Abrams diz que vale a pena esperar pelo filme

j-j-abrams-7.jpgA última edição da revista TV Guide, trouxe uma entrevista com o produtor e diretor J. J. Abrams. Ao falar sobre Jornada nas Estrelas, Abrams disse estar bastante animado com o resultado da montagem dos efeitos e que teve uma grande emoção ao sentar-se junto com Leonard Nimoy para assistir uma parte do filme.

Na entrevista, Abrams disse ter ficado realmente entusiasmado ao poder conversar, por um tempo, com o ator Leonard Nimoy. Em função da grande quantidade de filmagens, o diretor comentou que não teve muito tempo para sentir realmente o que foi trabalhar ao lado do veterano ator, mas, recentemente, teve a oportunidade de sentar ao lado de Nimoy durante a apresentação do filme ao estúdio e aí ter sentido uma emoção muito forte ao ver o grande ícone da franquia opinar.

Abrams demonstrou também estar muito entusiasmado com o resultado do filme, que se encontra ainda na fase de edição, “Creio que esse filme valerá a pena pela espera”, disse referindo-se ao adiamento para maio de 2009, “Ele está sendo abençoado por um maravilhoso otimismo e um elenco ativo e envolvido. Até que os efeitos especiais venham a se tornarem incríveis, a edição terminou, agora, somente 50 dos mais de 1.000 efeitos visuais. É divertido, é assustador, é dramático, emocional e que distrai, tudo isso sem ter o material que você acha que um filme chamado Jornada nas Estrelas deveria requerer. Isso, para mim, é excitante”, finalizou o diretor.

Numa entrevista ao site AICN, o ator Simon Pegg (Scott) disse que também deu uma olhadinha no filme apresentado no estúdio, “Eu vi um pouco e fiquei gritando (de emoção)”, disse o ator, “Eu coloquei a mão na boca e disse a mim mesmo – Meu Deus! Isso está muito bom – Eu acho que vai ser grande”.

Fonte: TrekWeb

54 Comments on "Abrams diz que vale a pena esperar pelo filme"

  1. "Frank" Hollander | 25 de agosto de 2008 at 3:30 pm |

    Mais de 1000 efeitos? Salvo engano vi esta mesma frase em Senhor dos Anéis. Alguém confirma?

  2. Um filme é um filme.
    Ou seja, agradará uns e a outros será uma abominação.

    Uma coisa é certa, se este filme está acontecendo é porque a Paramaount está ciente do tamanho e da importância da magnitude da federações de fãs de Star Trek.

    Eles (a Paramount), estão apostando na “ressurreição” da geração clássica e estão sabendo da repercussão negativa dos últimos filmes.

    Não vão agora ousar a fazer feio, pois isso resultará em uma sensível redução da receita total de seus lucros.

    E os lucros dependem da qualidade dos filmes lançados pelo estúdio, fator primordial para nos manter antenados e satisfeitos.

    A Paramount depende de nós!

  3. Luís Henrique Campos Braune | 25 de agosto de 2008 at 5:31 pm |

    Se efeitos + história convencer… ueba! ponto pra nós!

  4. Hum, Pegg pois a mão na boca e gritou de emoção, se o filme for ruim vai ter gente arrancando os cabelos de “emoção”, mas na minha mente nada pode ser pior que Insurreição e Nemesis…..Quero ver muito esse filme e só vou meter o pau quando as luzes se ascenderem e eu realmente não tiver gostado. 🙂

  5. Ai Rekar não estou falando mal do proximo filme mas estou com medo que seja ao contrario do que o luis espera sendo MUITOS efeitos e —– historia

  6. Depois de tanta porcaria, quem sabe esse filme se salva? É esperar pra ver…

  7. “Eu vi um pouco e fiquei gritando (de emoção)”, disse o ator, “Eu coloquei a mão na boca e disse a mim mesmo – Meu Deus! Isso está muito bom – Eu acho que vai ser grande”.

