Shatner se diz arrependido pela morte de Kirk

shatner-na-cadeira.jpgO site USA Today publicou uma entrevista com o ator William Shatner (Kirk) que, mais uma vez, comentou sobre a sua ausência no filme de Jornada nas Estrelas, respondendo a afimação de J. J. Abrams sobre a impossibilidade de trazer a vida James T. Kirk. Shatner também se mostrou arrependido por ter filmado a morte do velho capitão.

j-j-abrams.jpg“A única razão para o Sr. Shatner não estar no filme e o Nimoy sim, é porque o personagem Kirk morreu na telona”, disse mais uma vez Abrams sobre a possibilidade de trazer Shatner.

“Era muito difícil, e agora é impossível com a greve dos roteiristas. Está muito difícil encontrar uma maneira de introduzí-lo na história e que não fique com a impressão de que estamos pondo ele apenas porque somos fãs do ator”, disse Abrams em entrevista ao site.

kirk_dead.jpgAgora Shatner admite que detestou fazer a cena da morte de Kirk em 1994, no filme Jornada nas Estrelas: Generations, “O erro que cometi foi pensar que poderia ser uma morte espetacular, do jeito que escreveram”, disse o arrependido ator.

Mas Shatner não se dá por vencido, ele observou que como a ficção pode trazer dinossauros à vida (referindo-se a Jurassic Park), sugere a fórmula de seu próprio livro para trazer seu personagem de volta. No livro “O Retorno do Capitão Kirk”, de autoria de Shatner, Spock usa o DNA do capitão para resuscitá-lo.

No entanto, Abrams está disposto a colocar uma pá de cal no assunto. “Você e eu poderíamos encontrar uma dúzia de maneiras para fazer isso, mas todas elas dariam a sensação transperente de que os fãs estão querendo apenas pôr Shatner no filme”.

Shatner replica, “J. J. não precisa ficar preocupado em parecer com cara de nerd. Ele é um fabuloso diretor e produtor, e isso é ficção científica”, finalizou o insistente Shatner.

Fonte: TrekWeb

55 Comments on "Shatner se diz arrependido pela morte de Kirk"

  1. Leandro Martins | 22 de janeiro de 2008 at 12:07 am |

    Alguém em Hollywood tendo que arcar com as consequencias de uma decisão anterior sua. Em outras notícias, o inferno congelou hoje.

  2. Quem mandou dar uma de mártir no GENERATIONS??? Tomou, papudo???

    Só quero ver que virá depois que Leonard Nimoy “deixar este quadrante”???

    Já sei! Hikaru (George Takei) Sulu voltará 50 anos antes pra encontrar a si mesmo e salvar a todos…

  3. Vai sobrar pro Ron Moore.

  4. o pior é que no generations n deixaram nenhuma brecha vagabunda que fosse, como o b4, para ele voltar. daí c a megalomania começou a escrever tentando ressucitar o personagem e nos livros, apesar da grandiosidade que dão a kirk em certos momentos, como se ele fosse o universo de jornada todo, até que funciona, mas em tela seria muito difícil. um conselho para o senhor shatner: olhe para boston legal e deixe jornada seguir seu rumo.

  5. Shatner fez a merda e agora quer que o J. J. limpe! =/

  6. Ele pode no máximo fazer alguma narração para um possível abertura ou encerramento do filme, trazer Kirk de volta seria muita cara de pau.

  7. Não interessa o quanto seja difícil trazer Kirk de volta. Ou o quão ilógico seria fazer o velho Capitão retornar dos mortos. Estamos falando do Capitão Kirk, e também de William Shatner, que é um dos pilares de Star Trek. Não entendi por que J.J. se preocupa, com o retorno de Kirk, em não demonstrar que quer por Shatner no filme. Põe ele logo no filme e pronto! Financeiramente será positivo, e o que dirá aos velhos fãs? Afinal, somos nós que mantemos Jornada viva. Neste “recomeço” da franquia, para mim, é essencial que o Capitão Kirk dê as caras, depois podem sumir com ele, mas ele PRECISA aparecer ! ! ! Vida longa e próspera.

