eu para Nova York e estávamos lá na noite em que estreou. Essa é a noite em que conheci Sumner Redstone. O piloto deve ter sido exibido em um cinema ou em uma sala de projeção, e eu lembro de uma grande festa em algum lugar na Times Square, mas o que eu mais me lembro sobre a noite foi que eles corriam um promo ou algo no Jumbotron na Times Square. Isso foi muito legal, parecendo meu rosto no Jumbotron (grandes painéis eletrônicos). Quantas vezes isso acontece? Era tudo para comemorar o lançamento da Paramount United Network (UPN), e não apenas a série, mas Voyager era originalmente a pedra angular da programação da UPN. Então, aquela noite foi muito emocionante e não parece que foi há muito tempo.


caretaker 1Provavelmente porque isso nunca realmente vai embora …

Picardo: Exatamente. Não chega a ser um borrão, e aqui está o porquê: a sua memória fica distorcida porque, com Jornada, ainda estamos constantemente no mundo. Nós não estamos fazendo Voyager mais, mas ainda estamos fazendo aparições pessoais. As pessoas ainda estão assistindo. Os fãs ainda querem mesmo rever o trabalho. Parece um pouco mais presente na minha memória do que, digamos, China Beach, que foi uma série que eu fiz até apenas alguns anos antes de Voyager começar. China Beach, no entanto, parece ser algo que eu não tenha sido parte por um tempo muito longo, porque não temos convenções para isso, eu realmente não tenho visto ou falado sobre isso há muito tempo. Então, sinto como mais uma memória distante para mim do que a Voyager.

Vamos voltar para o piloto / estréia …

Picardo: Eu vou lhe contar uma história engraçada que vem à mente. Eu estava fazendo um papel no Mark Taper Forum e minha maior ansiedade era saber se eles iriam ou não me deixar gravar “Caretaker.” Eles não ficaram muito felizes comigo quando eu fui até eles e disse: “Me foi oferecido este piloto”. Mas, lembre-se, eu fiz o teste para Neelix no meu primeiro pedido. Se eu tivesse ficado com Neelix, antes de tudo, a minha vida seria menos feliz e eu teria gasto 4.000 horas em uma cadeira de maquiagem. Mas eu tinha mais dias úteis, mais dias de gravação, e eles não estavam felizes com isso, porque eu não tinha um substituto. Então, quando eu não consegui Neelix, os produtores me pediram para voltar e ler para um papel que originalmente tinham em mente para mim, que era o doutor, que só iam ser quatro dias de filmagens para mim no piloto. E apenas um ou dois desses quatro dias foram durante a execução do programa que eu estava fazendo no Taper. Rick Berman muito gentilmente me liberou cedo por um ou dois dias e deixou-me ir às 6 horas para que eu pudesse chegar ao Taper. Então, eu me lembro do nervosismo.

Além disso, não foi você o último dos atores a trabalhar no piloto?

Picardo: Isso é verdade. Eu fui o último cara a entrar, e todos os outros já haviam estabelecido relações. Então eu cheguei e disse ‘Olá’, e todos já se conheciam. Isso significava que havia esse pequeno sentimento de provar a mim mesmo. Mas eu tinha muito pouco a fazer no piloto. Eu me lembro, quando consegui o papel, eu estava dizendo a todos: “Eu tenho o novo piloto de Jornada. Eu tenho certeza que ele vai sair. Tenho certeza de que vou colocar meus filhos na faculdade. Mas eu tenho que te dizer, eu tenho a pior parte na série”. Isso foi uma ironia que eu vivi desde então. Eu achava que tinha conseguido um papel maçante na série e que seria uma experiência muito divertida para mim. Eu descobri o gênero fazendo Jornada. Eu tinha feito um pouco disso, mas só um pouco. Fazendo Jornada, eu comecei a aprendendo sobre ela de dentro para fora. Eu aprendi o que atraía eles, porque sci-fi significa muito para as pessoas, Jornada significa muito para as pessoas. Além disso, eu aprendi que tinha conseguido um personagem forasteiro e não fui inteligente o suficiente para perceber isso. Eu presumi que o personagem Spock em nossa série seria o vulcano, seria Tim Russ. Eu não tinha percebido o suficiente para entender que o personagem de inteligência artificial, pelo menos em Voyager, era o herdeiro, o sucessor para esse tipo de papel na nossa série. E isso foi muito legal.