    Pessoal, agora estou ficando assustado.
    Este tipo de comentário é um insulto a nossa inteligência.

  8. O dia em que alguém ligado à produção do filme fizer algum comentário negativo eu começo a acreditar em pingos! Aliás, acho impossível que alguém que tenha acesso a qualquer material prévio do filme vá tecer críticas negativas. Afinal, isso não é festa de casamento, para que os convidados saiam colocando defeito no bufê. Na verdade, é tudo marketing, business. O único crítico que me interessa sou eu mesmo. Espero estar vivinho da silva até lá (juro por tudo quanto é canônico que, recentemente, durante uma decolagem de avião, pensei na possibilidade de um acidente aéreo me privar de testemunhar o grande acontecimento).

  9. Sim Davi concordo com seu ponto de vista, afinal Abrams não nos deu algo de concreto, a não ser aquelas fotos em close dos atores caracterizados. Mas o que podemos fazer? Ou ele ou nada, só nos resta torcer para que saia algo bom……

  10. Eu acho que tivemos tanta porcaria treker no cinema, que não vai dar pra reclamar do filme do JJ, por exemplo quem conseguiu assistir mais de uma vez Insurreição, não poderia reclamar do filme, nem que ele fosse um episódio da serie original remasterizado rsrsr

  11. Quando um ator interpreta ele não tem a idéia exata de como será a cena, com efeitos e trilha sonora, apenas faz uma auto crítica de sua atuação. Acho normal a reação de espanto, quando assistem as cenas prontas com todos os efeitos juntos e principalmente se as tomadas, efeitos e som forem muito bons. Deve ser legal, você ver aquilo se transformar em algo imenso, cinematográfico. Mas isso pode ser empolgação de momento.

    É claro que ninguém vai detonar o filme nessa fase, nem o estúdio vai deixar.
    Mesmo o Spielberg, que foi ver as filmagens, não vai criticar por questão de ética.
    Eu espero pela crítica quando surgirem os primeiros traillers. Aí sim poderemos ter uma idéia de como a coisa toda será.
    Até lá será rasgação de seda mesmo.

  12. Flávio Fernandes | 26 de agosto de 2008 at 11:16 am |

    Se ele não disser isto quem dirá??

    Para ele deve ter valido á pena mesmo, pois, deve ter embolsado seus milhõezinhos de dólares.

    Para nós vamos ver no que dá.

  13. Bem, avaliando por tudo que vi do Abrams até agora (séries e filmes), o pior dele ainda é muito melhor que os últimos filmes de Jornada. Portanto, levo fé que teremos no mínimo um bom filme – mas que, como sempre acontece, será adorado por uns e odiado por outros. O desafio de Abrams é encontrar o ponto certo para satisfazer os fãs hardcore e os pretendidos newbies de Jornada.

  14. As vezes eu entro aqui e não sei o que dizer por que todo mundo acaba dizendo tudo, aí eu fico imaginando no futuro o que a galera estaria dizendo depois terem assistido o filme. eu sei que é estranho, mas eu fico imaginando os mais diferenciados tipos de comentários… Mas eu espero que somente a metade do que imagino se torne realidade, aquelas críticas construtivas e elogiosas…

    A propósito, ontem deveria ter sido lançado o ultimo box do jornada nova geração, será que realmente saiu…?

  15. Embora seja meio duro dizer isso.

    Creio que esse filme estará no minimo, no mesmo nivel de “A Ira de Khan”.

    Mas, curiosamente, se ele realmente, conseguir capturar o espirito da série em um filme (algo muito difícil) então ele pode realmente sair da “escala trekker” de filmes. E ai meus amigos o céu é o limite…

    Basta pensarmos o seguinte: pra TOS gerar uma franquia com 10 filmes e outras 4 séries, e milhões de fãs consumindo uma série de produtos, foi necessária 3 temporadas de uma série e 10 anos de reprise pelo mundo a fora, até sair o primeiro filme.

    O caso é que o estudio não quer simplesmente colher os frutos dessa história, não quer um filme só para trekkers. A Paramount quer repetir tudo isso.

