Falando durante um painel no Denver Comic Con, a atriz Kate Mulgrew, nos seus comentários a respeito da série Voyager, revelou que tinha uma posição bastante forte sobre não sexualizar a capitã Janeway, o primeiro personagem principal do gênero feminino na história da franquia de Jornada. Ela até acredita que sua negativa acabou levando à introdução da personagem Sete de Nove, interpretada pela sensual Jeri Ryan.

“Esse momento se torna evidente quando Jeri Ryan chegou. Esse foi um momento interessante porque – tem havido muita controvérsia a respeito disso gerada sobre mim – e novamente infeliz “, explicou Mulgrew durante seu painel. “Quando você é a primeira capitão feminina, você torce desesperadamente que isso seja suficiente até o dia em que não acontece. Porque os homens gostam – como deveriam, como todos vocês devem e eu amo e adoro cada um de vocês – eles amam o sexo. E eles precisam disso. E eu disse ‘Não’ para tudo isso”.

Continuando Mulgrew sobre a produção querer o personagem com algum tipo de relacionamento amoroso na série: “Eu disse: – Não vou dormir com Chakotay, não vai acontecer”, lembrou ela. “Eu disse que precisariam arrumar uma outra coisa para isso, então eles conseguiram que essa garota muito bonita entrasse. Ela interpretou um personagem maravilhoso. E sim, eu não estava preocupada com isso porque eu esperava – como tenho certeza de que Hillary Clinton esperava. Todos esperamos. A esperança é eterna, de que podíamos fazê-lo por nós mesmas, mas ainda precisamos de sexo. Então, acaba sobressaindo.”

Mulgrew conta que foi obrigada a ser firme para ganhar o papel, com a desistência da atriz francesa-canadense Genevieve Bujold, devido ao preconceito de alguns do estúdio para com o personagem.

“Ela durou um dia! Como resultado dessa dança estranha durante os primeiros seis meses, pelo menos dez rapazes da administração – Paramount, UPN – estavam a beira do palco e apenas me observavam”, lembra Mulgrew. “Eles apenas assistiam. Era incrivelmente enervante. Mas eu entendia o que isso significava. E eu disse a mim mesmo: ‘Vocês querem jogar esse jogo? Então eu vou jogar com vocês e vamos ver ganha isso. E vou ser eu”.

“Algo em mim despertou depois que Bujold desertou, era que eu falharia e então eles trariam outro homem”, Mulgrew continuou. “Eu pensei: – Não, não, não, nós não podemos ter isso. Nós simplesmente não podemos, devemos seguir em frente. E assim fizemos. E adivinhe quem me levou à Casa Branca depois do final da primeira temporada? Uma mulher chamada Hillary Clinton”.

Fonte: ComicBook