USA fará maratona para comemorar 35 anos

O USA Network está preparando uma programação especial no fim de semana de 22 e 23 de setembro, para comemorar os 35 anos de Jornada nas Estrelas.

A programação ainda não está definida, mas o canal já confirmou que haverá uma maratona de episódios, iniciada por “Where No Man Has Gone Before”, o primeiro episódio clássico com William Shatner (James T. Kirk) no elenco.

O canal está estudando a possibilidade de permitir que os fãs escolham, dentre uma lista de episódios das quatro séries, quais eles mais gostariam de ver. O Trek Brasilis está fornecendo assessoria ao canal na escolha da programação.

Uma coisa, entretanto, já está definida: não haverá episódios inéditos na programação especial. O canal só pretende exibir material que está incluído nas três temporadas clássicas, nos cinco primeiros anos de A Nova Geração e nos dois primeiros anos de Deep Space Nine e Voyager.

O processo de dublagem dos novos episódios já está em andamento. O terceiro ano de Voyager já entrou em fase de dublagem, e pelo menos três episódios já estão concluídos.

Cristina Nastasi, coordenadora da dublagem, diz que os trabalhos de tradução já estão em andamento para Deep Space Nine. Segundo ela, cinco ou seis episódios já foram traduzidos (não dublados).

Já o sexto ano da Nova Geração está estacionado. “O material da Nova Geração chegou, mas ainda não está sendo traduzido”, disse Nastasi ao TB.

Agora, vamos à pergunta que todos querem saber –quando serão exibidos novos episódios de Deep Space Nine e Voyager? A resposta é um pouco decepcionante: nem o USA sabe.

A verdade é que existe a intenção firme do canal de exibir os episódios, tanto que já encomendou a dublagem, mas o USA ainda nem possui os direitos de exibição. A decisão de quando esses episódios serão exibidos será tomada pelo departamento de programação, localizado em Miami.

O consenso na equipe que trabalha no canal aqui no Brasil é iniciar a exibição até o final do ano, mas é possível que Miami decida por concluir a reprise dos dois primeiros anos, o que levaria os inéditos (ao menos de Voyager) para o ano que vem.

Sempre é possível influenciar isso, enviando e-mails ao USA, em [email protected] Semanalmente um relatório é enviado a Miami, reportando os principais temas abordados nos e-mails enviados ao canal. Se a quantidade de pedidos for boa, é possível sensibilizar a central de programação.