Genevieve Bujold JanewayVocê ficou um momento com Genevieve Bujold (primeira capitã Janeway), ou ela passou antes que você fosse lançado e estiveram no set?

Picardo: Eu sou uma das únicas pessoas que não trabalhou com ela. O médico não aparece na ponte. Eu a conheci. Eles nos deram um tour conjunto, então eu lembro de fazer um tour com ela e ela foi gentil e tranquila e eu só lembro que ela parecia um pouco preocupada. Ela não parecia necessariamente confortável, que eu acho que acabou por ser verdade. Ela veio do mundo do cinema. O que eu ouvi é que ela veio de onde se filma uma página por dia, e aqui nós estávamos fazendo uma série de televisão e gravação de oito ou nove páginas por dia.

Em seguida, vem Kate Mulgrew. Ela estava no set quando você começou? 

Picardo: Não. Na verdade, fui lançado, mas não tinha filmado ainda. Eles começaram a gravar, mas não deu certo nos primeiros dias. Lembro-me de ouvir que eles contrataram Kate. Havia todas essas ansiedades. Tenho certeza que as pessoas ouviram um pouco disso, mas o rumor era de que se eles não conseguissem encontrar uma mulher que os agradassem, então não seria um capitão do sexo feminino, poderiam mudar o sexo do capitão para masculino. E então eles teriam que mudar o sexo de um dos outros personagens. Então, todo mundo que já tinha sido do elenco estava um pouco preocupado que, se embaralhasse o baralho novamente, algo poderia acontecer. Aqui está a coisa: agora vamos certamente ter uma mulher presidente, porque tudo que você precisa para aprender na vida você aprende com Shakespeare, Jornada e baseball, pelo menos, de acordo com Bill Nye, do Science Guy. Desde que nós seguimos o modelo de ter um capitão negro e agora um presidente negro, depois de Deep Space Nine, é definitivo que, após Voyager, vamos conseguir um capitão mulher na ponte, assim com uma mulher na Casa Branca.

Última pergunta sobre “Caretaker.” Quando foi a última vez que você viu?

Picardo: Eu não vi isso por um tempo. Vou apenas esporadicamente assistir a um episódio de Jornada, apenas se algo aparece na minha cabeça ou se alguém mencionou algo para mim. Agora que está na Netflix, de vez em quando, se eu estou na bicicleta ergométrica, eu vou desisto de assistir Breaking Bad ou qualquer outro e assisto a um episódio de Voyager. Eu acho que o episódio que eu assisti mais recentemente foi um dos meus favoritos, e que foi “Tinker Tenor …”, porque é tão pateta, tão bobo, como a fantasia do Doutor. Então, eu não vi o piloto inteiro por um longo tempo, mas eu vi minha cena no piloto no ano passado, só porque eu estava curioso. Eu estava apenas tentando me lembrar exatamente como eu tinha criado o personagem. Não vi a coisa toda, porém, posso dizer-lhe que uma cena que eu amava era entre Tuvok e Janeway. Só a partir dessa cena que você tem um senso de seu relacionamento e sua lealdade e um senso de sua história.

star-trek-voyager-cast-reunionVocê e os meninos de Voyager têm geralmente um jantar uma vez ou duas vezes por ano. Não estiveram juntos ano passado para comemorar o dia  16 de janeiro?