  8. Em minha opinião pessoal, a destruição da Enterprise em ST 3 e a morte de Kirk em ST: Generations foram as maiores idiotices já cometidas pelos produtores de ST.

    Ainda bem que a morte de Kirk eu só assisti em DVD anos depois do lançamento! Já a em ST 3 foi lamentável ver a destruição do ícone em tela grande no cinema (nem quero comentar sobre a morte e ressurreição do sr. Spock, que remete ao pior ep. de TOS, sobre o roubo de seu cérebro).

    São coisas feitas em ST que mim siginifica “a perda de uma oportunidade para (os produtores) ficarem calados”.

    ST XI obviamente vai fazer sucesso entre os fans por ter referencial com relação a TOS, e entre o público em geral pela qualidade do roteiro abrangente, como alardeado pelo produtor e roteiristas (vide Transforms). Algo que somente ST: A Ira de Khan aproveitou sob alguns aspectos.

    Por isso os filmes de ST, em sua maioria, terem sido um fiasco comparado com SW, pois eram soltos, isolados, futeis e sem referencial mais consistente com TOS.

    De qualquer modo estou ansioso por assistir ST “XI” tão logo seja lançado, da mesma forma que fiquei quando enfreitei a fila gigantesca do cinema Rian, em 1979, para assistir ST: The Movie.

  9. Alguem sabe quanto Shatner levou $$$$ para cair daquela ponte????
    Na minha opinião, eu gostaria de ter visto no filme generations os dois capitães em naves diferentes mostrando as suas respectivas capacidades em uma ponte de uma nave, ao invés de mostrar um capitão de 60 anos, que acha que é um mocinho de 30, tentando deter o Caligula com as próprias maos.

    Agora que já filmou já era, não tem mais como arrumar a besteira que fez…..

  10. Shatner já era!!!! E só ele não se deu conta disso.

    Abrams tá certo e ponto final.

  11. "Frank" Hollander | 22 de janeiro de 2008 at 10:11 am |

    Shatner: “O erro que cometi foi pensar que poderia ser uma morte espetacular, do jeito que escreveram”

    Mas qual morte? A primeira – que foi deletada ou a segunda, a que foi para as telas?

    Daqui a pouco Shatner vai PAGAR para estar no filme…

  12. Por um momento achei que era jogada essa questão do “velho” Kirk não aparecer no filme. Achava que após um tempo, os produtores anunciariam: Shatner está no filme e… booom!” Nova explosão de publicidade!!!
    Agora acredito mesmo que Shatner está pagando por um erro do passado. Inteligente foi o Nimoy que recusou o seu papel em Generations que provavelmente daria ao personagem Spock um destino deprimente e abaixo da grandeza que este ícone representa para Star Trek.
    Deve-se levar em consideração também que Shatner pode ter pedido uma fatia considerável para poder participar deste novo filme, além de uma série de exigências absurdas.
    Fora a questão de dinheiro, posso também imaginar a péssima sensação que o Shatner deve estar sentindo ao ver toda uma produção de Jornada acontecendo sem a sua presença. Deve ser ruim demais!

  13. Leandro Martins | 22 de janeiro de 2008 at 11:09 am |

    Alguém precisa chamar a Buábulância para levar o Shatner e sua choradeira para longe de uma vez.

    Khaless do céu, não é como se o Shatner estivesse na rua da amargura e precisando de uma casquinha. Ele está muitíssimo bem em Boston Legal, em um papel que está fazendo magistralmente bem, com Emmy e o escambau.

    Ele fez lobby para entrar no filme, não deu por x, y e z razões. Ponto final, siga em frente. E o mínimo que Abrams e Orci merecem é um parabéns pela postura séria e manterem suas posições firmes.

