Script ajudou a fazer Spock, diz Quinto

zachary-quinto-2.jpgO ator Zachary Quinto, que interpreta o jovem Spock na nova versão de Jornada nas Estrelas, disse ao site Sci Fi Wire que baseou a caracterização de seu personagem tanto no roteiro do filme quanto na performance de Leonard Nimoy, o original intérprete do vulcano. Ele falou ainda sobre o que achou dos quatro posters apresentados recentemente pela internet.

Desde que eles foram apresentados um ao outro para trabalharem juntos no filme, Leonard Nimoy se tornou uma espécie de mentor de Zachary, ajudando-o na personificação de Spock. Mas agora, Zachary revela que o script de Orci e Kurtzman também conduziu sua performance, “Eu realmente sinto como se meu relacionamento com o personagem fosse específico para o texto que estava interpretando”, disse o ator durante a festa do Television Critics Association, “De modo que não me sinto endividado para com o Leonard, exceto por honrar a origem do que eu criei, claro. Mas creio que todo o projeto foi baseado nesta filosofia, de maneira que não foi um problema”.

Já com relação aos primeiros posters onde aparecem quatro personagens do filme, incluindo Spock, Zachary opinou, “Eu acho que está maravilhoso. Acredito que seja um conceito excelente esse de trazê-los todos juntos. Eu vejo que as cores parecem realmente notáveis. Isso é uma atenção especial ao que está por vir”, finalizou.

Fonte: TrekWeb

12 Comments on "Script ajudou a fazer Spock, diz Quinto"

  1. Estranho o Quinto falar sobre isso desta forma, uma vez que praticamente o Nimoy desenvolveu o personagem ao que ele é hoje.
    Será que a sombra do Nimoy está perturbando o rapaz?
    Os comentários sobre o logotipo são comerciais, na minha opinião o Kirk deveria aparecer de uniforme e o McCoy deveria estar no conjunto … dá até para pensar…

  2. Acredito que novos posters com o resto do elenco venham a surgir.

    Eu imagino que o Quinto queira dizer que seu Spock não foi somente baseado no que Nimoy fez, mas no que o roteiro escreveu. Então os roteiristas fizeram um Spock diferente, de algum modo, do Spock da época de Nimoy. Assim, sem o compromisso de ser exato ao que fez Nimoy, desse modo foi mais fácil, para ele, criar um personagem sem fazer sombra a Nimoy.
    O próprio Spock de Nimoy no século 24 é bem diferente do Spock de TOS. Ficou mais humano, mais sentimental.
    Então, para mim, o Spock jovem de Quinto será bem diferente do de TOS, ou seja, mais irônico, sarcástico, lógico e frio.

  3. A decisão de colocar especificamente estes personagens (porque Uhura ao invés de McCoy?) é claramente uma questão de programação visual. As três cores precisavam estar presentes para remeter facilmente às cores utilizadas na série. Assim escolheram 3 personagens que representavam essas cores (note que Kirk está no amarelo e Spock no azul, refletindo as cores de suas divisões). Por isso Uhura está lá ao invés do Magro. Se fosse ele, ou eles perderiam o sentido dessa correspondência visual ou repetiriam uma cor (no caso a azul). O Nero está lá como contraponto (o vilão, na cor negra, politicamente incorreta, mas ainda assim uma correspondência clássica), para evitar justamente a repetição de uma das cores.
    Mas certamente, um poster com a tripulação principal e/ou com a tríade deve estar sendo providenciado brevemente. (embora eu sinceramente espere que o Abrahams não foque muito nessa coisa de “os três grandes” ou corre o risco de eclipsar os “quatro pequenos” outra vez como lamentavelmente aconteceu na série)

  4. Alberto Mondalvan | 22 de julho de 2008 at 5:07 pm |

    Caro Lucian Solo, finalmente leio um comentário decente aqui neste site. incrível a quantidade de baboseira que aqui escrevem. Parabéns e continue enviando comentários.

