VOY 2×19: Lifesigns

Episódio traz de volta os vidiianos para induzir a paixão no Doutor holográfico

Sinopse

Data estelar: 49504.3

A tripulação da Voyager responde a um sinal de socorro emitido por uma pequena nave e transporta sua ocupante, uma vidiiana seriamente debilitada, para a enfermaria. A moça sofre da fagia, uma doença que assola seu povo há séculos. O Doutor transfere os sinais sinápticos do corpo para o holobuffer da enfermaria e cria uma versão holográfica da paciente, restaurando sua fisionomia original.

Assim que acorda, a mulher, surpresa com a nova aparência, apresenta-se como Dra. Denara Pel, uma hematóloga. Ela agradece ao Doutor pelo que fez, mas ele revela que a medida é temporária; a paciente não pode sobreviver daquela forma e o médico está determinado a curar o corpo mutilado pela doença.

Ainda amargurada pela experiência que teve com os vidiianos, B’Elanna declina o pedido do Doutor em doar uma amostra de seu tecido neural para ajudar Denara. Porém, quando a tenente descobre que pode ser a única chance de sobrevivência da hematóloga, acaba reconsiderando. Como o resultado da cirurgia de implante leva alguns dias para ser revelado, o médico da Voyager dedica bastante tempo para conhecer sua paciente.

O Doutor fica confuso por conta da afeição que desenvolve por Denara, então Kes o aconselha a expor seus sentimentos. No entanto, ele o faz de forma brusca e rude, assustando a amada. Desapontado, o médico holográfico procura sugestões de Tom Paris. Enquanto isso, Kes faz Denara admitir o que sente pelo Doutor, que, mais tarde, cria uma simulação no holodeck para impressioná-la.

Não muito depois, o HME fica chocado quando descobre que seu tratamento não está dando certo e não compreende o que pode ter ido errado. Pel admite tê-lo sabotado por não querer voltar ao corpo doente, mesmo que a alternativa seja a morte. O Doutor, então, a convence de que seu amor não é motivado pela beleza física e que ela deve sobreviver para zelar pelo seu povo. À medida que a Voyager segue curso para casa, o casal se despede com uma dança num bar holográfico.

Comentários

Grande desenvolvimento no personagem do Doutor pôde ser visto em “Lifesigns”. A trama também forneceu muitas informações sobre os vidiianos, sua sociedade e, principalmente, sua doença incurável (“fagia”). O médico da Voyager aprendeu muito mais do que dançar… descobriu o que é o amor.

Desde que foi ativado pela primeira vez, ele sempre agiu como um programa de computador, muitas vezes limitado a seu banco de dados… e de modos extremamente irritantes. Aqui, ele adquire características mais humanas: compaixão, perspicácia, modéstia (ênfase nessa última), enfim, coisas que não foram originalmente programadas.

Como sempre, houve uma parcela de humor. A ingenuidade do Doutor no momento em que revelou seus sentimentos românticos dirigidos a Denara foi muito divertida. Kes teve uma participação significativa na história, incentivando tanto o médico como a paciente a perseguirem o interesse. Foi curioso como ele reagiu à atração pela visitante. Pensou estar com defeito porque sua eficiência foi comprometida pela presença da moça a bordo.

Outros aspectos novamente abordados na história foram: o informante de Seska a bordo, em cenas que nos preparam para o que vem em episódios futuros; assim como a conduta irresponsável de Tom. Seu antagonismo à Chakotay é evidente, não se trata apenas de mudanças ocasionais de comportamento. Também foi citada a alferes Wildman, que já está com a gravidez bastante avançada… Basta esperar o resto do segundo ano da série para vermos a conclusão desse emaranhado de situações a bordo da USS Voyager!

Avaliação

Citações

“You’re a computer simulation?”
“An incredibly sophisticated computer simulation.”
(Você é uma simulação de computador?)
(Uma simulação de computador incrivelmente sofisticada.)
Denara e Doutor

“Romance is not a malfuction.”
(Romance não é um defeito.)
Kes

“Mr. Paris, I assume you’ve had a great deal of experience being rejected by women.”
(Sr. Paris, creio que tenha muita experiência sendo rejeitado pelas mulheres.)
Doutor

Trivia

  • Essa é a terceira aparição dos vidiianos na série. Os outros encontros ocorreram em “Phage” e “Faces”, do primeiro ano.
  • É também a terceira aparição de Seska, interpretada por Martha Hackett, como cardassiana. As outras se deram em “Maneuvers” e “Alliances”, da segunda temporada.
  • Raphael Sbarge retorna como o traidor Michael Jonas, dando continuidade ao arco iniciado em “Alliances”.
  • Denara Pel (Susan Diol) retornará no episódio “Resolutions”, ainda no segundo ano. A atriz é a mesma que interpretou Carmen Davila, em “Silicon Avatar”, do quinto ano da Nova Geração.

Ficha Técnica

Escrito por Kenneth Biller
Dirigido por Cliff Bole

Exibido em 26 de fevereiro de 1996

Título em português: “Sinais de Vida”

Elenco

Kate Mulgrew como Kathryn Janeway
Robert Beltran como Chakotay
Roxann Biggs-Dawson como B’Elanna Torres
Robert Duncan McNeill como Tom Paris
Jennifer Lien como Kes
Ethan Phillips como Neelix
Robert Picardo como Doutor
Tim Russ como Tuvok
Garret Wang como Harry Kim

Elenco convidado

Susan Diol como Dra. Denara Pel
Raphael Sbarge como Michael Jonas
Martha Hackett como Seska
Michael Spound como Lorum
Rick Gianasi como Gigolo

Enquete

Edição de Stéphanie Cristina
Revisão de Nívea Doria

Episódio anterior | Próximo episódio