  14. Kirk morto… Enterprise destruída…. Data morto….. Spock morre, depois ressuscita…. na minha opinião é que deixaram muita gente dar opinião nos filmes da franquia, Shatner, Nimoy, etc se acham donos dos personagens então acabam decidindo quando o personagem deve morrer por julgarem que o personagem esta atrapalhando a carreira. Nada como o Lucas em Star Wars, ele decide e pronto. Reza a lenda que no último SW Ford queira matar Hans Solo e levou a idéia para o Lucas e ele disse que não ia morrer pq a franquia era dele, os personagens eram dele e ele tinha planos para o futuro do Solo. Se Star Trek tivesse um dono nada disso estaria ocorrendo.

  15. Já teve! mas hoje vaga pelo espaço infinito…

  16. E eu que pensava que ele estava feliz de se livrar da sombra do Kirk com o sucesso em Boston Legal.

  17. Generations foi a grande decepção da história de Jornada nas Estrelas. Tanto a série antiga quanto a nova eram muito admiradas, então um filme reunindo o elenco INTEIRO das duas parecia uma idéia fenomenal. Infelizmente não foi isso que aconteceu. Perderam uma grande chance.
    Aliás no comentário do dvd desse filme os roteiristas admitem que fizeram muita besteira mesmo.

  18. Mas eu nunca apoiei o retorno do Kirk com medo que fosse ainda mais ridículo que sua morte…

  19. Concordo com Valter,

    Mecher na merda pode feder ainda mais!

  20. opz…Eu quis dizer: “Mexer”

    =]

  21. Respeito a posição de todos. Por outro lado a aparição de um ícone de jornada com Kirk traria de volta fortes emoções. Não me importa muito a forma como ele voltaria pois existem várias formas inteligentes de se fazer isso na ficção científica. O importante é ter a emoção de ver novamente o velho e bom capitão (que diga-se de passagem, nunca foi igualado nas séries posteriores). Vida longa e próspera !

  22. Na minha opinião a melhor maneira de inserir os atores originais (Shatner e Nimoy) era colocá-los sentados sob as estrelas se perguntando: “-Afinal, você se lembra como nossa JORNADA começou?”
    Com investimento e um pouco de boa vontade dava para usar aquelas imagens do fim de ST VI (se não me engano) em que eles estão sentados com o bom e velho doutor McCoy naquele acampamento.
    Simples, mas funcionaria e também seria uma oportunidade para dar um RESET na memória de Generations.

  23. Desculpem-me, sou nova no pedaço, mas bem “antiga” no amor à Star Trek e gostaria de ver o Capitão Kirk aparecer no filme novo. Sonhadora?…
    Sou assim mesmo.

  24. É dificil acreditar, mas é uma tamanha falta e inteligência do Sr J.J. & Cia. a decisão de não incluir o Shatner no filme. Assim como foi bobagem Shatner ter concordado com a morte de Kirk. Mas estamos falando de ficção cientifica e trazê-lo de volta é fácil, aliás , ele mesmo já escreveu COMO.
    Shatner É Jornada nas Estrelas e este filme sem ele não será a mesma coisa.

  25. Alvaro,

    Shatner escreveu como (tecnologia Borg) ressussitar o velho Kirk, mas quem leu o livro “O Retorno do Capitão Kirk” sabe que aquele não era de fato o capitão que conhecemos, e sim apenas seu corpo com algumas memórias restauradas! Acredito que seria inútil ressussitar o capitão desta forma e os borgs não se enquadram na trama deste filme.

  26. Seria necessário ter um filme sobre aquele livro, só assim iria torná-lo canônico.

    “…mas quem leu o livro “O Retorno do Capitão Kirk” sabe que aquele não era de fato o capitão que conhecemos, e sim apenas seu corpo com algumas memórias restauradas! ”

    Nicodemus, era a única maneira do Shatner voltar! hehehe

    Creio que um filme sobre este livros seria melhor que aquele filme sobr os Ba’ku, mas o tempo já passou e nada foi feito, creio que para este filme não tem jeito de colocao o Shatner… só se criarem um memorial holográfico na época do Spock velho ou trouxerem o Kirk da dimensão espelho…

