Primeiras Impressões: “The Sanctuary”

Em Primeiras impressões, coluna do Trek Brasilis, os colaboradores do site dão seus pitacos SEM SPOILERS sobre um episódio recém-lançado de Jornada nas Estrelas.

Episódio: “The Sanctuary” (Star Trek: Discovery, 3×08)

Burnham e a tripulação da USS Discovery viajam para o planeta natal de Book para ajudar a resgatá-lo de Osyraa, a líder da Corrente Esmeralda. Enquanto isso, Stamets e Adira continuam sua busca por informações valiosas sobre a origem da Queima.

O que achamos?

Salvador Nogueira: “The Sanctuary” é um episódio de atar pontas: para Book, para Michael, para a investigação da Queima, para Detmer, para Saru… uma aventura modesta, com sabor de “um dia na vida da USS Discovery”. Não é espetacular, mas também não compromete.

Susana Alexandria: A ação está de volta! Episódio tem três tramas paralelas, sendo uma inédita, envolvendo Michael e Book, e duas dando continuidade a segmentos anteriores. Há um bom equilíbrio entre ação e drama, com leves toques de humor, principalmente com Saru – o que é uma novidade interessante, já que Saru, geralmente, é um personagem mais sério. O drama fica por conta da relação entre dois irmãos. Drama familiar não é meu tema favorito em uma série de ficção científica, mas, pelo conjunto da obra, o episódio é um dos melhores da temporada até aqui.

Ralph Pinheiro: Temos um episódio mediano, que traz vários arcos, com uma sequência de ação meio sonolenta e trivial. O aguardado inimigo da Federação se mostra decepcionante na sua estreia, para a expectativa gerada. Embora a trama e a fotografia em relação ao arco de Book sejam boas, a dinâmica entre Hernandez e Ajala não funciona bem, e termina em algo já meio esperado. Os arcos sobre a queima e Georgiou tiveram um pouco mais de profundidade, o que espero que tragam um significado maior para as perguntas que ainda estão no ar.

Luiz Castanheira: Tivemos um episódio medíocre nesta semana: a história em si, Tilly como Número Um, as tentativas de humor, os atores convidados e os vilões esverdeados da vez. Tudo muito esquecível (inclusive a solução rasa dada para o arco de Detmer). Sobre A Queima: as últimas revelações apontam para um certo Short Trek. Sobre a Imperatriz: a divulgação do próximo episódio aponta para a sua saída da série de um jeito ou de outro. PS: É simpática a ideia de uma família adotiva para Adira.

Lucia Racz: “The Sanctuary” é um episódio padrão de meio de temporada de Discovery, uma missão da Federação em um novo mundo, acompanhada de batalhas espaciais, lutas, comédia, ação e drama. Sofre um pouco por tentar mostrar muitas coisas ao mesmo tempo e muitos assuntos ficaram sem resolução. Temos que esperar o próximo episódio.

Ricardo Nespoli: Mais uma aventura em outro planeta trazendo aquele clima nostálgico de Star Trek. Isso somada a uma cena maravilhosa de batalha temos um episódio de tirar o fôlego. Segue os mistérios: o que acontece com Georgiou e a queima?

Deixe suas primeiras impressões sobre o episódio na seção de comentários abaixo!

Be the first to comment on "Primeiras Impressões: “The Sanctuary”"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*