    Agora, pro Abrams repetir isso com apenas um filme( ou uma trilogia) essa produção terá que ser algo que entre nos anais da história do cinema.

  16. Flávio Fernandes | 26 de agosto de 2008 at 3:11 pm |

    Jf Souza:

    Já acabei de assistir o Box. Saíu á alguns dias.

  17. Como vai, Sr. Madruga. Voltou meio pessimista. O que houve com a animação de ver um novo filme de Jornada, um crossover e tudo o mais?

    Fiquei curioso, qual seria a escala trekker?

  18. Luís Henrique Campos Braune | 26 de agosto de 2008 at 5:28 pm |

    Ô 08 de maio de 2009 que não chega! (É 08 mesmo?)

  19. Leandro Martins | 26 de agosto de 2008 at 10:51 pm |

    O Dia V.

  20. “Abrams diz que vale a pena esperar pelo filme”

    • Vou confiar, hein? Olha lá… estamos de olho!!!

    Pelo menos, enquanto espero oito meses pelo filme (que não sejam em vão), vou poder daqui dois meses desfrutar das Hqs de Jornada, em português!

  21. Marcio Guimaraens | 26 de agosto de 2008 at 11:48 pm |

    O Tal que dirigiu NEMESIS não foi o o que fez Gladiador ?

    O Tal que fez Insurrection, não foi o que fez First Contact ?

    O Tal que fez a Procura de Spock não foi o que fez De volta para Casa ?

    Esse tal que esta fazento Enterpise sendo construida no Chão não é o que fez MI3 ?

    Voce vao chorar de muita emoção isso é certo eu estou chorando por gastarem tanto dinheiro e depois ficaremos sem Jornada por causa dessa ideia besta de VOLTAR atras em vez de SEGUIR a diante.

    Seguir adiante, mesmo en frente ao precipicio é nelhor do que virar de costa e descer devagarinho pois quando chegar vivo la no chão vai ser f… voltar

  22. Márcio
    Onde vc conseguiu essa informação de que a Enterprise estaria sendo construida em terra?
    Não seia somente as peças e a montagem feita no espaço?
    Sabemos que a nossa velha nave não pode adentrar a atmosfera, seria um contrasenso, somente a Voyager pode fazer isso em toda a série.
    Agora, que produtores que fizeram coisas boas podem fazer coisas ruins já vimos, mas eles podem fazer coisas boas também. Acho ótimo um prequel para TOS e espero com expectativa.
    Pessoal
    Por falar nisso, fui pesquisar a origem da palavra “prequel” e achei muito legal.
    abraço a todos.

  23. Segundo informação do Orci, parte da Enterprise seria montada em terra e parte no espaço. Aquele teaser poderia ser apenas uma alusão a produção do filme e não parte de alguma cena.

  24. Marcio Guimaraens | 27 de agosto de 2008 at 5:14 pm |

    Montada em solo !!!!!!!!!!!!!!!

    Para que servem os estaleiros espaciais ?

    Nada justifica isso, e os proprios roteiristas andaram falando na epoca que discutiram o assunto e decidiram que não seria problema, agora deposi de um debate destes quem acha que vai sair algo bom ? Eu nem vou me deslocar ao cinema, depois de 10 filmes este é o primeiro que não tera min ha presença no cinema. Uma pena a serie estar perdendo por completo, so nos resta as pessoas na NET que ainda fazem trabalhos maneiro tipo Hidden Frontier e etc…

  25. Ralph Pinheiro | 27 de agosto de 2008 at 6:37 pm |

    Palavras do Orci durante o Grand Slam XVI em abril: “A USS Enterprise será montada no espaço, embora algumas peças sejam montadas na Terra”.

    A construção de algumas partes da nave em terra e levadas ao espaço para uma montagem final é mais real do que olharmos toda a sua construção num estaleiro espacial com todos os problemas de falta de gravidade e coisa e tal.

