Houve algumas entrevistas com o elenco e a equipe de  Star Trek: Discovery nos últimos dias, com destaque para Sonequa Martin-Green e Tig Norato. Saiba também que a CBS planeja fazer uma “Reimaginação” do After Trek para a 2ª temporada.

Uma segunda temporada mais ousada e mais profunda

Em uma entrevista ao Entertainment Tonight, Sonequa Martin-Green disse que por causa de seu lugar na história de Jornada, isso tem sido emocionante e esmagador para a atriz .

“É meio inexplicável. É difícil colocar em palavras o quanto isso me comoveu e tocou meu coração ao ver a resposta (do púbico). É algo que você não consegue envolver suas palavras. Às vezes, você não consegue nem envolver seu cérebro em torno disso. Esse foi um grande desejo nosso: homenagear o que veio antes e nos estabelecer como algo diferente também. O fato das pessoas aceitarem isso é surpreendente”.

Como a primeira mulher negra a ser protagonista de Jornada, Martin-Green entende que ela se tornou uma porta-voz de fato da diversidade na narrativa – e está mais do que disposta a assumir o encargo.

“Eu certamente aprecio e me sinto humilde por poder fazer parte da conversa, poder estar nessas conversas esclarecedoras que estamos tendo agora enquanto a maré está avançando. Eu não sou estranha ao gênero sci-fi, mas ser capaz de fazer parte da conversa agora e ser capaz de fazer parte da solução, enquanto você está cercado pelo problema, é um sonho que se torna realidade e eu tomo isso como uma responsabilidade. O que eu espero, e pelo que estou me esforçando agora e continuando a lutar, é que essas coisas estão refletidas em minha própria vida”.

Sonequa Martin-Green não deu detalhes sobre a segunda temporada, mas observou como há uma nova confiança:

Estamos muito empolgados [como estávamos na primeira temporada], mas há uma manta de paz nesse sentido de preparação porque estamos familiarizados com isso e porque temos nosso conhecimento experimental do ano passado. Agora, temos um pouco mais de controle sobre o que estamos fazendo, o universo em que estamos, a história que estamos contando, os papéis que cada um de nós tem dentro da história. Esperamos, com muita ousadia, se assim posso dizer, ir mais alto e mais profundo”.

“Você consegue testemunhar sua evolução (Michael Burnham). Você conhece essa pessoa que ainda está evoluindo e mudando e caindo e crescendo e se alongando e se esforçando. A evolução continua na segunda temporada, é claro, e foi um caminho para a redenção dela na primeira temporada. Tratava-se de lutar pela absolvição daqueles profundos erros morais que foram cometidos e encontrá-los de maneiras pequenas e importantes. Você vai ver o próximo passo nesse caminho de redenção. O auto perdão é grande. Você vai ver Michael lutar e lutar com isso”.

“Há muita coisa lá fora (referindo-se ao encontro com Christopher Pike, interpretado por Anson Mount). Nós amamos as teorias. Nós amamos os fãs”.

Serão pelo menos mais alguns meses antes do lançamento da segunda temporada, mas Martin-Green mal pode esperar para compartilhar o que ela e seus colegas, a quem ela carinhosamente chama de “companhia” (como no teatro), têm trabalhado desde que as filmagens para a segunda temporada.

 “Todos nós estamos tipo “Ahhh!”, diz ela com uma risada.

A atriz também é destaque na última edição da Emmy Magazine, onde ela fala sobre como Jornda tocou ao máximo sua emoção ao pisar no set pela primeira vez em Discovery :

“Há momentos em que você se aproxima e diz: ‘Do que estou me tornando parte?'”. A primeira vez que fiz a saudação vulcana e me aproximei da minha estação na ponte, me enchi de honra.”

Tig Norato revela alguns detalhes do personagem

A comediante e atriz Tig Notaro foi convidada ao The Late Show, terça-feira passada, e conversou com Stephen Colbert. Ela será o engenheiro chefe da USS Hiawatha na segunda temporada de Discovery. No bate papo, Norato compartilhou algumas expressões clássicas de Jornada, elogiando o programa que, segundo ela, tem uma vibe como “partículas subespaciais envoltas em um campo de táquions de boas vibrações”.

Stephen Colbert agradeceu mesmo sem entender nada, mas Notaro admitiu:

“Eu não tenho ideia do que estou dizendo nessa série.”

Mas falando mais a sério, Norato disse que em seu papel, “toda a comédia será deixada de lado” (ou parte dela).

A atriz revelou alguns detalhes sobre seu personagem, notavelmente que ela tem o posto de Comandante e que seu nome é Jet Reno, e não Denise Reno como divulgado anteriormente. Notaro disse que ela teve a oportunidade de escolher o nome sozinha.