  27. Não vejo por que as pessoas ficam ligando Generations à participação de Shatner no novo filme. Não tem nada haver. Concordo com todos que querem que William Shatner participe do ST XI como o velho Kirk. Não se pode dizer que William Shatner já era. Ele é praticamente Jornada nas Estrelas. Será emocionante vê-lo ao lado de Nimoy. Só em vê-los lado a lado em uma entrevista já me deixa super emocionado. Se realmente William Shatner não aparecer no filme será no mínimo lamentável e para os fãs antigos será algo bem frustante. Parece que os estúdios estão querendo “pescar” novos fãs (sem perder os antigos) do que fazer um filme principalmente para os trekkers. Ainda acho que teremos uma surpresa a respeito da inclusão de Shatner. O filme sem ele deixa de ser um renascimento da franquia, pois ele (assim como Nimoy) é Jornada nas Estrelas. Tudo que existe no universo de Star Trek é graças aos personagens Kirk, Spock e McCoy. Os três estão para Jornada assim como os Beatles estão para a música. Vida longa e próspera a todos.

  28. Seja como no livro O Retorno do Capitão Kirk, seja atraves do Nexus, seja pelo guardião do Tempo, ou de alguma forma nova e criativa, acho que seria exelente o retorno do nosso eterno capitão Kirk no novo filme, acabando com aquela imagem ridicula de sua morte.
    Vida longa e propera para James T. Kirk

  29. Li todos os comentários e acho que todos estão com razão, trazer Kirk de volta seria muito dificil, mas deixar ele de fora também não me parece certo, ainda mais neste momento onde se pretende trazer ST de volta, uma vez que a série nunca esteve tão por baixo, talvez fosse melhor engolir o Generations, como muita porcaria que já vimos, e fazer de conta que da para trazer o Kirk, afinal o JJ consegue tirar coelhos da cartola vejam o Lost por exemplo!!

  30. A estória do livro “O Retorno do Capitão Kirk” é excelente para um filme na minha opinião, mas não ressussitaria o velho capitão definitivamente. Quem nunca leu eu recomendo!

  31. Ué.
    Em ficção científica o tempo não é linear. Já que vai haver viagem no tempo, é só trazer o Kirk de um futuro ANTES de sua morte…

  32. Luiz Jorge Dias | 23 de janeiro de 2008 at 8:05 pm |

    Respeito todos os comentários anteriores, mas considero que Jornada sem Kirk, Spock e McKoy nunca teria real sentido. Acho que o Sr. Shatner deve se arrepender mesmo de terem deixado o bom e velho Kirk morrer duplamente em ST VII. Mas ainda creio que algo será feito (ou já tenha sido feito), pois é muita discussão sobre um mesmo assunto. Isso é jogada de marketing, coisa que J.J. e CIA. LTDA. sabem fazer muito bem. Creio que ele, Mr. Shatner, seja o maior divulgador do novo ST, pois vira e mexe ele fala sobre o novo filme. Ele tá por dentro, sim. Aguardem e confiem. Ah, onde posso adquirir o livro “O Retorno do Capitão Kirk”, uma vez que parece estar esgotado?

