Robert Hewitt Wolfe deixa “Andromeda”

O ex-roteirista de DS9, nas suas primeiras cinco temporadas, Robert Hewitt Wolfe, anunciou o seu desligamento das suas funções de produtor-executivo e principal roteirista da série “Andromeda” (exibida em Syndication nos EUA e ainda inédita no Brasil). Wolfe foi o responsável por desenvolver a série a partir de antigas anotações do falecido criador de Jornada nas Estrelas, Gene Roddenberry.

Wolfe comunicou que o seu afastamento se deveu a diferenças criativas entre ele de um lado e as duas produtoras responsáveis pela série (Tribune e Fireworks) e o seu astro principal Kevin Sorbo (bem conhecido pelo papel título da série “Hercules: The Legendary Tales” e também produtor-executivo de “Andromeda”) de outro. Wolfe procurava levar a série no caminho de complexos arcos de história, desenvolvimento de personagens e “menos ação pelo único motivo de termos que ter ação”.

Por outro lado as produtoras e Sorbo querem que a série seja essencialmente episódica, sem conflitos entre os personagens regulares, com mais e mais ação e MAIS centrada em Dylan Hunt (personagem de Sorbo). Sorbo e Cia. também querem modificar o visual da maioria dos personagens (especialmente os femininos). Wolfe perdeu a queda de braço. O último episódio supervisionado por ele foi o episódio 12, de nome “Ouroboros”. “Andromeda” se encontra em sua segunda temporada de exibição.

Talvez a coisa que mais choque nisto tudo seja a seguinte declaração de Sorbo: “Robert é um gênio mas estava escrevendo coisas complexas demais e inteligentes demais para o resto de nós [se referindo aos produtores não aos fãs] entender.”

Aqui vão os melhores votos para Wolfe em seus projetos futuros. De fato não estamos em um bom momento para “ex-niners”, além de Wolfe, o mentor de DS9, Ira Steven Behr, também ficou sem emprego com o cancelamento de “Bob Peterson” (um fiasco esperado por todos). Como a audiência tanto de “Dark Angel” quanto de “Roswell” sofreu uma queda significativa nesta temporada, pode ser que Rene Echevarria e Ronald D. Moore (respectivamente os produtores-executivos das duas séries) não venham a ter emprego por muito tempo também.

Eu tenho acompanhado “Andromeda” e assisti a todos os episódios da primeira temporada. A série tem valores de produção extremamente precários (um exemplo é o abismal nível dos atores convidados) se comparados aos de uma série de Jornada nas Estrelas, ou seja, a única forma de uma série com tais restrições funcionar em minha opinião é com histórias inteligentes, ousadia e um bom planejamento a longo prazo. Ao invés de trilhar tal caminho os produtores despedem o seu melhor roteirista e vão partir para produção de “horas-de-ação” que eles SIMPLESMENTE não tem dinheiro para bancar. Esta pressão sobre Wolfe já era sentida desde a primeira temporada (um ponto de grande frustração pessoal com relação a esta série), finalmente a bomba estourou.

Os interessados em uma boa visão crítica sobre “Andromeda” podem visitar o site do Jammer,aqui. Minha opinião sobre a série é extremamente similar a dele.

FONTE: TREKTODAY

Be the first to comment on "Robert Hewitt Wolfe deixa “Andromeda”"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*