Picardo: Sim, estivemos. Nós tivemos o nosso jantar no Palm (em Los Angeles), e no ano passado fiz a reserva para o dia 16, sem perceber que era o nosso aniversário exato. Todo mundo fez isso, exceto Tim Russ, que estava gravando alguma coisa, e nós falamos com ele no telefone da mesa. E Garrett (Wang), na verdade, twittou uma foto de nós ao redor da mesa. Nós vamos fazer isso de novo no final deste mês, nosso jantar de costume, mas desta vez vai estar faltando Ethan Phillips, que estará de volta em Nova York fazendo trabalho de palco. Parece que estamos perdendo uma pessoa, e normalmente é uma pessoa diferente a cada ano. Mas eu adoro isso. É divertido que todos nós fiquemos em contato. Eu falo com os caras regularmente, e eu converso com Kate (Mulgrew) com bastante regularidade.

Você encontrou qualquer outro do elenco em qualquer outra série ou filme que você trabalhou?

Picardo: Não. Na verdade, parte disso com Voyager vem do fato de que nós nos vemos muito durante as nossas apresentações pessoais porisso temos temos mantido as amizades. Marcamos reuniões, de uma forma ou outra, especialmente com o grande show em Las Vegas a cada ano. Parece que um pedaço de nós fica em Las Vegas a cada ano, e alguns de nós estão geralmente juntos em outros eventos ao redor do mundo durante o ano. Então, apesar de ficar juntos para o jantar é definitivamente uma escolha, um evento social. Nós saímos de nossa maneira de fazê-lo, e é divertido. Eu não estou em contato regular com Robert Beltran, por exemplo, por isso é ótimo saber que vou vê-lo nestes jantares. Eu falo com Garrett o tempo todo, mas nós não vemos tanto. Então, é muito importante que façamos esses jantares. Se eles estão na cidade, eles aparecem.

No que você está trabalhando atualmente?

Picardo: Eu tenho sido um personagem recorrente em The Mentalist. O episódio que eu gravei recentemente estará em algumas semanas. Eu tenho feito alguns filmes indie (de produção indiana). Algo que eu fiz um chamado The Legends of Nathiah que saiu no outono passado. Eu escrevi um encarte para o box-set de China Beach, que será lançado na próxima primavera para o 25 º aniversário de sua estréia. Acabamos de ter uma reunião com o elenco e todas as pessoas criativas. Foi muito divertido ver todas aquelas pessoas novamente. Além disso, eu adorei ver alguns dos meus companheiros de elenco na grande festa que a Warner Bros fez por nós, para que eles pudessem ter algo novo para o cinema para os extras.

Você está fazendo algum piloto?

Picardo: Meu velho amigo e companheiro de elenco de Voyager, Robbie McNeill, estava trabalhando no desenvolvimento de um piloto que eu ia fazer com ele este mês. Mas eu só tenho literalmente um texto dele dizendo que foi cancelado. O que mais? Eu estou fazendo um projeto com minha velha amiga Linda Purl, que eu adoro. Ela e eu fizemos Além da Terapia logo depois que eu vim para cá para Los Angeles, e que foi uma das minhas experiências de teatro favoritas. Ela e eu estamos nos reunindo. Nós estamos fazendo uma leitura para este próximo ano para a Mammoth Lakes teatro. Então eu estive ensaiando nos últimos dias, e é uma alegria trabalhar com ela novamente. Estou fazendo testes para outras coisas. Eu estou fazendo um teste para um espetáculo na Broadway, na verdade. Essa é a minha meta para este ano, passar pelo menos seis meses, provavelmente no segundo semestre do ano, em Nova York. Eu sei que Ethan Phillips decidiu voltar para Nova York e trabalho de palco é sua perseguição. Então eu acho que também posso apreciar a experiência de terminar onde eu comecei.

Os últimos pensamentos que você deseja compartilhar com os fãs antes de você se desligar?

Picardo: Jeri Ryan conversou comigo pelo twitter no ano passado, na última primavera. Então, uma das minhas resoluções de Ano Novo é twittar mais. Então, por favor mencionem que eu vou ser um melhor tweeter. Eu sou @ robertpicardo.