  33. Eu tenho o livro em arquivo DOC se desejar!
    Também já tentei comprá-lo sem sucesso.

  34. Luís Henrique Campos Braune | 23 de janeiro de 2008 at 10:58 pm |

    Caros,

    De certa forma, como disseram alguns, todos tem razão. Existe um ditado (ou filosofia) budista que diz o seguinte: bom é o caminho do meio, nem a direita, nem a esquerda. É complicado trazer o Kirk? É… mas é possível! Ele é essencial ao filme? Pode até ser que não, por conta da história que se quer contar, mas seria emocionante vê-lo lado a lado com Spock (velhos). Existem certas coisas que vão além da lógica e trazer o Kirk velho seria (no meu caso e de muitos) ter a sensação de que aqueles caras que ajudarma a construir o universo de ST ainda estão aí e fazem parte disso. Sabemos que Shatner (pelo que lemos por aí) não é uma pessoa fácil de lidar, mas esse é um problema dele e de quem convive com ele – de forma que isso não pesa na decisão (quantos outros atores são assim!). O fato é que ele fez bem o que fez, ao dar vida ao personagem. Não me interessa sua carreira fora de ST e se ele, além de difícil de lidar, é “chorão” e fica pressionando sua entrada em ST-XI. O que importa é o que ele fez como Kirk, mesmo tendo errado na morte (mixuruca) do personagem. Então, tirando a média de toda essa situação, acho que seria mais benéfico a entrada dele no filme e haveria um jeito de explicar tal coisa. Dizer que ele é ST é exagero, mas uma parte importante, tanto quanto Nimoy, DeForest e tantos outros. Uma das coisas legais no personagem (que Shatner soube tratar bem) é a disposição dele em “partir pra cima” e resolver e problema: pegando na mão, blefando, “mandando bala”, seja como for… mas defendo e colocando em primeiro lugar sua nave e tripulação. Que venha Shatner!

  35. Luís Henrique Campos Braune | 23 de janeiro de 2008 at 11:02 pm |

    Falha nossa:

    resolver e problema = resolver o problema
    defendo = defendendo

  36. Maravilha! Hoje já fiquei mais feliz com os comentários, porque não acredito que alguém que tenha assistido ST há alguns anos atrás, como eu(não mencionemos datas certo?)seja capaz de aceitar um novo filme sem os dois, Shatner e Nimoy. É rapazes, eu confesso, fui apaixonada pelo Kirk sim, e também pelo Spock…Pronto já falei. hehe

  37. Mário Augusto Gomes | 24 de janeiro de 2008 at 12:35 pm |

    Bobagem esse arrependimento, o Generations foi um filme muito bonito. Não foi a altura do first Contact , mas foi bom, introduziu a NG na telona.
    Filme ruím foi o Star Trek V.
    Ruím é participar desses filmes caça níqueis forçando a barra com a franquia. O Bill tem um passado muito forte na franquia, a fila andou…

  38. Chris Pine declarou que contracenou com o Nimoy, eu estava pensando… Esta cena poderia ser perto do final do filme qdo o Spock velho deverá voltar para o futuro, então antes de partir ele entregaria um data pad para o jovem Kirk e falando a celebre frase “Jim eu sou e sempre serei seu amigo”, corta para outra cena do velho Spock retornado para o seu presente encontra o velho Kirk apenas agradecendo o conselho em relação aos acontecimentos que levaram a sua morte. Sei que isso ta com cara de um dramalhão mexicano, puro sentimentalismo, mas eu ia gostar de ver!

  39. Apesar de criticar tanto o Shatner, eu quero dizer que adoro o Kirk dele tanto quanto todo mundo. Só acho que esse retorno deveria ter sido feito nos filmes anteriores. Agora não parece apropriado.
    Mas só estamos discutindo isso por que os últimos filmes fracassaram e os produtores ficaram desesperados. Lembrem-se que depois da morte de Kirk, eles esqueceram o elenco original e quase todos já estavam conformados com isso. O Nimoy não botava as orelhas a 15 anos e achava que nunca mais o faria.
    Eu sempre achei que pelo menos uma pontinha eles mereciam. Nem que fosse um velho almirante Chekov passando no fundo.
    O fato é que se a nova geração ainda estivesse fazendo sucesso, dificilmente a questão Shatner estaria sendo cogitada.

  40. Eles jogaram os originais fora, fizeram besteira e agora precisam deles de novo. É a impressão que eu tenho…

  41. Luís Henrique Campos Braune | 24 de janeiro de 2008 at 11:32 pm |

    Caraca! O Valter tá certo (post 40)! Eu nunca tinha pensado desta forma… acertou na mosca…

  42. Ao mesmo tempo, como o objetivo do filme é atrair o grande público que não conhece nada de jornada, o antigo elenco da série clássica é a única referência de jornada para quem não conhece a franquia. Você pode nunca, ou quase nunca, ter assistido jornada mas já ouviu falar de Kirk e principalmente do “homem de orelhas pontudas” chamado Spock. Logo, um filme com este objetivo não seria possível com outro elenco.

