Simon Pegg diz que havia outro roteiro para Star Trek 4 antes de Tarantino

Após dizer que um possível filme de Quentin Tarantino sobre Star Trek não deveria receber classificação de censura para maior de idade, o ator Simon Pegg voltou a falar sobre a produção de Star Trek no cinema, revelando que chegou a haver um roteiro pós Star Trek Sem Fronteiras, anterior a ideia do cineasta Tarantino.

Em entrevista à revista Geek, Pegg comentou, inicialmente, sobre o motivo pelo qual Star Trek Sem Fronteiras não deu o retorno esperado nas bilheterias, como queria a Paramount.

“Eu acho que foi mal comercializado, para ser honesto. Se você olhar para um filme como o Esquadrão Suicida, isso (o marketing) aconteceu por tanto tempo, antes que finalmente saísse e as pessoas estivessem muito conscientes disso. Já com Star Trek Sem Fronteiras, o filme foi lançado antes que o marketing impulsionasse. O filme ainda fez um grande trabalho, mas foi decepcionante em comparação com Além da EscuridãoCom base na fórmula de um filme arrecadando duas vezes seu orçamento de produção como ponto de equilíbrio, seu lucro de 343 milhões de dólares contra seu orçamento de 185 milhões não foi muito bem um futuro.

Apesar de tudo, para Pegg, a experiência de escrever algo para Star Trek foi válida.

“Do ponto de vista profissional para mim, foi uma ótima experiência no final, porque a resposta crítica que recebemos foi exatamente o que Doug Jung, eu e Justin Lin esperávamos. Que foi muito mais uma resposta favorável em termos de ser Star Trek e não apenas de algo lá que é disfarçado de Star Trek”.

Ele também revelou porque criticou o primeiro trailer do filme.

“Eu estava realmente irritado com isso, porque usaram ‘Sabotage’, que foi o nosso momento de surpresa no final. Era para ser um toque muito divertido e elevado, e algo que seria uma grande surpresa e eles estragaram tudo no primeiro trailer, o que realmente me incomodou. Eles também fizeram o filme parecer um filme de ação tosca. E estavam com medo, penso eu, de mencionar o 50º aniversário. Ficou atrapalhada a coisa; eles não sabiam o que fazer com isso e é uma verdadeira vergonha. Mas eu fiquei realmente muito feliz e orgulhoso disso.”

Quanto a Star Trek 4, no contexto de haver outro roteiro além do de Tarantino:

 “Houve um roteiro que foi escrito”, observa ele, “e há também a história de Quentin Tarantino vindo e conversando com JJ sobre uma ideia que ele teve por um longo tempo. Essa ideia está indo para a sala do roteirista para ser olhada. Eu acho que pode ser preciso algo parecido com ele para reiniciá-la. É uma proposta interessante, embora eu não saiba se isso significa que todo mundo vai explodir a cabeça um do outro com phasers e chigando as mães dos Klingons, mas, quem sabe, isso pode ser divertido”.

Durante a cerimônia de premiação do Empire Awards, Pegg falou sobre o projeto de Tarantino “estar meio no mix”. Essa mistura talvez se refira a outro roteiro que foi anunciado em julho de 2016, onde teria o retorno de Chris Hemsworth, como George Kirk, o pai de James T Kirk, no filme Star Trek de 2009.

Naquele período, foi dito que JD Payne e Patrick McKay seriam os escritores para o próximo filme de Star Trek, pós Sem Fronteiras. No entanto, uma imagem enviada por Simon Pegg em dezembro de 2016 sugere que ele também pode estar na mistura. Na imagem do tweet vemos Pegg e Doug Jung em seus laptops.

Não é incomum haver vários scripts de filmes antes de darem sinal verde para um. Isso foi visto várias vezes na história dos filmes de Star Trek, incluindo o filme Star Trek Sem Fronteiras, quando um roteiro escrito por Roberto Orci foi rejeitado, levando Pegg e Jung a escreverem o que se tornou o terceiro filme do universo Kelvin

A Paramount está atualmente refazendo a abordagem com a franquia Transformers, produzindo um spin-off de Bumblebee para o verão de 2019. Já para 2020, um planejado filme dos Transformers foi recentemente retirado de sua agenda, já que eles e a Hasbro repensam no assunto. Ainda não sabemos o que o estúdio terá para o verão de 2020.

Mesmo que algum filme de Star Trek seja lançado daqui há dois anos, ainda há muito tempo para se pensar no que fazer.

O que nos dá um alento sobre a continuidade de Star Trek no cinema, é que o novo CEO da Viacom ainda fala sobre Star Trek ser um dos carros chefes de principais franquias para a tela grande.

Qualquer outra novidade que surgir sobre este assunto traremos aqui para você.

Fonte: Trek Movie

Be the first to comment on "Simon Pegg diz que havia outro roteiro para Star Trek 4 antes de Tarantino"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*