Quanto a dizer expressões mais técnicas de Jornada, ela revelou que está tentando aprender a visualizar, em seu imaginário, o que poderia significar.

“Quando estou aprendendo linhas de outras séries ou filmes, penso num tipo de visualizar no que estou falando. Com Jornada, eu pensei assim:”Ok, tenho apenas que lembrar essas palavras.”

Por sua parte, Colbert falou, com inveja, sobre como ele queria muito uma chance de aparecer em Discovery.

Reimaginando After Trek

A segunda temporada de Discovery está atualmente em produção, mas o status de After Trek, que vai ao ar a cada episódio, continua sendo uma questão em aberto.

Depois de perguntar sobre o futuro status de After Trek , um porta-voz da CBS deu ao TrekMovie a seguinte declaração:

Estamos reimaginando After Trek para a temporada 2. A série continuará a ter todos os elementos de fãs que os espectadores de Discovery aproveitaram nesta temporada e muito mais. Nós vamos ter certeza de compartilhar mais detalhes à medida que nos aproximamos do lançamento.

O after show de Discovery foi exibido por 14 episódios em sua primeira temporada, com cada episódio disponibilizado na CBS All Access uma hora após o último episódio ir ao ar. Os episódios também foram ao ar nas noites de domingo no Space no Canadá, e foram disponibilizados junto com episódios de Discovery no Netflix em todo o mundo.

Apresentado por Matt Mira, After Trek contou com painéis ao vivo com atores, produtores e escritores, junto com segmentos pré-produzidos por trás dos bastidores, trechos de trívia e participação do público por meio de perguntas enviadas, e um clipe semanal do episódio da próxima semana.

Outros After Show como da série The Walking Dead sofreram também algumas mudanças durante as temporadas.  

Neste ponto, não se sabe o que a CBS tem em mente para a re-imaginação.

Mais fanfarra na segunda temporada

O compositor do Discovery, Jeff Russo, esteve convidado no Ultimate Score Podcast esta semana e falou um pouco sobre sua abordagem para a trilha da segunda temporada. Russo disse que espera “mais coisas da fanfarra que fiz na primeira temporada”.

Eu acenei para a música de Alexander Courage no tema principal porque sempre pensei que isso era uma boa ideia para fazer a fanfarra mais icônica, porque se você ouvir isso, imediatamente vai pensar “estou em Star Trek”, mas em termos de chamar de volta para um Jerry Goldsmith, eu não sei como.  Eu sei que provavelmente vamos pegar o que fizemos e expandi-lo para a nova história, ser muito mais do que fiz na primeira temporada, que foi uma temporada da fanfara, e que usamos muito essa palavra em mente.

Se você tem uma tomada em linha reta a partir de uma temporada e trazendo para a segunda temporada, sentindo a forma como se aplica a história, eu imagino que não vamos ter grandes mudanças.

Um Dr. Culber de barba?

Quando o Dr. Culber, interpretado por Wilson Cruz, foi morto na última temporada, os produtores da série deixaram claro, através de várias entrevistas, que o personagem voltaria. Em uma nova entrevista ao Access Hollywood, Cruz fala sobre a necessidade de conter qualquer crítica de que a série tenha “enterrado seus gays”.

“Todos sabíamos desde o início que este era apenas o começo da história e não queríamos que as pessoas ficassem preocupadas ou parassem de assistir”.

Sobre como Culber retornará na segunda temporada, o ator permaneceu em silêncio.

Wilson Cruz e Anthony Rapp participaram recentemente num evento do Pride Month em Los Angeles, realizado pela LA Confidential Magazine e posaram numa foto promocional. Foi observado que Cruz está deixando crescer a barba. Não sabemos se as suas cenas em Discovery já foram filmadas ou se ele terá maior participação.

Modelos de Discovery pela Polar Ligths

A empresa Round 2 anunciou que estará produzindo uma série de kits de modelos sob a marca Polar Lights, baseados em  Star Trek: Discovery. A empresa revelou pela primeira vez as novidades no show de modelagem Wonderfest no fim de semana em Louisville, KY.

De acordo com a Round 2, a empresa está planejando uma versão inicial de um modelo em escala 1: 2500 da nave USS Discovery. Na escala de 1: 2500, o modelo medirá 30 cm de comprimento. O modelo USS Discovery deverá estar disponível no início de 2019, com tempo e preço exatos a serem definidos em uma data posterior.

A empresa disse ainda que estão planejando duas versões adicionais do modelo da Discovery para mais tarde, em 2019. A equipe de desenvolvimento da Round 2 ainda está considerando quais naves irá fazer para os lançamentos subseqüentes e que a pesquisa mostrará aos participantes o feedback. Os Kits de escala de 1: 2500 da USS Shenzou e da USS Enterprise como apresentados no show estão sendo considerados como modelos de formato maior na escala 1: 1000.

Fonte: TrekMovie