Primeiras impressões: “Maps and Legends”

Em Primeiras impressões, coluna do Trek Brasilis, os colaboradores do site dão seus pitacos SEM SPOILERS sobre um episódio recém-lançado de Jornada nas Estrelas.

Episódio: “Maps and Legends” (Star Trek: Picard, 1×02)

Picard começa a investigar o mistério de Dahj assim como o que sua existência significa para a Federação. Sem o apoio da Frota Estelar, só resta a Picard a ajuda de outras pessoas, incluindo a Dra. Agnes Jurati e uma ex-colega de trabalho, Raffi Musiker. Enquanto isso, inimigos escondidos também estão interessados em onde a procura de Picard pela verdade sobre Dahj vai levá-lo.

O que achamos?


Salvador Nogueira: Um episódio superdenso, que abre mais perguntas do que entrega respostas. A aventura vai tomando forma. Mais cenas fantásticas para Patrick Stewart, que brilha tanto na exaltação quanto na sutileza. E Vazques Rocks é, pela primeira vez, Vazques Rocks!


Gustavo Gobbi: Com muito menos ação e fanservice que o episódio anterior, “Maps and Legends” joga toneladas de informações em nós, mas prepara o terreno para o início da nova jornada nas estrelas de Jean-Luc Picard. O incidente em Utopia Planitia e a posição da Federação em relação a isso são melhor explicados, mas ainda quero mais desse passado.


Francisco “Frank” Fiorentino: Um episódio bem investigativo, eu gostei bastante do enredo. Mais perguntas a serem respondidas. Inimigos infiltrados no centro da organização. Digno de casos policiais e contos de mistérios. Deixou gosto de quero mais!

 


Marina Amaral: Foi um episódio cheio de informações que provavelmente serão relevantes mais para frente, mas que deixaram o episódio um pouco “claustrofóbico”. Apesar de ser um episódio bom, não é tão bom quanto o primeiro.

 


Ricardo Delfín: Picard começa a traçar uma trama de conspiração que deixaria os fãs de The Undiscovered Country orgulhosos!

 


Ricardo Jurczyk Pinheiro: Gostei mais do que o primeiro, tudo leva a crer que a série segue na velocidade máxima de um idoso Almirante Jean-Luc Picard, ainda se preparando para cair no espaço. Mas temos novidades quanto ao cubo Borg e aquele romulano pagando de galã de quinta…


Ralph Pinheiro: Um episódio centrado mais na interação investigativa e exposição de informações, mas não menos emotivo que o primeiro. Denso, intrigante e sombrio em alguns momentos, que prende nossa atenção até o fim. Bom episódio.

 

Deixe também suas primeiras impressões do episódio na seção de comentários abaixo!

Be the first to comment on "Primeiras impressões: “Maps and Legends”"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*