Paramount+ já planeja nova fase de Star Trek

Além das novidades do Paramount+ de Star Trek, da apresentação do ViacomCBS Investor Day, incluindo a primeira olhada em Star Trek: Prodigy, mais detalhes surgiram sobre o que vem a seguir para a franquia.

Com Star Trek: Discovery, Star Trek: Picard, Star Trek: Lower Decks, Star Trek: Prodigy e Star Trek: Strange New Worlds, a Paramount+ já tem cinco séries em produção. Como relatado pelo Trek Brasilis, a Paramount+ está planejando estrear, nos Estados Unidos, a primeira temporada de Prodigy este ano, juntamente com a segunda temporada de Lower Decks, e a quarta temporada de Discovery. Presumivelmente, a segunda temporada de Picard e a primeira temporada de Strange New Worlds chegarão em 2022. De acordo com a Variety, a Paramount+ está planejando ter um novo conteúdo de Star Trek a cada trimestre.

E a Paramount+ já está olhando além desses shows. Em entrevista ao The Hollywood Reporter, a vice-presidente Julie McNamara disse:

Estamos em discussões sobre a próxima fase do universo Trek além desses cinco shows que o Alex [Kurtzman} construiu. Estamos investidos no crescimento do universo de Jornada nas Estrelas. Dito isso, é importante ter certeza de que estamos abordando corretamente. Estamos sempre incubando uma série de coisas juntas e, em seguida, trabalhando para fora qual é a cadência certa e qual é o próximo show certo. São conversas ativas e constantes. Há várias coisas no funil agora, que representam a próxima fase, mas não queremos expandi-la muito, muito rápido para que alguém diga: “É apenas mais um show de Trek.” Nós não queremos isso.

Kurtzman confirmou que “estamos conversando sobre o que acontece além dos cinco”, e acrescentou que o desenvolvimento de shows leva tempo:

Apesar de todas as aparências, não estamos interessados no negócio de quantidade. Não acho que isso sirva ao universo de Jornada nas Estrelas. Estamos interessados no negócio de qualidade. Leva mais de dois anos desde o início até a pós-produção.

De acordo com a Variety, embora eles estejam falando sobre o que vem a seguir, eles não estão planejando expandir a lista de shows de Star Trek para além dos cinco atualmente em desenvolvimento:

“Se há um show que parece aditivo e devemos adicionar isso na mistura, ou esperar pelo atrito de outro show de ‘Trek’, nos sentimos bem sobre onde estamos”, diz McNamara. Por “atrito”, ela quer dizer um show de Star Trek, envelhecendo naturalmente, ou, em uma alusão ao astro de Picard, Patrick Steward, de 80 anos, “talvez uma liderança mais velha esteja comprometida apenas com um certo número de temporadas e, portanto, seguimos em frente com isso”.

Kurtzman também esboçou sua abordagem para desenvolver a próxima série de Star Trek:

Uma coisa que ouvimos muito dos fãs é o quanto eles gostaram que nós nos libertamos do cânone em Discovery e pulamos para a frente, em uma nova linha do tempo, com um monte de novos mundos e novos personagens. O que isso fala, mais do que tudo, é o espírito de exploração que está no coração de Jornada nas Estrelas. O que quer que façamos a seguir provavelmente será em diferentes cronogramas e diferentes áreas do universo que nunca foram exploradas antes; um show que não foi dedicado a eles ainda.

Kurtzman confirmou que eles estão considerando fazer mais shows de Trek voltados para crianças, como fizeram Prodigy, para a Nickelodeon. Quando perguntado sobre uma hipótese, Kurtzman disse que eles poderiam considerar fazer Star Trek para outras partes da família ViacomCBS, como BET (Black Entertainment Television) ou Showtime:

Em última análise, para a Paramount+ ser a casa centralizada de toda Star Trek é ideal, mas eu gosto da ideia de ser capaz de explorar que tipos de shows estranhos você pode colocar, que não necessariamente se encaixam em uma caixa. Isso é muito do que estamos tentando fazer com Trek: dar-lhe o que é familiar, mas também forjar novos terrenos.

Vejo algo no BET? Sim, porque pode haver um nicho de Star Trek que é perfeito para isso. Quero ter certeza de que, enquanto construímos isso, estamos tendo atenção em criar um arco-íris de cores muito interessante, em que cada show parece diferente e você não pensa, “Eu posso assistir Picard e não assistir os outros.” Porque são todos muito diferentes. Isso para nós é mais importante: manter-se fiel a essa abordagem.

A Paramount+ estreou este tributo ao passado, presente e futuro da franquia Star Trek, narrado por Kurtzman,  embora não inclua nenhuma nova filmagem de projetos em produção ou futuros.

Quanto à série Seção 31, anunciada pela primeira vez em janeiro de 2019, o spinoff liderado por Michelle Yeoh, de Star Trek: Discovery, centrado em torno das façanhas da ex-imperadora terráquea Philippa Georgiou nas fileiras da Seção 31, tem sido discutido há dois anos, com atualizações ocasionais sobre o desenvolvimento da história ao longo desse tempo.

Yeoh finalmente partiu de Discovery na temporada passada, no episódio de duas partes, “Terra Firma”, enviando a personagem de volta ao passado, por meio do Guardião da Eternidade,  para um tempo e lugar desconhecidos.

Na entrevista à Variety, Alex Kurtzman e Julie McNamara discutiram onde está o programa da Seção 31, e como a expansão adicional da franquia provavelmente não chegará às telas por algum tempo, incluindo pelo menos um daqueles programas ‘secretos’ que Alex Kurtzman nos informou pela primeira vez em janeiro passado. Eles disseram que ainda há conversas sobre uma nova série Star Trek,  em torno de Philippa Georgiou, de Michelle Yeoh, e a misteriosa Seção 31, e há outros programas de Star Trek em desenvolvimento, que não foram anunciados anteriormente. Mas eles enfatizaram que a atual lista de cinco séries provavelmente não se expandirá mais, até que pelo menos uma das séries termine.

Embora houvesse algumas expectativas de que a série da Seção 31 poderia ter sido levada à pré-produção no início de 2020, antes da covid-19, combinações de atrasos pandêmicos, o compromisso de Michelle Yeoh, de estrelar Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis do Marvel Studio, e potencialmente maior interesse dos fãs em Strange New Worlds, liderado pelo capitão Pike (Anson Mount), tiraram essa série da programação por algum tempo.

O Trek Brasilis apurou que o lançamento da Paramount+ no Brasil não vai incluir nenhuma série ou filme de Star Trek. Em abril, vão ser incluídos os três filmes da linha Kelvin, Star Trek (2009), Além da Escuridão: Star Trek (2013) e Star Trek: Sem Fronteiras (2016).

Fonte: TrekMovie e TrekCore

 

Be the first to comment on "Paramount+ já planeja nova fase de Star Trek"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*