  43. Concordo com NiCoDeMuS, apesar de achar fantástica TNG, ainda a referencia maior em relação a franquia é o elenco da TOS, especificamente a dupla Kirk e Spock.

  44. Essa insistência de Shatner está até estranha, ou então é a mídia que está exagerando.

    O filme jé está sendo filmado !!! Não dá tempo de colocar o Shatner, inventar uma história para encaixá-lo, a não ser que seja ( muito ) forçado.

    Ele já falou o que tinha que falar no início, que estava decepcionado com sua ausência. A partir de então, teria sido muito melhor para a imagem do Shatner permanecer calado.

    Dá até para acreditar nesta “teoria da conspiração” de que estão omitindo a presença do Shatner até o instante final, para fazer publicidade em cima disso.

  45. Eu, particularmente, virei fã da série VOY depois da 4ª temporada e gostaria muito de rever aqueles atores participando dos filmes, como a Janeway que fez uma ponta de almirante no último filme “Nemesis”. Infelizmente eles não se encaixam neste novo filme, mas quem sabe num próximo? A Sete de Nove e o Doutor são fantásticos! Poderiam dar uma chance à eles (VOY) no cinema, e quem sabe até envolvendo o pessoal da DS9 também! Será que dá certo? =]

  46. Sinto muito sr. NiCoDeMuS, mas acho que esses personagens não darão as caras tão cedo.

    Se o próximo filme for bem, eles continuarão com esse elenco.
    Se for mal, será o terceiro fracasso consecutivo e creio que será O Fim.

  47. É pessoal, a discução está interessante !!!!

    Muitas pessoas que deram sua opinião aqui, estão muito mais por dentro do universor de ST do que eu.

    Comecei a assisitir e gostar dos episódios de ST (Série original) em 1991 na antiga Rede Manchete. Desde então, nunca mais deixei de assistir.

    Minha opinião geral sobre Star Trek é a seguinte ?

    ST série original: É uma série muito boa e em muitos episódios chega a ser excelente. É impressionante como com tão pouca tecnologia e dinheiro que a série tenha sido tão boa e aclamada e isso se deve aos excelentes atores, enredo e é claro ao Geene.

    ST Nova Geraçao: Série com vários episódios fracos, mas na segunda temporada em diante, com alguns episódios muito bons, é pena que tenha acabado.

    ST Enterprise: Série razoavel, interessante de acompanhar, poderia aproveitar melhor o gancho da evolução tecnológica nos episódios ao Invés de ter tantos capítulos voltados a um mesmo tema.

    ST Voyager: Uma série muito fraca, às vezes interessante.

    ST Deep Space Nine: Com todo respeito à quem gosta. É uma tremenda porcaria.

    Procurei dar esta opinião, tanto como fã quanto como alguem que não conhece a série.

    Rezumo geral da ópera:

    A série original é e sempre será o pilar de Star Trek.
    Quando a franquia abandonou o bom e velho caminho, fez muitos filmes ruinz que só são vistos por nerdes (segundo dizem as pessoas que não acompanham os filmes).

    Toda e qualquer produção tem de dar retorno financeiro, caso contrário, cai no abandono. E isso só pode ser obtido com bons roteiros.

    O retorno de Kirk seria fundamental para agradar aos antigos fanz, sendo que são eles que mantiveram a franquia viva apesar de tantos erros banais. No entanto, isto tem de ser feito através de um bom roteiro (ha muitas formas de fazer isto).

    Um grande abraço à todos.

  48. Eu, acho que da maneira que o Sr shatner queria aparecer no filme, é que acabou gerando o impasse sobre sua participação. J.J Abrams acho como ficou sbtendido, queria que ele tivesse uma pequena participação, mas ele não ficou satisfeito, além da quantia em dinheiro, que não deve ter sido pouca. E gastar muito dinheiro com uma participação que no final das contas ia ser uma tremenda forçada de barra não seria logico. Gosto do personagem Kirk queria ele no filme, mas o fato de ser ficção cinetífica, não significa que tenha que ser feita qualquer tipo de coisa, tudo tem que ser feito com coerência.
    Se a Enterprise não convencese como nave estelar o seriado não seria convincente.