    Uma pena que vc já esteja condenando uma produção que nem ao menos vimos o seu primeiro trailer.

  26. Em minha humilde opinião é puro preconceito…

  27. Não dá para comparar Missão Impossível com Jornada, são coisas bem diferentes – mas MI3 é o melhor filme da franquia.

    E já que estamos falando de diretores, Nemesis foi dirigido por Stuart Baird, não por Ridley Scott. O roteirista sim, John Logan, é o mesmo de Gladiador.

  28. tem um entrevista interessantissima com simon pegg, o novo scotty, no trekweb hoje

    http://trekweb.com/articles/2008/08/27/Simon-Pegg-Says-New-Star-Trek-is-Going-to-be-Contemporary-and-Gritty.shtml

    vale a pena traduzir, Ralph.

  29. Já está sendo feito. Obrigado Fábio.

  30. Marcio… sinceramente… se esse filme for pior do que Hidden Frontier… sinceramente eu naum sei nem o que faço… ou falo…
    Aliás eu ainda procuro uma produção de Jornada pior do que Hidden… até o escandaloso “episódio do peixe” de Voyager vale mais a pena ver do que essa lixeira.(obviamente uma opnião particular)

  31. Concordo com o Marcio. Hidden Frontier é inassistível. Já manifestei minha opinião antes sobre filmes de fãs. Acho o Phase II passável, apesar de que, quando vi as primeiras cenas do piloto no youtube, achei que se tratava de uma paródia. Depois deu uma melhorada.

    Sobre o filme do JJ, gostaria de acreditar que a franquia não depende inteiramente dele. Filmes para cinema são sempre feitos para um público mais abrangente e correm o risco de não agradar nem aos fãs, nem aos espectadores eventuais. Melhor seria se estivessem anunciando uma nova série para a TV.

  32. Concordo com o Marcos. Hidden Frontier é inassistível. Já manifestei minha opinião antes sobre filmes de fãs. Acho o Phase II passável, apesar de que, quando vi as primeiras cenas do piloto no youtube, achei que se tratava de uma paródia. Depois deu uma melhorada.

    Sobre o filme do JJ, gostaria de acreditar que a franquia não depende inteiramente dele. Filmes para cinema são sempre feitos para um público mais abrangente e correm o risco de não agradar nem aos fãs, nem aos espectadores eventuais. Melhor seria se estivessem anunciando uma nova série para a TV.

  33. Concordo que uma nova série na TV seria melhor, e acho que até a Paramount gostaria disso, mas antes ela quer dar uma sacudidela nos fans para garantir audiência. Como sabem, muitos trekker gostam somente de TOS e tem um bloqueio natural com os outros seriados, portanto precisa ser realizado em trabalho tanto na qualidade das séries e sua divulgaçao, qto mostrar ao público que a coisa é boa. Essa inércia, imagino eu, deverá ser quebrada com um ou mais filmes no cinema.

  34. VERDE, eu posso estar enganado, mas pelo que eu entendi no episódio “Tomorrow is Yesterday” (TOS) quando o caça da Força Aérea americana avistou a Enterprise no céu, ela já tinha adentrado a atmosfera terrestre. Então as naves da classe Constitution não teriam supostamente problemas para adentrar a atmosfera. Isso pode ser corroborado com o fato de que naves da classe NX-01 (anteriores às Constitution) também já eram capazes de adentrar a atmosfera (conforme visto no episódio “Storm Front” de Enterprise, na maneiríssima cena com os aviões nazistas). Acho que às vezes em que a Enterprise ficou na saia justa em relação a decaimento de órbita (como por exemplo no episódio “The Naked Time”), deve-se ao fato de que as naves não podem entrar na atmosfera de qualquer jeito, tendo que navegar num ângulo certo e numa velocidade controlada pra não queimar na reentrada (como é com os ônibus espaciais reais).

  35. Eu acho que o fandom criou uma discussão desnecessária quanto a criação da Enterprise. Pior que isso só a discussão que deveria aparecer o Kirk. Não aguento mais isso.

