Convenção da FedCon americana cancelada

fedconcancel.jpgUm final de semana triste para os apreciadores de Jornada nas Estrelas. A convenção da FedCon, que estava programada para se realizar nos dias 13 a 16 de junho, na cidade de Dallas, foi cancelada em seu segundo dia de apresentação. Motivo: a baixíssima presença de visitantes. O ator John Billingsley (Phlox) e a modelo Menina Fortunato (a escrava oraniana Maras de Enterprise) estiveram presentes.

A FedCon (Federation Convention) é uma convenção criada em 1992, na Alemanha, para promover os gêneros de ficção científica e fantasia pela Europa. Ao contrário das demais exposições, essa limita-se apenas a séries e filmes, tendo a franquia de Jornada nas Estrelas como carro chefe. O sucesso do evento levou a criação de sua clone americana. Mas, ao contrário do bem organizado e sucedido evento alemão, a sua co-irmã já morreu no nascedouro. Programada para ser a primeira FedCon em solo americano, o seu planejamento deixou muito a desejar. Tendo Tim Brazeal como um dos coordenadores (aquele mesmo que arrecadou dinheiro dos fãs para relançar a série Enterprise) e a licença alemã para usar o seu nome, a experiência resultou num retundante fracasso.

De acordo com o site The Trek Movie, após o ator convidado John Billingsley (Phlox) terminar sua apresentação, o coordenador do evento, Richard Anderson, veio a público e informou que eles não tiveram outra escolha senão proceder ao cancelamento da festa.

Segundo o próprio ator Billingsley, a FedCon alemã já havia se dissociado da americana desde janeiro e não teve nada a haver com os problemas enfrentados pelos organizadores. Na opinião do filho de Bazael, Chuck Ballard, o maior problema foi a desorganização financeira, “Tim é muito inteligente, mas a margem entre a despesa e o valor dos ingressos foi muito pequeno e algumas áreas não foram cobertas”.

A próxima convenção será a da ComicCon (esta sim, famosa e bem estruturada), que se realizará em San Diego, no mês julho de 2008 e terá a participação de J. J. Abrams e sua equipe.

Fonte: Trek Movie e SyFy Portal

16 Comments on "Convenção da FedCon americana cancelada"

  1. Falt ade público? Bah, isso é lamentável…

  2. Mário Augusto Gomes | 17 de junho de 2008 at 2:21 pm |

    Tomara que o filme do JJ seja esse sucesso tbem.

  3. esse brazeal é o maior mentiroso e mercenario….me lembra uns fa-clubes trekkers que tivemos no brasil no seculo passado….

  4. Os USA sao o carro chefe de tudo. Quando lançaram Nemesis nos USA e tiveram as primeiras semanas com baixo publico nos cinemas americanos, começaram a cancelar o Filme em diversos paises, inclusive Portugal. nem sei como chegou nas telonas do Brasil. Portanto, meus amigos, aquela conversa de exaltação a Abrahms e ao filme que está sendo feita por todos que visitam o set ou fazem parte do filme não passa de grande balela, besteira pura. Tivemos com esta feira uma prévia do fracasso deste filme,pois nos USA ninguem liga mais para Star Trek e, infelizmente, o publico de lá é que interessa.

    Star Trek não é para telona, tem que série de televisão e filme lançado direto para dvd. Acabou a época Star Trek Movies. E com este novo filme, quem sabe o Universo inteiro com ele.

    Abraços!

  5. Jornada nas Estrelas pode estar ganhando um filme novo, mas esta vivendo o momento mais desgastado de sua história junto a mídia e ao público. J. J. Abrams tem a medonha e ingrata missão de fazer de star trek o star wars da PARAMOUNT, vai ser difícil, mas temos que acreditar.