  49. O problema de Generations e da morte de Kirk é que certamente ninguém imaginava ( quem controlava Star Trek na época ) que a TNG não daria certo no cinema, e que futuramente precisariam voltar às origens e pedir uma ajudinha à velha e boa TOS para salvar a franquia.

    Aliás isso daria uma história e tanto, no bom estilo do velho Kirk, trazer o Kirk do passado ( do Nexus, o que seja ) para salvar o mundo ? Salvar o universo ??? Não: Salvar Star Trek.

    Se não for desta vez, meus caros, teremos que viver de reprises por longos anos, quem sabe nunca mais.

    Aliás esta idéia de reboot num filme, acho que teria sido melhor numa série, mas esperemos. Estou muito animado e confiante no JJ Abrams. Que Gene o esteja inspirando lá de cima.

    Abraços.

  50. Se arrependimento matasse… é! Nesse caso matou um personagem (rsrsrsrsrs).

  51. Uma maneira que não feriria os eventos e que daria uma ponta para Shatner seria Spock velho batendo um papo nostálgico em um holodeck, com uma simulação de Kirk. Um holograma “consciente” como o Dr. de Voyager… não se esqueçam, Spock ainda está vivo no universo pós-TNG, tecnologicamente consistente com as simulações holográficas.

  52. eu acho que sem o capitão kirk fica um pouco sem graça,pois a saga é bem justa tudo começou com eles afinal eu quero curtir o filme relembrar velhos tempos ou melhor voltar aqueles tempos[sei que é impossivel]mais vale a pena !!!!!!!!!!!
    quem me dera ter todos no filme novo!!!!! que venha logo!!!!!! fuiii

  53. Spock já morreu uma vez e foi trazido de volta pela tecnica religiosa de cultural de sua raça. Porque não trazer Kirk de volta do mesmo jeito?

  54. jornada sera sempre uma lenda inesquecivel!!!!!!

  55. Alferes Minerva | 4 de abril de 2012 at 7:51 pm |

    Uma maneira linda eu acho seria que o KIRK não teria morrido realmente, vocês lembram que ele O porsonagem sempre disse que morreria sozinho e ele não estava só, ademais ele ficou num planeta cheio de pedras e com um monte de gente indo e vindo em suas naves, até posso ver Ele colocando a mão para fora e dizer, Não vão fazer de mim um IDOLO, ele de algum jeito encontra alguma nave proxima, que veio buscar sucata na região por exemple e se vai para um planeta onde ninguem o conheça, lembro de um episodio onde ele encontra um planeta idilico onde havia uma civilização parecida com a dos indios americanos me lembro que lá ele se apaixona tem uma esposa e depois como me lembro ela acaba morrendo, quem sabe eles podem usar alguma coisa semelhante e o velho Kirk ACABA virando pajé ou chefe tribal com filhos pois ja haveria se passado 16 anos desde a sua suposta morte, imaginem ele nunca disse quem seria sempre vivendo no paraiso até que o espaço o chama novamente …. eu amaria ver o KIRK novamente. outra possibilidade seria ele ir para um planeta pequeno e ser dono de um barzinho onde serviria bebida para os bebuns e imagino os filhos pois é claro ele teria se casado e como sempre ele teria escondido sua verdadeira identidade, os filhos querendo ser da frota estelar o redicularizariam sempre o chamando de bundão mas quando um dia ele se apresenta vestido de capitão e todos o cumprimentando como KIRK vejam SERIA EMOCIONANTE.
    esse J J ABRANS É UM BOBO MESMO …. TANTA OPORTUNIDADE PARA UM FILME MAGNIFICO E MUDA TUDO ….

Leave a comment

Your email address will not be published.


*