18 Comments on "Robert Picardo relembra piloto de Voyager"

  1. Gostava de Voyager mas passou numa época que eu não tinha tempo pra TV e assisti pouco,comprei as 2 temporadas em dvd mas ainda não vi as outras,vou tentar baixar da ztv, ou alguém sabe onde mais conseguir?

  2. Garanto que ele daria um Neelix melhor que o Ethan Phillips.

  3. Tenho vontade de ver Voyager, nunca dei a atenção devida, e considero o Dr. holográfico um dos melhores personagens, e um dos melhores atores, de Star Trek. Não vi uma temporada inteira, nem a primeira.

  4. Ótimo artigo! Saudades de Voyager, e raiva pelo descaso da Paramount em não lançar as temporadas restantes no Brasil. A gente tem que procurar na “locadora bittorrent”,,,

    Ainda bem que temos o TrekBrasilis pra resgatar esses assuntos e nos trazer esses artigos impares! Valeu Ralph!

  5. Nossa, não sabia que não tinha passado completa no Brasil. Não tem à venda?

  6. Opa, passou sim completa no canal “USA” (agora é o Universal /SKY/Net/Claro-TV) e todas as 7 temporadas dubladinha!!!
    A Paramount lançou no Brasil, apenas a primeira e a segunda temporada em Box de DVD, se você procurar você acha. (eu tenho).

  7. Ouvi um comentario do Paulo Gustavo da Paramount, que mudaram a tributacao para lancamento de series que ficou por episodio e, na vedade, bitributado, se tornando proibitivo. Eles estao para lancar um box com os principais 26 episodios da terceira ate a ultima temporada.

  8. Valeu AJVERDE!! Bom saber que vão lançar esse box,vou ficar de olho, pena que não serão todos os episódios,espero que a Paramount tenha um bom critério de escolha dos melhores. Esse problema de tributação excessiva ainda vai acabar com o Brasil !! Abaixo os impostos sem retorno!!

  9. Hey Jorge,pode me dar as dicas p procurar Voyager na”locadora bittorrent” ? Não tô conseguindo achar…

  10. Caramba!! Acabei de ver no guia de epis. do TB, são 130 episódios da 3′ até 7′ temporada !! Só vão lançar 26!! Malditos impostos !!

  11. Também tenho. Hey Jorge, vc sabe se passaram todas as temporadas de DS9 na Tv? Na época não pude ver muita tv a cabo. Também não achei em box ,só até 3’temp.

  12. Pôxa Verde, então isso tá sendo só para a Paramount… Eu vou na libraria Saraiva e Cultura e o que mais eu vejo são séries sendo lançadas em BOX, e coisas mais antigas que ST, Agente86, Rôbo Gigante, e uma centena de títulos novos e antigos…. Eu fico triste com essas coisas porque tem Box de séries variadas saindo pelo ladrão e só Jornada tá com tudo parado….

  13. FSpok, eu na verdade não uso o Torrent, eu só me referi á ele porque ouvi do Paulo Coelho esse termo “Locadora Bittorrent” e achei divertida essa colocação. Eu desde que o Megaupload morreu, não se me animo mais com nada da internet….

  14. Isso mesmo! Passaram todas as 7 temporadas de DS9 também na USA, (dubladas) e os box foram lançados apenas até a 3′ temp no Brasil. Vamos ver se ainda vão lançar as restantes…
    Eu comprei em Julho último na BestBuy em NY a primeira temporada de TNG em Bluray, espero que chegue as demais aqui… Flw! [],

  15. Valeu a dica. O blueray TNG vale a pena? Tem muitos extras?já tenho em dvd.

  16. Pra quem viu completa fica a lembrança,pra quem tem ainda a esperança da paramount lançar fica a desesperança.Quem sabe não entra na grade do netflix pois la ja tem a clássica e a nova geração.da 4ª até a 7ª de de ds9 baixei via torrent pois era isso ou nada.indignação total com a paramount.

  17. Neste endereço via torrent , encontrar todas as temporadas de STVOY:kat.ph/star-trek-voyager-serie-completa-legenda

Leave a comment

Your email address will not be published.


*