    Pelo que eu entendi, o lance da enterprise no solo só foi para que no TEASER o pessoal tivesse um senso maior de ST como algo real, como um provável futuro da humanidade (algo que se perdeu ao longo das décadas). É para o pessoal olhar e só descobrir que no final é ST, e tomar uma surpresa.

    Por mim a Enterprise pode ser feita no pátio da minha casa, dentro da casinha do meu cachorro, no raio que o parta…. Desde que o filme seja bom.

  36. Marcio Guimaraens | 28 de agosto de 2008 at 7:45 pm |

    Problema de Gravidade ? Uma construção deste porte so pode ser facilitada sem gravidade principalmente pelo tamanho e peso das peças e seu manuseio. Se algo pudesse ser contruido em terra não envolveria SOLDADOR conforme se ve no TEASER, então CONSTRUÇÃO EM SOLO e fantasia infantil tipo Disney e Buz Light Year.

    Se que fez nemesis foi diretor ou roteiriosta, não importa, o importante é que alguem escreveu ou dirigiu Gladiador e depois escreveu ou dirigiu NEMESIS. A moral é que quem faz bem pode fazer M… é so não entender o universo em que esta trabalhando e tudo vai pelos ares.

    Hidden Frontier é tão inassistível, que existe até hoje e tem até outra serie envolvida, então se 2 pessoas não assistem ….. !

    Enterpise na atmosfera em um episodio Enterprise não pode decair de orbita em outro. A Way team preso em solo do planeta quan do teletransporte com defeito num epiosodio. Nave auxiliar no outro. Tais incoerencias estão cheias na TOS a serie estava nascendo e muito foi tomando formato depois, então me justificar a mantagem em solo com isso não dá MESMO !

    Se construirem a enterpise no patio de casa vou guardar a miniatura para enfeite de prateleira que para ver filme serio é dose. Certamente ST não foi feito para esse tipo de m….

    RESUMINDO ENTERPRISE CONSTRUIDA EM SOLO NÃO DÁ…..

  37. Concordo com os posts acima, Hidden Fronteir é inassitível. O único que se salva, bem mais ou menos é o Phase II, e olhe lá…

  38. Leandro Martins | 28 de agosto de 2008 at 9:15 pm |

    Claaaaro, pois Khaless proíba de termos exemplos de comum e regular indústria pesada federada, não? Para que solda, quando algum tecnobable pseudocientífico sem sentido poderia ser usado, huh?

    Bem, para não falar nada também da bobagem em geral que é tentar superanalisar em excesso um mero teaser.

  39. Post 34. Lucian.
    A Enterprise tem motores, embora nunca tenham mostrado. Acredito que esses motores possam fazer a nave voar na alta atmosfera por algum tempo, mas talvez numa baixa altitude eles não sejam capazes de fazer uma nave desse porte alcançar a órbita.
    A NX-01 é uma nave bem pequena em relação a Constitution e porisso podia fazer manobra em baixa altitude, menos aterrissar, o que acho um contrasenso, já que ela pode voar bem baixo, a poucos metros do solo, por que não aterrisar?

  40. Lucian
    Realmente nestes casos a Enterprise entrou em contato com a atmosfera, o Márcio também tem razao qdo diz que há certas incoerencias, porém o que estava enfatizando é que a enterprise nao pode voar livremente e até mesmo decolar/pousar, como seria necessário se fosse montada em terra.
    Suas observaçoes sairam totalmente do que estava tentando expressar.

  41. Luiz Castanheira | 29 de agosto de 2008 at 11:05 am |

    Continuo sem ter a menor idéia do que esperar deste filme.

    Sobre o que foi dito do MI3… Os três filmes da franquia para o Cinema (que estão mais para uma desculpa para se ter um Bond próprio da Paramount do que para se adaptar a velha série de TV, por falar nisto) são no máximo mediocres e o J.J. conseguiu a façanha de reciclar os dois primeiros longas (?!).