  5. Irônico, sarcástico e frio é uma composição complicada.

  6. Ralph Pinheiro | 22 de julho de 2008 at 7:42 pm |

    Em se tratando de Nimoy não, Verde.
    Ele conseguia fazer do Spock irônico pela convicção dos ensinamentos que aprendeu e as vezes com uma ironia contundente (principalmente em cima de McCoy) que chegava ao limite do deboche, mas sempre com um tom sóbrio e frio. Nimoy fazia isso muito bem. Espero que Quinto tenha aprendido esse ponto.

  7. Associe com o sarcasmo…

  8. Lucian Solo realmente falou com muita propriedade aquilo que a princípio não deveria ser explicado sobre a ausência de McCoy nos pôsters, até por ser uma coisa óbvia.

    Não deveria explicar, mas acabou se mostrando algo necessário de se fazer devido a falta de percepção dos colegas que não sacaram o lance das cores e tudo mais. Quando percebi as primeiras manifestações constestando o fato da Uhura aparecer e o McCoy não, pensei em me manifestar, embora não consegueria fazer isso tão bem quanto o Lucian, mas achei que não valia a pena, até porque tava na cara a razão da escolha pelos produtores.

    Acho que isso se deve ao fato da centralização de atenção que TOS conferiu a Kirk, Spock e McCoy, o que leva certas pessoas a não cogitarem outra formatação para casos como o em questão. Espero ver muito do Kirk, Spock e McCoy nesse novo filme sim, eles são ótimos, mas quero muito ver bastante Scott, Uhura, Sulu e Checov também.

    Quando vejo as cores amarelo, azul e vermelho nos pôsters vejo duas coisas: que de fato teremos um filme que refletirá os eventos de TOS e que em cada cor estão representados todos os homens e mulheres que ostentaram as cores de seus respectivos uniformes. Logo, no azul onde está o Spock eu também vejo McCoy sendo lembrado. O mesmo vale para o amarelo com Sulu e Checov, e o vermelho com Scott.

    Sobre o que Quinto falou, espero mesmo que a intenção em suas palavras tenha sido o que o Ralph colocou no comentário 2 (que também falou muito bem). Torço para que o Ralph tenha captado o que o ator disse, pois seria chato já contar com certo estrelismo do sujeito (quando li a notícia fui levado a concluir mais como sendo uma “empinada de nariz” do ator).

    Continuo otimista com relação ao filme (que estreiará dois dias antes do meu aniversário, hehe) e no aguardo de mais pôsters para breve.

    Pra finalizar, amarelo, azul e vermelho são as cores de TOS. Novamente te parabenizo Lucian.

  9. Achei isso aqui estranho:

    “Eu acho que está maravilhoso. Acredito que seja um conceito excelente esse de trazê-los todos juntos”

    Estranho isso, essa importância que ele da ao fato de estarem todos juntos no cartaz. Me parece algo bastante óbivo.

    Será que os personagens não estarão juntos no filme?

  10. Provavelmente no início do filme não. Cada um terá sua história contada em separado, para depois reuinirem-se no fim.

  11. Pelas primeiras imagens do filme, onde vemos a Enterprise em construção, acredito que deva ser dessa forma mesmo. Espero que eles mantenham a sequência “histórica” da estória em que o Kirk não encontra o Spock antes de estrem em serviço juntos.

  12. Se o Abrams gosta de fazer os personagens se cruzarem nas cenas antes de se conhecerem como Lost, aposto que ele fará algumas sequências desse tipo no filme.
    Talvez Uhura encontrando McCoy de passagem, fazendo algum comentário ou pergunta, algo do tipo.
    Mas pelo que disse o editor do AICN, se for verdadeiro, o McCoy já deve ter alguma amizade com Kirk na academia, para ajudá-lo a embarcar numa nave auxiliar quando da chamada geral em que não consta o nome de Kirk.
    Já o comentário de Uhura com Spock, por não ter sido chamada para a Enterprise, pode ser um desabafo e não uma confidência de amigo ou colega.
    Por que o interesse de Uhura pela Enterprise? Seria porque é uma nave avançada, ou por causa de sua missão? É algo interessante se verdadeiro.

Leave a comment

Your email address will not be published.


*