  6. Eu concordo com vocês! Mas tudo na vida é como uma montanha russa! ” Tem Altos Altissimos e Baixos Baixissimos! ” Star Trek tá lá embaixo, e eu espero que agora tenha uma subida… Mas eu volto a afirmar que o grande erro das sucessivas produções recentes de Star Trek é ter se afastado dos ideais de Gene Roddenberry, e tentar criar filmes estilizados cheios de marras para tentar se “antenar” com o público jovem e traze-los para o mundo Star Trek. Eu só espero que esse filme não saia no estilo de Lost, porque se for vai virar um “Triller SciFi”. Star Trek é um tema clássico o público é realmente seleto, digo SMART!, e tentar muda-lo só pra fazer bilheria acho que não vira…
    Tem que ter um bom roteiro! Mas não mudar o mundo de Gene, eu gostaria que algum diretor pegasse á rédia de Star Trek e fosse obstinado como o George Lucas, ele fez do jeito dele e não comeu na mão dos estúdios, ele conseguiu fazer sua trilogia contra todos que achavam que não daria certo. Eu volto á afirmar, a Paramont precisa de alguém que conheça a fundo ás idéias de Gene, e tenha bolas pra fazer do jeito que ele fazia.

  7. Luís Henrique Campos Braune | 17 de junho de 2008 at 5:54 pm |

    O post 4 tá meio apocalíptico… acho que essa convenção não tem implicação com o filme e mesmo com a franquia, foi, pelo que li, uma coisa mal feita. Se a ComicCon bombar (até porque tem JJ), acho que o fantasma desta FedCon será afastado.

  8. O Fábio está correto. Nada de apocalíptico para Jornada e nem que as convenções estão sendo um fracasso.
    Bazeal é um picareta de primeira. Ele arrecadou fundos com aquela de que traria ENT de volta e que faria através de um estúdio independente no Canadá e coisa e tal. Tudo balela. O cara é 171.
    O FedCon é alemão e muito bem organizado. O último que foi em abril foi um sucesso, com muita celebridade de Jornada. Eles abandoram o barco americano quando viram que iria a pique. O certo seria o Bazeal cancelar antes de abrir, mas o cara é teimoso e incompetente, tanto é que não esteve por lá alegando estar doente.
    O ComicCon é muito legal e vai lotar com certeza.

  9. Nosso melhor termômetro é a ComicCon e a FedCon alemã, eu estou achando os fãns muito pessimistas, tudo na vida que é mal organizado não dá certo, inclusive convenções.

    Se o filme for mal aí é outra história.

  10. o fracasso da fedcon nao vai influenciar o fracasso ou sucesso do filme, ja que o proprio abrams disse que o filme foi feito com o grande publico em mente, e nao apenas a comunidade trekker

  11. Leandro Martins | 18 de junho de 2008 at 12:15 pm |

    Não tem como a San Diego Comic Con não ser um sucesso. É simplesmente *O* evento deste tipo nos EUA, e tem praticamente tudo quanto é universo, fandom, estúdio e afins representado.

  12. Acho que o motivo não é a falta de interesse em jornada, mas os convidados propriamente ditos. Fala sério, sair de casa e morrer em Euros pra ver só esses dois acho que não dá. Pra mim não “Fed” e nem cheira.

  13. O que cansa também nesse filme é a longa espera… Criou-se tanta expectativa de novidade e renovação, mas a demora vai causando um esfriamento no ânimo dos fãs, a ponto de velhas opiniões ganharem corpo novamente. Uma coisa é você criar uma atmosfera de surpresa, outra coisa é abusar da paciência alheia.

    O que eu quero dizer é que, por falta de assunto, voltaremos a comentar o estado da franquia atual sem considerarmos o filme, do qual não sabemos nada a respeito, e os não-iniciados acharão que as críticas se devem a esse mesmo filme.

    Como dizia um velho ditado de caserna: Antes da hora não é a hora, depois da hora não é a hora… A hora é na hora.

  14. Ou seja: 25 de dezembro de 2008!

  15. Espero que não estejam dando um tiro no próprio pé, né? Armam uma super-produção, cheia de segredos, enrolam, enrolam e aí… vira uma seleção do Dunga! Aliás, é daqui a pouco!!! Fui!

  16. Rafão "Falta Eu" | 23 de junho de 2008 at 7:12 pm |

    Eu creio que falta à Star Trek um novo formato. Muitas pessoas acham que devem sempre seguir a “caixa do Rondenberry” mas eu creio que falta um abandono à federação.

    Seria um grande impulso para a serie uma continuação de “Star Trek – Inssureição”.

    Eu digo isso me baseando no fato de que foram poucas pessoas que não gostaram, por exemplo, da “Guerra do Dominion” ou de de “Wolf 359” (Obs: Eu acertei o número???)

    Obs2: Ricardo, não fale mal do Brasil x Argentina pq eu fui no Minerão, ô.

Leave a comment

Your email address will not be published.


*