    Abraços
    Castanheira

  42. Luís Henrique Campos Braune | 29 de agosto de 2008 at 12:09 pm |

    Com relação a Enterprise, tem um episódio em TOS onde a nave volta ao passado e é avistada por um caça. Acho que se chama “O amanhã é ontem”. A que altitude a Enterprise deveria estar, neste caso?

  43. Desculpe-me, Verde, se divaguei das suas colocações. É que na verdade, de maneira semelhante ao Tomalak, me desinteressa essas discussões sobre detalhezinhos de pouca importância nesse teaser ou naquela foto, ainda mais se tratando de um filme assumidamente declarado como um ‘reboot’.
    De qualquer forma (e agora me mantendo no escopo das suas colocações), é justamente a presença dessas pequenas incoerências (entre séries ou dentro da mesma série), que tornam mais inofensivas as liberdades criativas que o Abrams possa vir a tomar em seu reboot (ele pode simplesmente adotar como referência um episódio ao invés de outro). Então, já que não temos nenhum acontecimento “histórico” importante no timeline de Jornada, que torne absolutamente necessário e imperativo que a Enterprise seja construída em solo ou no espaço, pra mim o Abrams pode fazê-lo até na casinha do cachorro do Tomalak mesmo, desde que o fizesse com coerência (o que seria um desafio, neste caso em particular :)).

  44. O Abrams ele é um grande “reciclador”, mas no bom sentido na palavra, nao é plagiador. Ele costuma pegar conceitos antigos e em desuso e dar uma nova roupagem, sob um ponto de vista original. Acho que nada mais adequado para Jornada nas Estrelas.

  45. Marcio Guimaraens | 29 de agosto de 2008 at 2:58 pm |

    SUPER ANALISE DE EU TEASER ? fala Serio tem uma cara SOLDANDO a ENTERPRISE NO CHÃO !!!! Pelo amor dos meus filhinhos, se voces não se incomodam com isso então voces não podem dizer que ST é diferente de SW, porque depois disso vai ser a mesma coisa mermão.

    Enterprise NX aterrisa sim , em pedacinhos parceiro !

    Amanhã é Ontem é um episodio muito legal, mas se voce quiser fazê-lo dentro do universo de Jornada voce terá de cancelar o resto da serie inteira que disse que a ENTERPRISE NÃO VOA EM ATMOSFERA !

    Quanto fazerem um REBOOT de ST acho a pior ideia possível eles é que façam REBOOT no computador deles ST já existe´, é so continuar sem fazer M… que dá certo.

    Agora vai ter que ser MAGICO para colocar coerencia na CONSTRUÇÃO que vimos naquele TEASER, Quem sabe eles não contrataram o Harry Poter ou o Peter Pan n;ao é mesmo ?

  46. Pelo amor de Deus, ..como que num simples trailer, ou comentários dos atores, poderemos analisar uma obra inteira, ou seja um filme inteiro…acho que primeiramente devemos assistir o filme para poder tirar algumas conclusões…a franquia para sobreviver necessita de pessoas que gostem de assistir o que é produzido, acho que para os que estão com um pé atrás, nem façam questão de ir a um cinema..para que gastar dinheiro a toa se já deve entrar na sala reparando e torcendo que seja uma lástima,…aff é cada uma que a gente lê.

  47. Leandro Martins | 29 de agosto de 2008 at 4:00 pm |

    Vamos falar em termos práticos reais fora do universo de Jornada: usando um trailer de poucos segundos para ilustrar ao público em geral a idéia de “construindo” o filme, é evidente que mostrar trabalhadores com solda é mais indicado do que colocar algum tecnobable como masturbação mental que só o fandom entenderia — e que apenas os mais radicais destes levariam a sério demais.

  48. Ralph Pinheiro | 29 de agosto de 2008 at 5:39 pm |

    Gente, pela enésima vez, esse teaser não faz parte de nenhuma cena do filme.
    Foi uma forma diferente de mostrar que há um filme de Jornada em construção e que será mais atual, mais real. Foi para chamar a atenção. Só isso.

