Marvel deixa de ser publicada pela Abril

Com a perspectiva do lançamento do esperado filme do Homem-Aranha, uma má notícia para os fãs brasileiros de quadrinhos. A Editora Abril não mais vai publicar material da Marvel no Brasil.

O acordo entre Abril e Marvel –editora americana que detém os direitos de vários personagens bastante ativos no cinema atualmente, como o já referido aracnídeo e os famosos X-Men– durou nada menos que 22 anos.

A Abril irá dar satisfações sobre o fato em um chat, a ser realizado pelo UOL (no site Heróis) na segunda-feira, às 20h. Participará dele Sérgio Figueiredo, redator-chefe e gerente de licenças da editora brasileira.

Embora Figueiredo, ou qualquer outro representante da Abril, não vá comentar o assunto até segunda-feira, o Trek Brasilis apurou o que aconteceu para essa súbita debandada da Marvel.

A editora americana estaria até satisfeita com o trabalho e os rendimentos proporcionados pela Abril, mas foi uma confusão entre diversas empresas associadas que acabou melando o contrato.

O pivô da história é a Panini, representante da Marvel no Brasil, conhecida por seus vários álbuns de figurinhas. Segundo fontes ligadas à Abril, tudo não passou de uma represália desta empresa ao grupo ao qual a editora brasileira está filiada.

Cerca de quatro meses atrás, a Dinap (distribuidora de publicações pertencente ao grupo Abril) foi procurada pela Metalbox, principal concorrente da Panini no exterior, para distribuir seus álbuns de figurinhas no Brasil. Ao ficar sabendo, a Panini não gostou e ameaçou tirar a Marvel da Abril caso a negociação avançasse.

A Dinap, embora pertencente ao grupo Abril, é uma empresa independente, que distribui até publicações concorrentes da editora. Seguindo sua própria linha administrativa, ela não cedeu à chantagem e fechou com a Metalbox. Em represália, a Panini cumpriu sua promessa e não renovou o contrato da Marvel com a editora brasileira.

Atualmente a Marvel está sem editora no Brasil. Mas isso não vai durar muito. A Panini, italiana, pretende lançar suas próprias publicações no Brasil a partir de janeiro de 2002.

O contrato da Abril com outras editoras americanas permanece valendo. Tanto que Figueiredo estará anunciando, no chat, o lançamento de “Cavaleiro das Trevas 2”, sequência da obra-prima de Frank Miller com Batman, personagem que pertence à DC Comics. O novo trabalho de Miller com o mascarado de Gotham City deve chegar ao mercado brasileiro na segunda quinzena de fevereiro.

Be the first to comment on "Marvel deixa de ser publicada pela Abril"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*