TNG 1×15: Too Short a Season

Uma mistura de Primeira Diretriz e “fonte da juventude” em outro episódio meio boboca

Sinopse

Data estelar: 41309.5

A Enterprise responde a um chamado para mediar um incidente envolvendo reféns em Mordan IV, e o governador Karnas exige que as negociações sejam feitas pelo almirante Mark Jameson, já idoso.

Descobre-se que o almirante já estivera naquele mundo 45 anos antes, negociando num outro incidente com reféns. Na época, Karnas havia sequestrado alguns membros da Federação e pedia armas em troca de sua libertação. A atuação de Jameson, dando armas a Karnas mas também a seus inimigos, provocou décadas de guerra civil no planeta.

Agora, Karnas, que também é responsável pelo novo sequestro, quer vingança. Entretanto, o destino pode ter se adiantado a Karnas. Secretamente, Jameson vem tomando um elixir da juventude que rapidamente o está deixando cada vez mais jovem, embora os efeitos colaterais possam ser fatais.

O almirante tem de enfrentar Karnas e também sua própria mulher, que se sente traída, na medida em que, ficando jovem, ele se afastará dela. Jameson organiza um grupo avançado na tentativa de resgatar os reféns, mas falha. Diante disso, ele decide se entregar a Karnas. No fim das contas, o almirante morre diante do governador, em razão da droga que estava tomando, pondo fim ao conflito.

Comentários

Enquanto “Justice” buscou questionar a validade inflexível da Primeira Diretriz, “Too Short a Season” mostra como as coisas podem dar errado quando não se joga pelas regras. Trata-se de uma demonstração prática sobre o porquê de a Frota Estelar prezar tanto o princípio de não interferência sobre o desenvolvimento de outras civilizações menos avançadas.

A trama de “armas por reféns” foi inspirada no caso Irã-Contras, revelado em 1986, em que a CIA facilitou o tráfico de armas para o Irã, durante a gestão Ronald Reagan. Infelizmente, esse ângulo não foi mais bem explorado.

O conflito, em vez disso, é personificado pelo almirante Mark Jameson. Sua vontade de resolver a crise, sair vivo e glorificado quatro décadas atrás o fez “esquecer” a Primeira Diretriz e jogar um planeta em uma guerra civil de 40 anos.

Embora o tema seja até interessante, a verdade é que o episódio falha totalmente em desenvolvê-lo. Sua abordagem é, para dizer o mínimo, superficial, direta e óbvia. A gente chega a sentir que há uma boa história ali, em algum lugar, mas o roteiro não consegue entregá-la. Os personagens são unidimensionais, simplórios, o que dificulta que tenhamos grande interesse na trama paralela no estilo “fonte da juventude”, também personificada pelo almirante Jameson.

Um dos muitos problemas da história é a incapacidade de utilizar os personagens principais. Toda a tripulação da Enterprise não passa de coadjuvante no conflito pessoal e intransferível entre Karnas e Jameson!

No fim das contas, trata-se de um episódio sem ritmo e que deixa um sentimento de vazio – nós, a audiência, não levamos nada dele após mais essa aventura espacial. Aliás, nem a maquiagem de Jameson durante sua conversão de velho decrépito a um jovem viril ficou boa, o que desafia ainda mais nossa disposição para a suspensão da descrença.

Avaliação

Citações

“The quest for youth, Number One, so futile. Age and wisdom have their graces too.”
“I wonder if one doesn’t have to have age and wisdom to appreciate that, sir.”
(A busca pela juventude, Imediato, tão fútil. Idade e sabedoria também têm sua graça.)
(Imagino se não é preciso ter idade e sabedoria para apreciá-las, senhor.)
Picard e Riker

Trivia

  • Na história original de Michael Michaelian, o almirante era Paul Jameson, e ele estava com 60 e poucos anos de idade, em forma relativamente boa. O personagem, de início, sobreviveria, terminando com 14 anos de idade, e o rejuvenescimento vinha com a perda de memórias.
  • No começo, o roteiro também destacava que Mordan IV estaria sob risco de uma invasão ferengi – uma tentativa clara de apresentar essa raça como uma antagonista perigosa e recorrente. Felizmente, logo desistiram de martelar os ferengis como grandes vilões.
  • Michael Pataki, que aqui interpreta o personagem Karnas, atuou no clássico episódio da série original “The Trouble with Tribbles”, como o klingon Korax, aquele que chama Scotty para a briga, na cena do bar.
  • Este episódio marca a primeira aparição de um almirante da Frota na série, e ele aparece utilizando o uniforme padrão. Uniforme este que ainda seria mudado três vezes nas próximas temporadas.
  • Na parede atrás da mesa de Karnas, pode-se ver alguns modelos de feisers da Série Clássica e dos filmes de cinema.

Ficha Técnica

História de Michael Michaelian
Roteiro de Michael Michaelian & D.C. Fontana
Dirigido por Rob Bowman

Exibido em 8 de fevereiro de 1988

Título em português: “Um Breve Regresso”

Elenco

Patrick Stewart como Jean-Luc Picard
Jonathan Frakes como William T. Riker
Brent Spiner como Data
LeVar Burton como Geordi La Forge
Michael Dorn como Worf
Gates McFadden como Beverly Crusher
Marina Sirtis como Deanna Troi
Wil Wheaton como Wesley Crusher
Denise Crosby como Natasha “Tasha” Yar

Elenco convidado

Clayton Rohder como almirante Mark Jameson
Marsha Hunt como Anne Jameson
Michael Pataki como Karnas

Enquete

Edição de Maria-Lucia Rácz
Revisão de Susana Alexandria

Episódio anterior | Próximo episódio

Be the first to comment on "TNG 1×15: Too Short a Season"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*