Takei e Shatner comentam sobre série Discovery

trek-2A franquia Star Trek, apesar dos seus 50 anos de existência, ainda mostra fôlego para continuar por mais tempo. Mesmo com a estreia de Star Trek Sem Fronteiras, uma nova série para TV já se projeta no horizonte, Star Trek Discovery. E dois veteranos de Jornada, George Takei e William Shatner fizeram comentários sobre essa produção e o futuro da franquia.

Conversando com o DigitalSpy, William Shatner revelou que ele se perguntava, a cada novo filme que fazia de Jornada, se não seria o último, uma vez que o estúdio na época, aparentemente, não mostrava muito esforço para uma continuação.

“Toda a experiência com Jornada era uma surpresa para todos, incluindo as pessoas nos estúdios”, disse o velho capitão.

“Durante todos os filmes que fiz, eles esperavam que fosse o último. Ao invés de armazená-los, eles destruíam os cenários, aí percebi que seria a última iteração do mesmo. Em seguida, um ano mais tarde ou assim que a demanda permitisse, eles construíam os cenários novamente.

“Ninguém nunca esperava, desde o momento da criação, ao cinema agora.”

Olhando para o futuro da franquia e sobre a nova série Discovery, Shatner se mostrou propício a fazer uma participação especial, mas alertou para o excesso de efeitos: “As pessoas por trás de Jornada precisam saber que a humanidade é o que a grande ciência de ficção é”.

“Neste trajeto, esses grandes efeitos sobre uma telona são a grande parte deste novo ambiente sci-fi, mas nas profundezas que é a essência de uma grande história, às vezes pode se perder.”

Outro ícone da antiga série, George Takei, expressou sentimentos um tanto críticos quanto as produções de JJ Abrams, dizendo que está faltando uma parte vital do original dos anos 60.

“Elas são todas grandes óperas no espaço, de ação e aventura”, disse ele. “Mas está faltando o elemento de Gene Roddenberry – usar a ficção científica como uma metáfora para abordar questões de importância para a nossa sociedade”, disse ao DigitalSpy.

Ele destacou o filme de 1986, Star Trek IV: A Volta para Casa, como um exemplo de como equilibrar espetáculo de tela grande com uma história de um assunto atual.

“Nós lidamos com isso de uma forma atraente, divertida, mas também de uma forma muito esclarecedora”, disse ele. “Então a tela grande pode dizer isso tão bem como na TV. É apenas como fazê-lo. É o talento do escritor.”

Mas o velho Sulu se mostrou mais animado com a nova produção de Bryan Fuller. 

“O potencial para contar histórias na nova versão de TV vai ser enorme e absolutamente tentadora. Tenho certeza que com Bryan Fuller no comando da série de TV, ela vai ter esse elemento de Gene Roddenberry.”

Takei sente que Fuller terá a oportunidade de lidar mais especificamente com as questões do nosso tempo. Quando perguntado se ele estaria disposto a reprisar o papel de Sulu em Discovery, disse:

“Contanto que eles me queiram, eu vou estar lá. Estou orgulhoso de minha associação com Jornada e eu quero vê-la viver mais tempo e prosperar ainda mais do que já tem!”

Uma foto para recordação. Durante a convenção Destination Star Trek em Birmingham, Reino Unido, os participantes tiraram essa foto épica.

William Shatner, George Takei, Walter Koenig, Marina Sirtis, Terry Farrell, Dominic Keating, Armin Shimerman, Alice Krige, Chase Masterson, Connor Trinneer, Max Grodénchik, Jeffrey Combs, Nicole de Boer, Casey Biggs, Garrett Wang, Greg Grunberg, Adam Nimoy, além do astronauta Al Worden.

William Shatner, George Takei, Walter Koenig, Marina Sirtis, Terry Farrell, Dominic Keating, Armin Shimerman, Alice Krige, Chase Masterson, Connor Trinneer, Max Grodénchik, Jeffrey Combs, Nicole de Boer, Casey Biggs, Garrett Wang, Greg Grunberg, Adam Nimoy, além do astronauta Al Worden.

7 Comments on "Takei e Shatner comentam sobre série Discovery"

  1. GILSON P. DE FARIAS | 17 de outubro de 2016 at 10:02 pm |

    Eu torço mas, para os efeitos…quero tipo: axanar! combate!!!! combate!!! combate!!!! Kkkkk

  2. Será que veremos mesmo em maio….ou irão adiar de novo….não divulgam nada de atores contratados ainda….

  3. Que foto sensacional!!!!!

  4. Isso é vero: “Nós lidamos com isso de uma forma atraente, divertida, mas também de uma forma muito esclarecedora”, disse ele. “Então a tela grande pode dizer isso tão bem como na TV. É apenas como fazê-lo. É o talento do escritor.”

  5. Não é só contar uma história, tem que valer a pena. Como diria o Capitão Kirk: “Tem que fazer a diferença”

  6. Belíssima foto, porem não deixa de ser triste ao mesmo tempo. Afinal, a tripulação daquela clássica Enterprise está desfalcada…..

  7. Se voltar as reprises de DS9 & VOY dubladas na TV ou Netflix e a nova dublagem de TAS & ENT me dou por satisfeito! Eu estou meio desapontado com esse novo cannon de ST e pra mim está me dando uma sensação de “Crepúsculo de Jornada nas Estrelas”…. A comemoração de 50 anos foi pior que comer “pão com manteiga sentado na calçada da padaria as 5:30 da manhã”… Não estou mais me identificando com os novos rumos em que a franquia está tomando e nem gostei dos novos planos tão pouco….
    O elenco original tem um “DNA” ímpar, eles deveriam ter sido envolvidos nesse “Jubileu de 50 anos” e ao contrário estão jogados às traças… Quando eles morrerem, aí vai rolar documentário, maratona, convenção, remasterização, Box comemorativos e idolatria para eles! Mas sabemos o porque!? Só para os estúdios vender outra vez os mesmos filmes e séries que eles fizeram e só receberam 1 uma vez por esse trabalho, e lucrar um monte como um Ferengi velho e ganancioso… Quanto a nova série, pra mim tanto faz….

Leave a comment

Your email address will not be published.


*