    Abrams preferiu usar elementos históricos e atuais que já conhecemos (discursos e os soldadores) para aproximar o público, do que fazer uma extravagância tecnobable bem fantasiosa que já cairia no desinteresse geral, como disse bem o Leandro.

    Vamos esperar pelo primeiro trailler para aí sim podermos ter uma idéia.

  49. Todo esse bla bla bla, só medeixa mais ansioso para assistir ao filme.
    É claro que eu não quero que ST se torne um SW, nós só não podemos esquecer que já houve uma “starwarização” de ST quando foram colocados alienígenas mil, tanto no cinema quanto na TV. Sabemos que não havia originalmente na TOS por causa da verba curta, porém não podemos esquecer que a fase II saiu da gaveta por causa do sucesso do primeiro filme de SW, sofrendo, portanto, uma influência, mesmo que indireta, dele.
    Engraçado que muita gente não gosta dos outros seriados de ST justamente por causa disso.

  50. Enquanto o filme não chega e por estarmos numa falta do que discutir sobre o mesmo, por que não aproveitamos e deixemos passageiramente o assunto sobre a construção da Enterprise, se será no chão ou no espaço, para aproveitar-mos este ano decisivo e…

    Peguei no Ibest: “De 1º a 7 de setembro, o Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral espera coletar 124 mil assinaturas para o projeto de lei de iniciativa popular, destinado a impedir a candidatura de políticos com ações na Justiça. É preciso reunir 1,3 milhão de assinaturas para tramitar no Congresso. O formulário de assinatura está no site http://www.lei9840.org.br/index.htm.

    Fora, ficha-suja “

  51. Não há como incluir alguns lulinhas corruptos que incrivelmente estão sem processo?

  52. Ralph Pinheiro | 30 de agosto de 2008 at 8:42 am |

    Ricardo, existe no Forum o off-topic para esse tipo de discussão.
    Os comentários aqui são relativos a notícia em questão.

  53. Creio que aqui fica bem mais visível! Quis aproveitar a oportunidade que a internet nos oferece e, aposto como os grandes líderes do passado, se tivessem tido acesso à net na época deles, grandes estragos ou grandes feitos teriam se realizado! Pensem: destruir uma classe política podre é garantia de um grande feito e uma aceleração nos nossos sonhos para viabilizar uma sociedade futura que, pelo menos se não for no estilo ST, pelo menos um cadinho melhor será! Pelo menos um pouco menos imperfeita!!!

  54. Marcio Guimaraens | 31 de agosto de 2008 at 5:37 pm |

    AFF ????????!!!!!!!!!!!!!
    Se voce quer fazer propagando do filme voce mostra o que ele tem de melhor e se montar uma nave espacial em solo para depois leva-la flutuando para o espaço é mais real e proximo da gente, então o filme mostra como será INCOERENTE com que ST jaá definiu. FORA REMAKE, quero continuação ! Eu nnão estaria falando nada se ao inves de um cara suando para montar em solo eu tivesse visto o mesmo cara de roupa espacial montando a mesma coisa em orbita nos estaleiros espacias que seria muito mais viável e coerente, então o cara que montou este TEASER consegiui botar muito mais pulga na orelha do que atrar publico novo.
    Quanto a technobable que estão reclamando não posso fazer nada por isso pois desde 1966 ST tem technobable então acho melhor procurar outra sereie não é mesmo.
    Que estoria estranha é essa que mil ET estraga ou STARWARIZA, NOS ESTAMOS FALANDO DE UMA GALAXIA MEU ! NÂO TEM MIL ESPECIES, TEM MILHOES, se voce não ta afim de ver ET mais uma vez, escolheu a serie errada, so para LEMBRAR FEDERAÇÃO UNIDAS DOS PLANETAS te lembra algo relacionado com ETS ?

    AAAAAFFFFFFFFFFF !!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    digo eu

Leave a comment

Your email address will not be published.


*